BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

sábado, 9 de abril de 2016

Esboço de Sermão

Esboço de Sermão


O Deus Que Inspeciona a Igreja

Posted: 08 Apr 2016 02:54 PM PDT

O Deus Que Inspeciona a Igreja
Texto: Apocalipse 3:14-20
Introdução: Em Apocalipse capítulos 2 e 3, o Senhor inspeciona Suas igrejas. Ele deu o seu elogio ou a condenação de acordo com o que descobriu. Deus julga os cristãos individualmente e a Igreja coletivamente. A igreja de Laodicéia representa a igreja do século XXI.

A palavra Laodicéia significa "povo governa". Em vez de o Espírito Santo que conduz e que habilita a igreja, as pessoas estavam confiantes em si mesmas. O cristão tende a gravitar à sua velha natureza por causa da "concupiscência da carne". Isto aplica-se à igreja também. Se os membros da igreja não estão enraizados na Palavra, cheios do Espírito, e permanecem em Cristo, ele se tornará comprometedor, carnal, e a igreja complacente com uma forma de piedade, mas nega a eficácia dela.

I. O Inspetor da igreja

A. A Identidade de Cristo.
1. Jesus é o "Amém". Em hebraico, a palavra significa verdade. Ele é a "testemunha fiel e verdadeira". Ele é a testemunha confiável. (João 14:6) Ele é o "princípio da criação de Deus". Ele é o Criador de toda a criação. (Colossenses 1:16-17)
B. A inspeção da igreja 1. A condição espiritual revelada. v. 15 "nem és frio nem quente"
2. A condição espiritual rejeitada. v. 16 "vomitar-te ei da minha boca"

II. A acusação da igreja

A. A reivindicação da igreja. v. 17a - "Porquanto dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta"
1. "Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má dar frutos bons. Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada no fogo. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade. Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática, será comparado a um homem prudente, que edificou a casa sobre a rocha. E desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e bateram com ímpeto contra aquela casa; contudo não caiu, porque estava fundada sobre a rocha. Mas todo aquele que ouve estas minhas palavras, e não as põe em prática, será comparado a um homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia. E desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e bateram com ímpeto contra aquela casa, e ela caiu; e grande foi a sua queda" Mateus 7:18-27
B. A acusação de Cristo. v. 17b "e não sabes que és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu"
1. "Propôs-lhes então uma parábola, dizendo: O campo de um homem rico produzira com abundância; e ele arrazoava consigo, dizendo: Que farei? Pois não tenho onde recolher os meus frutos. Disse então: Farei isto: derribarei os meus celeiros e edificarei outros maiores, e ali recolherei todos os meus cereais e os meus bens; e direi à minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe, regala-te. Mas Deus lhe disse: Insensato, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus" Lucas 12:16-21
2. O cristianismo brasileiro não é frio nem quente, mas morno. A maioria dos brasileiros não têm crenças fortes e claras, em grande parte porque eles não possuem uma cosmovisão bíblica coerente, eles não têm uma compreensão coerente e holística de sua fé. Muitos crentes afirmam confiar no que a Bíblia ensina, mas rejeitam a noção de um adversário espiritual real ou eles sentem que as atividades de partilha de fé são opcionais. Milhões se sente pessoalmente comprometido com Deus, mas eles estão renegociando a definição dessa divindade. A maioria dos brasileiros têm algumas convicções sobre sua fé e tem um pé no campo bíblico e um pé fora dele. Eles dizem que estão comprometidos, mas com quê? Eles são espiritualmente ativos, mas com quê? O perfil espiritual do cristianismo brasileiro não é diferente de uma igreja morna que a Bíblia adverte.

III. Instrução para a igreja

 A. Conselhos para a igreja. v. 18
1. "Ó vós, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro, vinde, comprai e comei; sim, vinde e comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite. Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão! E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e deleitai-vos com a gordura. Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei um pacto perpétuo, dando-vos as firmes beneficências prometidas a Davi" Isaias 55:1-3
B. A cura para a igreja. V. 19
1. Igrejas mornas, complacentes, carnais tornam Deus doente. A única solução para a mornidão é o arrependimento! Cada membro deve confessar sua necessidade de Cristo e se converter dos seus pecados em arrependimento.

IV. O Convite para a igreja

A. A posição de Cristo. V. 20 "Eis que estou à porta"
B. A persistência de Cristo. V. 20 "e bato"
C. A promessa de Cristo. V. 20 "entrarei em sua casa"

Conclusão: 1. Como é que está nossa igreja sob a inspeção de Cristo?
2. Cada membro constitui a condição espiritual da igreja. Como está a sua vida sob a inspeção de Cristo?
3. A presença e a bênção de Cristo só são experimentadas por aqueles cujas vidas estão em chamas por Cristo. Está a sua vida dando luz a um mundo perdido?
4. A única solução para a mornidão espiritual é o arrependimento!
5. Jesus disse: "Aquele que tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas". O Espírito falou à nossa igreja. Será que vamos responder em obediência?
6. O pecador deve se arrepender para ser salvo. Lucas 13:3, 5

A Ceia das Bodas do Cordeiro

Posted: 08 Apr 2016 02:48 PM PDT

A Ceia das Bodas do Cordeiro
Texto: Apocalipse 19:1-9
Introdução: O primeiro milagre que Jesus realizou foi em um casamento quando Ele transformou água em vinho. No Novo Testamento, descobrimos que Jesus está comprometido em casamento a uma noiva que é a igreja. Neste capítulo, nós lemos sobre a consumação deste matrimônio e a grande ceia, as Bodas do Cordeiro a ser realizada no céu.

I. O Noivo

A. Jesus é o Noivo.
1. O testemunho de João Batista. (João 3:27-30)
2. O ensino de Paulo. (2 Coríntios 11:2; Efésios 5:23-32)
B. Jesus é o cordeiro.
1. Jesus é o cordeiro sacrificial. (João 1:29; Hebreus 9:26)
2. Jesus é o Cordeiro substituto. (1 Pedro 1:18-19, 2:24, 3:18)

III. A Noiva

A. A noiva é a Igreja.
1. A expectativa da noiva. (Tito 2:13; 2 Timóteo 4:8; 1 Tessalonicenses 1:10)
a. O Noivo vem para a Igreja no arrebatamento. (1 Tessalonicenses 4:13-18)
b. O arrebatamento pode ocorrer a qualquer momento. (1 Coríntios 15:51-53; Mateus 25:1-13)
2. Anuncio relativo à noiva. (Efésios 5:26-27)
3. As vestes da noiva.
a. Vestes de salvação. (Isaías 61:10; Romanos 3:21-22; Filipenses 3:9; 2 Coríntios 5:21)
b. Vestes de obras de justiça. (v. 8)
1) Comparecer perante o tribunal de Cristo. (2 Coríntios 5:10)
2) As obras dos crentes serão provadas pelo fogo. (1 Coríntios 3:12-15)
3) Noiva purificada. (Efésios 5:26-27; 1 Coríntios 1:8; Judas 24)
c. Vestes que se contaminaram. (Necessidade de viver uma vida justa)
1) Perigo de contaminação. (Apocalipse 3: 4-5; 16:15)
2) Vestes manchada pela carne. (Judas 23)
3) Consequências das vestes contaminadas provoca vergonha. (1 João 2:28-29)
B. A bênção da igreja 1. A noiva é amada por Cristo. (Efésios 5:25)
2. A noiva é uma virgem pura casada com Cristo. (2 Coríntios 11:2)
3. O Lar eterno da Noiva com Cristo. (Apocalipse 21:2,9; João 14:1-3)

IV. O Banquete

A. O anfitrião do banquete é o pai celestial.
B. Os convidados para o banquete.
1. Os salvos no Antigo Testamento. (Tal como João Batista em João 3:29)
2. Os salvos durante a tribulação. (Apocalipse 7:9-17)

Conclusão:
1. Nossas obras devem ser feitas no poder do Espírito e em nome de Cristo.
2. As vestes do crente são suas obras de justiça.
3. Os crentes são "feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras"

Pr. Aldenir Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário