BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

KAIROS Ministério Missionário

KAIROS Ministério Missionário


É POSSÍVEL DEUS SE ESQUECER DE ALGUÉM?

Posted: 30 Aug 2015 08:00 PM PDT


Em Gênesis 8.1; 30.22 e Êxodo 2.22 é usada uma expressão interessante: E LEMBROU-SE DEUS.
Não é possível Deus se esquecer de nada nem de ninguém. Ele não sofre de amnésia, como nós. Não fica velho, estressado nem gagá. Sendo assim, a referida expressão é usada como figura de linguagem, para reforçar a ideia de que, durante o tempo da espera da bênção prometida em cada passagem citada — a salvação de Noé, a gravidez de Raquel e a libertação de Israel do Egito, parecia que Deus havia momentaneamente se esquecido daquelas pessoas, mas, então, Ele se manifestou a elas, como se tivesse lembrado o tempo de beneficiá-las.

Há várias declarações na Bíblia que reforçam que o Senhor não se esquece de nada nem de ninguém (Deuteronômio 4.31; Amós 8.7; Hebreus 6.10).

Quero chamar sua atenção especificamente para Isaías 49.15, onde há uma pergunta feita pelo próprio Deus, seguida de uma declaração dele: PODE UMA MULHER ESQUECER-SE DO FILHO QUE AINDA MAMA, DE SORTE QUE NÃO SE COMPADEÇA DO FILHO DO SEU VENTRE? MAS AINDA QUE ESTA VIESSE A SE ESQUECER DELE, EU, TODAVIA, NÃO ME ESQUECEREI DE TI. Aqui, Deus lembra a Seus filhos que o Seu amor é ainda superior ao materno, pois Ele jamais se esquece de quem ama.

Enquanto existem algumas mães que, por problemas psicológicos, crises emocionais e/ou ¬ financeiras, esquecem seus filhos, não cuidam bem deles ou rejeitam-nos. O Senhor, no entanto, independente das circunstâncias, jamais muda ou é afetado por qualquer circunstância contrária. Ele nunca se esquece de um filho Seu. Mesmo um amor tão imensurável como o de mãe fica pequeno diante do amor desse Pai.

Por causa dessa grandiosidade do amor divino, não existe nenhuma possibilidade de o Altíssimo se esquecer de alguém. Essa verdade está assegurada em João 3.16: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. O amor do nosso Criador e Salvador por nós ultrapassa a dimensão do nosso entendimento (Efésios 3.19). Deus nos ama incondicionalmente e infinitamente mais (1 João 4.19).

A aparência, a educação e a forma como somos tratados uns pelos outros influenciam nossos pensamentos, sentimentos e desejos em relação às pessoas. Com o amor do Altíssimo, não é assim. O Senhor nos ama independente de nossas características, nossas ações e nossos pensamentos, e corresponde à nossa busca por Ele e às nossas demonstrações de afeto e de respeito por Ele e Sua boa, perfeita e agradável vontade.

Você pode perguntar-se: "Será que o Senhor está preocupado comigo?". Esteja certo que sim. Deus é fiel e verdadeiro. Ele fará justiça e juízo a todos os oprimidos. Jamais esquecerá o Seu povo, e isso inclui você. Tenha certeza de que tudo que Ele prometeu quanto à sua vida se cumprirá. Ainda que você esteja vivenciando a maior adversidade de todos os tempos, o Todo-poderoso vai operar um milagre a seu favor, mesmo que Ele tenha de mudar tudo.

O problema é a nossa inquietação, a nossa ansiedade. É difícil ter paciência para esperar algo que desejamos. Queremos conseguir tudo de imediato, em nossa hora, nosso tempo. No entanto, é preciso esperar o tempo de Deus, crendo que Ele tem o melhor para a nossa vida.

Nossa visão é limitada. Enxergamos somente o aqui e o agora. A visão do Criador, porém, é ilimitada. Ele consegue ver o futuro, por isso tem e sabe o que é melhor para cada um de nós.

Portanto, mesmo que o milagre não tenha acontecido, glorifique a Deus. Não perca sua noite de sono, não se apavore, não tome atitudes precipitadas e muito menos murmure. Em vez disso, leia constantemente a Palavra de Deus e ore para que o Espírito Santo traga refrigério à sua alma enquanto enfrenta esse momento de dificuldade.

Além disso, creia e entregue o seu problema e as questões humanamente impossíveis nas mãos do Criador.Exercite sua fé e aguarde que o mover de Deus transformará a sua situação difícil. A sua luta não perpetuará, em nome de Jesus. Você pode não ver nem perceber, mas Ele tem agido de maneira poderosa e abençoará a sua vida.

SUGESTÕES DE LEITURA:
Isaías 49
Livros 'Por que Deus não se esquece de você' e 'Promessas de Deus, o que fazer para recebê-las?',

Pr. Silas Malafaia

Por Litrazini

Graça e Paz

[Novo post] * PRINCÍPIO E FIM

salmo37 publicou: " "O Poderoso, o Senhor Deus, fala e convoca a terra desde o nascer do sol até o seu ocaso" Sl 50:1 Alguns falam da Mãe Natureza, mas as Escrituras falam do Todo Poderoso, Deus, O SENHOR, que controla nosso universo, que chama as estrelas pelo nome e"

O mistério da graça




Pastor Sérgio Fernandes
 Palavra Que Transforma
O mistério da graça  |  Pastor Sérgio Fernandes

Êxodo 34:7 - Que guarda a beneficência em milhares; que perdoa a iniqüidade, e a transgressão e o pecado; que ao culpado não tem por inocente; que visita a iniqüidade dos pais sobre os filhos e sobre os filhos dos filhos até à terceira e quarta geração.

Como pode Deus declarar um culpado como inocente? Se Ele é justo, preciso punir o pecador. Se Ele absolve o pecador, Ele não é justo. Como resolver o grande dilema do evangelho?

Esse fantástico mistério da graça é facilmente compreendido tendo em vista a doutrina da propiciação. O pecado da humanidade precisa ser punido, pois o Senhor não tem o culpado por inocente (Ex 34.7). Deus então elege Cristo, antes da fundação do mundo, como propiciação pelos nossos pecados.

Como toda a transgressão humana foi punida no Senhor Jesus, a justiça de Deus já foi satisfeita.

Ele se mostrou justo ao punir os pecados da humanidade no Salvador. E como Cristo viveu em perfeita obediência a lei, não tendo pecado algum, a sua vida perfeita foi imputada na vida de cada um dos fiéis, tornando-o justos. Deus mantêm-se Justo, sendo também justificador daqueles que tem fé em Jesus.




A ALIANÇA DE JOSAFÁ COM ACAZIASUS





II Crônicas 20: 35-37


35 - Depois desses acontecimentos, Josafá, rei de Judá, se tornou aliado de Acazias, rei de Israel, que vivia uma vida cheia de iniqüidades e maldades.
 36 - Eles fizeram um acordo para construírem navios que fossem até Társis, na Espanha; os tais navios, capazes de vencer grandes mares, foram construídos em Eziom-Geber. 
37 - Entretato, Eliézer ben Dodaváu, de Mareshá, Eliézer filho de Dodavá, de Maressa, profetizou contra o rei Josafá, dizendo: "Eis que Yahweh, o SENHOR, destruiu as tuas obras porque te aliaste a Acazias. E os navios se despedaçaram, naufragaram a caminho de Társis, e aquele tratado comercial jamais pode ser concluído.


INTRODUÇÃO


Todas as promessas, alianças e ordenanças que Deus fez com Israel, também dizem respeito à igreja de forma espiritual, pois a Igreja é o Israel Espiritual de Deus. O Senhor quer fazer de nós um povo de sua propriedade particular, por isso ele não aceita quando nos aliamos com aquilo que não faz parte do seu projeto, e nos afasta dele.

DESENVOLVIMENTO


Josafá, rei de Judá, foi um homem que buscou andar nos preceitos e caminhos do Senhor, conduzindo sua vida e a do seu povo de acordo com a vontade do Senhor, e por isso prosperou. Um dia Josafá desejou empreender uma viagem a Tarsis a fim de adquirir ouro de Ofir para seus tesouros, pois isso lhe daria mais poder e glória. Esse comportamento era natural entre os reis, naquela época de guerras e conflitos.

Josafá porém, cometeu um grande erro quando se uniu a Acazias, rei de Israel, homem ímpio e idólatra que não temia ao Senhor, a exemplo de seu pai e antecessor, o rei Acabe, que cometeu sérias abominações em Israel, levando a nação para longe do Senhor.

Josafá e Acazias planejaram construir navios em Eziom-Geber para com eles irem a Tarsis apanhar o ouro (Salomão também fez isso com Hirão, quando reinava em Israel unificado). No entanto, o Senhor não se agradou a aliança feita por Josafá com Acazias, e enviou o profeta Eliézer para repreender o rei Josafá, dizendo: "Porquanto te aliaste com Acazias, o Senhor despedaçou as tuas obras". E os navios se quebraram, e não puderam ir a Tarsis.


CONCLUSÃO


Todo servo que busca ao Senhor, desejando o seu poder (ouro) para vencer as lutas desta vida e prosperar espiritualmente, deve ter o cuidado com as alianças que faz. Se na busca da bênção o servo se descuida e faz concessões ao mundo, faz aliança com pessoas ou com aquilo que é abominável ao Senhor ou está fora do seu Projeto, certamente suas obras não prosperarão, pois o Senhor não compartilha com aquilo que o homem faz fora do seu plano eterno (I Co 13: 6).

Wallace Oliveira Cruz

domingo, 30 de agosto de 2015

KAIROS Ministério Missionário

KAIROS Ministério Missionário


UMA VISÃO GERAL DA ANSIEDADE

Posted: 29 Aug 2015 08:00 PM PDT

O QUE É ANSIEDADE
Para buscarmos algumas pistas fundamentais sobre a natureza da ansiedade, devemos analisar as palavras confortantes do pastor do primeiro século que escreveu a um rebanho ansioso.

Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos. Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o Senhor. Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus. (Filipenses 4:4-7.)

Logo descobrimos uma ordem de seis palavras que poderiam ser interpretadas literalmente como: "Parem de se preocupar com tudo!" A palavra grega para "ansioso" é merimnao, que significa "estar distraído ou dividido". Em latim, a palavra usada é anxius que engloba o sentido de engasgar ou estrangular. A palavra em alemão wurgen deriva da palavra inglesa worry (preocupação). A dificuldade da ansiedade ameaça estrangular-nos, tirando-nos a vida, deixando-nos asfixiados pelo medo enquanto tentamos respirar a esperança.

Jesus usou termos semelhantes quando se referiu à preocupação em sua parábola do semeador em Marcos 4. O Ilustrador Mestre pintou um quadro na mente dos seus ouvintes sobre um semeador espalhando as suas sementes em quatro diferentes tipos de solo. Nessa parábola, Ele menciona uma semente crescendo entre os espinhos. Quando faz isso, Jesus enfatiza tanto a natureza real quanto o poder destrutivo da ansiedade. Ele disse: "Outra parte caiu entre os espinhos; e os espinhos cresceram e a sufocaram, e não deu fruto", (v.7; ênfase do autor).

Depois, quando os discípulos perguntaram a Jesus sobre o significado da parábola, Ele interpretou as suas próprias palavras. Quanto às sementes jogadas entre os espinhos, Ele explicou: "Os outros, os semeados entre os espinhos, são os que ouvem a palavra, mas os cuidados do mundo, a fascinação da riqueza e as demais ambições, concorrendo, sufocam  palavra, ficando ela infrutífera."(w. 18-19; ênfase do autor.)

Aquele que jogava as sementes semeou a Palavra. O semeador é Jesus e os seus ensinamentos, mas a referência também pode incluir qualquer pessoa que semeie a verdade por meio do ensino e da pregação.

O solo seria o coração e a mente daqueles que ouvem a verdade quando ela está sendo semeada. A ansiedade brota como mato e espinhos, crescem em volta da Palavra de Deus, sufoca a vida e a paz que ela traz. Numa lição vivida sobre as sementes e o solo, Jesus faz uma ligação direta entre os efeitos devastadores da ansiedade e desse estrangulamento. Eles nos sufocam!

O QUE A ANSIEDADE FAZ
Tenho minha própria definição de ansiedade. A ansiedade é um desconforto doloroso da mente que se alimenta de medos iminentes.

Sua forma mais branda nos agita, a mais séria nos causa pânico. Agora é um bom momento de fazermos uma pausa e irmos mais fundo. Por que a ansiedade é algo tão errado e espiritualmente debilitante? Quero fazer três afirmações que nos ajudam a responder essa pergunta. Espero que elas sirvam de base para uma ilustração da época bíblica.

"A ANSIEDADE ENFATIZA O PONTO DE VISTA HUMANO E ESTRANGULA O DE DEUS; DESSE MODO SENTIMOS MEDO".
Quando nos preocupamos, o nível de percepção dos eventos humanos que nos rodeiam fica tão alto que a perspectiva de Deus é sufocada. A preocupação estrangula a perspectiva divina em nossa rotina diária, o que nos deixa tensos.

"A ANSIEDADE SUFOCA A NOSSA HABILIDADE DE DISTINGUIR AS CIRCUNSTÂNCIAS SECUNDARIAS DO QUE É ESSENCIAL; SENDO ASSIM, FICAMOS DISTRAÍDOS".
Em meio a detalhes preocupantes, acrescentamos mais medo, dúvidas, tarefas, expectativas e pressões. Por fim, perdemos o foco do que realmente importa. Ficamos distraídos por eventos menores e, ao mesmo tempo, deixamos de lado o que é essencial.

As pessoas que dão frutos são aquelas que geralmente estão relaxadas. As improdutivas, por outro lado, são tensas já que permitiram que preocupações secundárias emaranhassem a sua mente como num espinheiro que leva à distração.

"A ANSIEDADE DRENA A NOSSA ALEGRIA E FAZ COM QUE JULGUEMOS OS OUTROS EM VEZ DE ACEITÁ-LOS; ASSIM, TORNAMO-NOS PESSOAS NEGATIVAS".
Tornamo-nos pessoas negativas quando as preocupações vencem a batalha. Inevitavelmente levamos as nossas preocupações aos outros.

As preocupações funcionam como o mau colesterol, entupindo as artérias do nosso coração espiritual e o fluxo de amor e graça para com os outros. Por fim, enquanto os espinhos aumentam, ficamos mais negativos, amargos e limitados, o que não traz benefício a ninguém.

Nessas horas difíceis, quando a ansiedade se esgueira enchendo a nossa mente de medo, distração e amargura, precisamos buscar aquele que oferece a paz que excede todo o entendimento.

Extraído do livro Rompendo Dificuldades de Charles R. Swindoll

Por Litrazini

Graça e Paz

[Novo post] * TÁ DIFÍCIL?

salmo37 publicou: " "…os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos", declara o Senhor. Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos"