BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

NOSSA ALMA ANSEIA POR DEUS


 

Reflexões em 2 Coríntios - A alegria do pastor e da igreja



Pastor Sérgio Fernandes
 Palavra Que Transforma
  |  Pastor Sérgio Fernandes

2 Coríntios 1:13 - Porque nenhumas outras coisas vos escrevemos, senão as que já sabeis ou também reconheceis; e espero que também até ao fim as reconhecereis.

Em diversas situações, é difícil entender o posicionamento de um líder diante de um problema que a congregação está enfrentando. Isso se deve porque na maior parte das vezes, não temos uma visão tão extensiva de um desafio e da forma como ele deve ser solucionado. É comum o pastor ver o todo, enquanto um membro vê apenas o seu interesse particular. Isso gera muitos problemas nas comunidades cristãs, e até mesmo Paulo sabia que os próprios coríntios não o compreendiam totalmente (vv.13).

Contudo, o apóstolo esperava que os irmãos se alegrassem por tê-lo como apóstolo. Seu zelo e dedicação deveriam ser motivo de alegria entre os irmãos. A comunidade cristã é abençoada quando os crentes amam verdadeiramente seu pastor. A Igreja avançaria com mais facilidade se cada membro do corpo apoiasse seus pastores ao invés de questionarem suas posturas. Paulo enfatiza isso tendo em vista o Dia do Senhor (vv.14). Naquele dia, muitas ovelhas de Cristo entenderão com clareza as ações de seus pastores, assim como estes se alegrarão por ver quantas vidas puderam alcançar enquanto pregaram o evangelho de Jesus.

--------------------------------------------------------

ASSISTA PREGAÇÕES E ESTUDOS DO PASTOR SÉRGIO FERNANDES

https:
//www.youtube.com/user/pastorsergiofernande




[Estudos Bíblicos] Jesus e o Divórcio: Tem gente querendo ser mais santo que Cristo


[Estudos Bíblicos] Jesus e o Divórcio: Tem gente querendo ser mais santo que Cristo

Link to Estudos Bíblicos

Posted: 30 Oct 2014 06:50 PM PDT
Volta e meia os questionamentos retornam. E os divorciados? Casamos eles de novo? Podem tomar a Ceia do Senhor? Engraçado que muitos pastores que excluem […] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta
Posted: 30 Oct 2014 03:30 PM PDT
Holocausto na Fé“Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?” - Lucas 18:8, Quem é grande quanto […] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta
Posted: 30 Oct 2014 12:30 PM PDT
Comerciantes de AlmasQuantos ficaram felizes quando viram que haviam por fim sido encarcerados alguns líderes que estavam furtando o dinheiro do povo. Todavia, muitos daqueles que detêm […] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta
Posted: 30 Oct 2014 11:30 AM PDT
Sobrepujando o Espírito Santo de DeusToda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele. (Provérbios 30:5) Escudo: Arma defensiva. Era o principal meio de proteção […] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta
Posted: 30 Oct 2014 09:30 AM PDT
Mantendo a Paz no Meio do ConflitoNosso Senhor Jesus Cristo ordena expressamente a todos aqueles que são seus discípulos (cristãos) a não resistirem aos perversos (Mt 5.39), e especialmente se estes […] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta

POPULARIDADE DO HALLOWEEN A CADA ANO CRESCE MAIS NO BRASIL



Chamado de "Dia das Bruxas" ou "Dia do Saci", sua origem é o culto aos mortos.

Segundo a pesquisa da National Retail Federation (NRF), mais de dois terços dos americanos irão comprar uma fantasia de Halloween este ano. Comemorado dia 31 de outubro, a festa conhecida por diferentes nomes ao redor do mundo deverá ter seu melhor resultado comercial nos 11 anos do estudo.

Estima-se que serão gastos mais de US$ 7,4 bilhões com doces, decorações e fantasias em 2014. O Halloween, chamado no Brasil de Dia das Bruxas vem ganhando popularidade nos últimos anos. Embora por aqui não seja feriado, um número recorde de empresas e marcas estão querendo usar a data para promover seus produtos.

Embora criticado por muitos, é inegável que essa festa que reúne pessoas fantasiadas e distribuição de doces já começa a fazer parte da vida de muitas pessoas no final de outubro.

Cerca de uma década atrás, começou-se a debater a instituição do "Dia do Saci", uma versão abrasileirada do Halloween. Oficialmente o Estado de São Paulo oficializou a data em 2004, com a Lei nº 11.669. Desde 2003 existe o projeto de lei nº 2.762, de autoria do deputado federal Chico Alencar, (PSOL/RJ), que deseja instituir a data oficialmente em todo o país.

A escolha do Saci é para representar os seres sobrenaturais brasileiros, no lugar dos vampiros e bruxas mais populares no hemisfério Norte. Independentemente do nome que receba, ao que parece, sua chegada no país é uma tendência irreversível.

A comemoração do Halloween teve origem entre os povos celtas, da Inglaterra. Entre 30 de outubro e 2 de novembro faziam um grande festival chamado Samhain (literalmente, "fim do verão"), onde acreditavam que se abria uma espécie de portal para o mundo dos mortos. Por isso o costume de se servir comida (atualmente doces) para acalmar os espíritos que vinham para a terra nessa data.

Com a cristianização da Inglaterra, na Idade Média a Igreja Católica estabeleceu sua comemoração no dia 31 de outubro e o rebatizou de All Hallow's Eve (Vigília de Todos os Santos), pois seria véspera do Dia em que se lembravam os mortos. Com o tempo, sua pronúncia foi mudando até chegar ao termo atual "Halloween".

O historiador David J. Skal explica que o conceito moderno de Halloween é inseparável da imagem vendida pela televisão e pelos filmes de Hollywood. "No Halloween, tudo vira de cabeça para baixo. A identidade pode ser descartada. Os vivos viram mortos e vice-versa. As sepulturas são abertas e nosso mundo é invadido pelo sobrenatural".

Para muitos grupos cristãos, essa data nada mais é que uma versão popular de cerimônias pagãs e demoníacas, onde ocorrem invocações de espíritos das trevas. Não por acaso, as fantasias mais populares sempre foram de esqueletos, bruxas e diabos. Embora no Brasil a maioria das igrejas não fale abertamente sobre o assunto, já foram publicados vários livros cristãos alertando para os perigos de tal comemoração.

Harold L. Myra, escreveu um longo artigo na revista evangélica Christianity Today alertando que essas raízes pagãs não podem ser ignoradas pelos cristãos: "Para os antigos celtas, Samhain, o senhor da morte, enviava espíritos malignos para o mundo dos humanos. Com isso, gerava uma perigosa tentativa de se contatar o sobrenatural, o mundo espiritual e apaziguá-lo. O Halloween tornou uma época de fascínio cultural com o mal e o demoníaco".

Nos últimos 20 anos, algumas igrejas decidiram organizar festivais alternativos, aproveitando a oportunidade do feriado para falar sobre o mundo espiritual da perspectiva bíblica. O pastor Anderson M. Rearick, sempre defendeu que os cristãos não devem fugir do assunto.

"Não podemos simplesmente entregar esse dia nas mãos do Diabo, o Grande Impostor, o Chefe dos mentirosos. Nenhum dia pertence a ele. Todos pertencem ao Senhor".

Há quem tenha sugerido (sem muito sucesso) uma versão cristã da data, o Jesusween. A vlogueira cristã Fabiana Bertotti falou sobre a relação entre o cristão e o Halloween.

Em um número reduzido de igrejas no Brasil, dia 31 de outubro lembra-se a Reforma Protestante, de 1517, que deu origem ao movimento evangélico no mundo todo. Com informações de Mundo das Tribos e Meio Mensagem

Fonte: Gospel Prime

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/


Graça e Paz

Onisciente e Sempre Presente



"[...] Todos os meus caminhos te são bem conhecidos." (Salmos 139:3)

Como é Deus? Onde Ele está? Ele sabe tudo? 

Encontramos em Salmos 139 dois principais atributos de Deus, nas palavras do rei Davi: 
"Senhor, tu me sondas e me conheces. Sabes quando me sento e quando me levanto; de longe percebes os meus pensamentos. Sabes muito bem quando trabalho e quando descanso; todos os meus caminhos te são bem conhecidos." [...] "Para onde poderia eu escapar do teu Espírito? Para onde poderia fugir da tua presença? Se eu subir aos céus, lá estás; se eu fizer a minha cama na sepultura, também lá estás. Se eu subir com as asas da alvorada e morar na extremidade do mar, mesmo ali a tua mão direita me guiará e me susterá." (Salmos 139:1-3; 7-10

A partir desse Salmo e também de outras passagens bíblicas, aprendemos que Deus é onipresente (Ele está em toda parte) e onisciente (Ele sabe tudo). 

Isso pode ser reconfortante ou assustador. Depende do seu relacionamento com Deus. Se o seu relacionamento com Ele está próximo, é muito reconfortante saber que, não importa o que você enfrente na vida, Deus vai estar lá para ajudar-lhe. 

Aconteça o que acontecer em sua vida, você deve lembrar-se que Ele dá Seu o amor com as melhores intenções. Lembre-se de como você atravessa as dificuldades da vida. 

Você pode ter certeza de que nunca estará sozinho. O Deus onisciente e onipresente está sempre ao seu lado.

ESCRAVOS DOS PODERES SOBRENATURAIS



"Pelo seu nome (o nome de Jesus) vos são perdoados os pecados." 1João 2.12 

"Debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos" Atos 4.12

Uma missionária nos contava suas experiências. O que mais a marcara não eram as condições de vida difíceis e às vezes perigosas. Ao consagrar sua vida à evangelização, ela havia renunciado todas as comodidades e, portanto, não esperava conforto e facilidades.

Porém, o que mais a impressionou ao trabalhar com povos que praticavam a bruxaria era constatar a força dos ataques satânicos. Essas pessoas viviam escravizadas sob uma grande opressão.

ATRAVÉS DO CULTO A ÍDOLOS, DA MAGIA E DE OUTRAS TANTAS MANEIRAS, SATANÁS MANIPULA AS PESSOAS COMO SE FOSSEM MARIONETES. INFUNDE MEDO E OPRESSÃO. MAS QUE PRIVILÉGIO É MOSTRAR O GLORIOSO VENCEDOR, O SENHOR JESUS, O ÚNICO QUE PODE NOS LIVRAR TOTALMENTE DO PODER DO DIABO. Hebreus 2.14-15. 

QUÃO UNIVERSAL E EXTRAORDINÁRIO É O PODER DO SENHOR! 

Assim como o Senhor Jesus Se humilhou até o ponto de morrer por nós na cruz, "também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra…" Filipenses 2.9-10. "Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades… nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor." Romanos 8.37-39. 

Vale lembrar que não são apenas os povos considerados primitivos que estão sob domínio satânico. 

Atualmente, nos países "cristãos", o ocultismo e muitas outras formas de feitiçaria têm alcançado uma enorme legião de praticantes, inclusive dentre as elites e os formadores de opinião. 

A vontade de manipular poderes sobrenaturais é inerente a todo ser humano. E nessa busca as pessoas nem se dão conta da escravidão a que estão submetidas.

Acham que são livres e especiais, acima da grande massa de ignorantes que os rodeiam. É o poder do engano! 

E somente o Senhor Jesus pode nos libertar de tamanho engano, pois só Ele é a verdade João 14.6. 

Extraído Devocional Boa Semente 

LEMBREM-SE 31/10 É COMEMORADO O HALLOWEEN PENSE NISSO COM MUITO CARINHO

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/


Graça e Paz

Liderando Com o Coração - Não jogue a sua equipe contra si mesmo

 

Liderando Com o Coração - Não jogue a sua equipe contra si mesmo

"Há seis coisas que o Senhor odeia, sete coisas que ele detesta... aquele que provoca discórdia entre irmãos." (Provérbios 6:16,19b)
Certa vez, quando trabalhava em uma grande empreiteira e gerenciava a área de informática de uma das diretorias, participei de uma equipe relativamente grande. A diretoria tinha várias áreas e eu ajudava todas elas prestando-lhes o suporte necessário para que fizessem bem o seu trabalho através dos recursos computacionais. Quando a equipe foi contratada muitos bons profissionais do mercado foram atraídos visto que o desafio da nova área era grande.
Apesar de haver espaço para todos se destacarem e fazerem um excelente trabalho de equipe, certo dia uma moça foi até a nossa área e enquanto recolhia um enorme relatório na impressora começou a falar para mim:
- Sabe, eu não devia fazer isso, mas como você é meu amigo vou te contar.
Ela havia sido contratada depois de mim e nunca havíamos nos visto anteriormente, o que, obviamente, fez uma luz vermelha se acender na minha cabeça.
Ela continuou:
- Eu passei na sala do engenheiro Fulano e ouvi uma conversa dele com o engenheiro Sicrano. Eles estavam falando de você. Nossa, você não imagina como eles estavam reclamando do seu serviço. Se eu fosse você tomava cuidado com eles.
Então ela terminou de arrumar o relatório e saiu da sala.
O que ela não sabia é que eu já conhecia bem os respectivos engenheiros e tinha liberdade de conversar francamente com eles. Logo que ela saiu da sala, eu me levantei e fui conversar com o engenheiro Fulano e perguntei se havia algo do meu trabalho que o estava prejudicando e que precisava ser melhorado. Ele disse que estava tudo bem e que estava estranhando a pergunta.
Eu lhe respondi que um "passarinho verde" havia me contado que tinha ouvido ele reclamar de mim para outra pessoa. Ele deu risada e falou que aquele "passarinho" já havia passado por lá e feito um comentário parecido para ele.
Daquele dia em diante eu tomei o máximo de cuidado com o que falava ou fazia na presença daquela pessoa e contribuía com ela com o estritamente necessário para que o desempenho da equipe não fosse prejudicado. Algumas semanas adiante ela se demitiu alegando que não "havia clima de coleguismo" na empresa.
Infelizmente, isso é um defeito de caráter muito comum de ser encontrado por aí. Pessoas que parecem não entender que os outros componentes da equipe se comunicam e que aquilo que elas disserem, com certeza, será passado adiante. Principalmente em um grupo no qual o líder valorize a comunicação transparente e a construção de um resultado onde a equipe seja vencedora e não apenas o indivíduo.
Jogar as pessoas umas contra as outras é uma forma de minar os relacionamentos e a confiança entre os membros da equipe. Ao conseguir isso, a pessoa acha que consegue tornar os outros mais fracos que ela e assim prejudicar-lhes o desempenho, abrindo caminho para o seu próprio destaque. O problema desse tipo de raciocíonio é que esta pessoa pode até conseguir, a curto prazo, alguma atençao para si, mas, no futuro, quando ela precisar de uma equipe para dar respaldo aos seus novos desafios, ela não encontrará ninguém em quem possa confiar realmente. Pois, afinal, ela mesma destruiu esta confiança com os seus procedimentos.
Os líderes devem estar atentos para ver se este tipo de atitude está sendo adotada por alguém da sua equipe. Se for o caso, deve chamar o indivíduo para uma conversa e tentar fazê-lo ver que este procedimento só trará prejuízo para ele e afetará o relacionamento e resultado da equipe como um todo. Se o indivíduo entender e mudar, ótimo; se não, então será necessário afastá-lo da equipe para o bem do resultado desejado pelo esforço da equipe.
Mas e se for o líder que usar deste péssimo subterfúgio para tentar controlar os seus liderados?
Bem, eu vejo duas possibilidades.
Ou isso evidencia que o líder ainda tem sérios problemas de auto-imagem que o faz se sentir ameaçado pelos componentes da equipe; ou ele tem sérios problemas com o projeto e está tentando transferir a culpa/responsabilidade.
O líder que usa deste expediente dá um tiro no próprio pé, como diz o ditado popular. A primeira coisa que ele perde é a confiança daquele que o ouve. Afinal, esta pessoa vai pensar: "Se ele está falando assim de fulano para mim, o que ele não estará falando de mim para outros?" A falta de confiança traz com ela a falta de comprometimento.
Para a construção de uma equipe coesa e sadia é necessário que o líder seja confiável e a maneira como ele se comunica com a sua equipe e como ele gerencia a comunicação entre seus liderados é essencial para a construção dessa confiabilidade.
Senhor, dá-me discernimento para compreender as intenções daquilo que ouço, de maneira que eu consiga tornar a comunicação da minha equipe a mais saudável possível."
Vinicios Torres
 
  

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

NÃO HÁ LIMITES


 

A Medida Do Dom De Cristo




Pr. Olavo Feijó
 Gotas Bíblicas
  |  Pr. Olavo Feijó

Efésios 4:7 - Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.

O cristianismo é apresentado por Paulo como um padrão consciente e voluntário de viver. Por isso, cristãos são ensinados a "viver em Cristo" e, não, a apenas repetir práticas "religiosas" que nada nos valorizam espiritualmente. "Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo (Efésios 4:7).

A revelação bíblica nos ensina que "desde antes da criação do mundo" o Senhor quis transformar simples criaturas humanas em "filhos de Deus". Esta capacitação, diz o Evangelho de João é conferida a todos os humanos que aceitam Jesus como o Cristo, o Filho Único, através de quem o Criador vai chegar ao ponto definitivo da Sua obra, com o "novo céu e a nova terra". Todo humano que exercita esta fé transforma-se em parte integrante do "corpo de Cristo", já que "Cristo é tudo em todos".

Pertencemos à família de Cristo. Somos membros do "corpo de Cristo". Consequentemente, cada um de nós recebe, quando aceita a Cristo, uma função própria, um dom a ser desenvolvido. Quando a Bíblia declara que "ninguém vive para si ou morre para si", ela está reafirmando o significado orgânico de "viver em Cristo". Ninguém é mais importante que ninguém. Ninguém é menos importante que ninguém. Em Cristo, somos todos dotados, todos valorizados, todos responsabilizados. É a medida do dom de Cristo.





[Estudos Bíblicos] Afinal Quem Glorifica a Quem?


[Estudos Bíblicos] Afinal Quem Glorifica a Quem?

Link to Estudos Bíblicos

Posted: 29 Oct 2014 06:15 PM PDT
Afinal Quem Glorifica a Quem?Até parece pelo que está ocorrendo que o homem foi criado por Deus para ser glorificado por Ele. No entanto, foi justamente para o contrário. […] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta
Posted: 29 Oct 2014 04:15 PM PDT
Diligência e Não IndolênciaNós somos indolentes ouvindo, quando nós não aprendemos as verdades do evangelho com diligência, e não nos esforçamos para colocá-las em prática. As oposições e […] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta
Posted: 29 Oct 2014 12:30 PM PDT
Morte e Ressurreição de CristoPorque o argumento sobre dias inclusivos não vale sobre esse assunto? Queridos que a paz de Cristo seja presente em suas vidas. Minha intenção principal […] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta
Posted: 29 Oct 2014 11:30 AM PDT
O Que Mantém a Graça é a GratidãoDepois de ter construído 2 casas, reformadas outras tantas pra mim e pros outros, hoje moro num cômodo de 4x3m quadrados, emprestado pela minha sogra […] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta
Posted: 29 Oct 2014 09:30 AM PDT
Como Ser Cristão Apesar da Igreja – O Que Fazer Quando Descobrimos o Joio No Meio Da IgrejaComo ser cristão apesar da Igreja – o que fazer quando descobrimos o joio no meio da Igreja Mateus 13:24-30 e 36-43 Essa é mais […] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta

UMA PALAVRA DE ENCORAJAMENTO



E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais (João 8:10-11)

O Senhor Jesus é bom, e não 'bonzinho'. Os apóstolos em um momento de irritação teriam mandado fogo do céu sobre os obstinados pecadores, mas o Mestre lhes censurou por tal ideia ridícula (Lucas 9:54).

Pedro, o confiante porém desleal discípulo, não esperava nada além de uma merecida e severa reprovação da parte do Senhor por sua infidelidade. Mas o que recebeu foi a mais gentil e inacreditável das reprimendas: "Simão, filho de Jonas, amas-me?… Apascenta as minhas ovelhas" (João 21:16).

A mulher do versículo acima era uma pecadora, mas Ele se dirigiu a ela de maneira delicada e encorajadora. Seus acusadores a tinham humilhado ao máximo pela exposição pública dela, e provavelmente lhe diziam coisas horríveis, mas o Senhor disse apenas: "Nem eu também te condeno". "Caia eu, pois, nas mãos do Senhor, porque são muitíssimas as suas misericórdias" (1 Crônicas 21:13).

Será que podemos inferir que o Senhor ignora o pecado?
Absolutamente não! Sua encarnação, Seu sangue – Belém e no Calvário – provam exatamente o contrário! Antes que a culpa de alguém pudesse ser retirada, Ele teve de descer de Seu trono de glória para agonizar em um madeiro amaldiçoado. Essa palavra do Senhor Jesus foi uma palavra de encorajamento para aqueles que já se arrependeram de seus pecados.

Talvez você seja o maior dos pecadores ou o maior dos desviados. Da mesma maneira que uma pessoa falida tem medo de examinar seus livros contábeis, talvez você tenha medo de examinar seu coração.

A consciência e as lembranças de inúmeros pecados podem lhe condenar, mas o Senhor Jesus sempre tem uma palavra gentil para você: "Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais".

Extraído Devocional Boa Semente

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

NAD: Música e megafone


Ministérios RBC
Leitura: 2 Coríntios 3:17–4:7
Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós. —2 Coríntios 4:7
Christopher Locke compra trombetas e trombones antigos e megafones franceses e os transforma em amplificadores acústicos para iPhones e iPads. Suas criações são inspiradas em autofalantes com formato de trompetes usados nas primeiras vitrolas no fim dos anos 1800. A música tocada nos telefonógrafos analógicos de Christopher tem "um som mais alto, limpo, rico e profundo" do que aquela dos pequenos autofalantes em aparelhos digitais. Além de serem interessantes obras de arte, estes instrumentos de metal recuperados não exigem energia elétrica para difundirem a música que as pessoas amam ouvir.
As palavras de Paulo aos seguidores de Jesus em Corinto nos lembram hoje de que ao viver por Cristo e compartilhá-lo com outros, não somos a música, mas simplesmente o megafone. "Porque não nos pregamos a nós mesmos…" Paulo escreveu, "… mas a Cristo Jesus como Senhor e a nós mesmos como vossos servos, por amor de Jesus" (2 Coríntios 4:5). Nosso propósito não é tornarmo-nos a mensagem, mas transmiti-la por meio de nossas vidas e nossos lábios. "Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós" (v.7).
Se um antigo megafone pode amplificar música; então talvez nossas vidas falhas possam magnificar a bondade de Deus. Somos o megafone; a música e o poder vêm dele!
—DCM
Nada é inútil nas mãos de Deus. 

Qual é o Seu Propósito de Vida?



"E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo" (Filipenses 3:8)

Qual é o seu propósito de vida? Todo mundo tem um. Alguns de nós o declaram, outros apenas o praticam. Todos temos algo que é nosso propósito na vida, algo que nos faz levantar de manhã, algo que nos faz viver e pelo qual estaríamos dispostos até a morrer. Pode ser alcançar um determinado nível de conforto, uma quantidade de bens, ser feliz, ser famoso, ser um intelectual...
- Você já se perguntou qual é o seu propósito de vida?

O apóstolo Paulo determinou que seu propósito na vida era conhecer o Senhor. Paulo escreveu para a igreja em Filipos: "Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo." (Filipenses 3:7-8)

Paulo reconheceu a maravilha que era tornar-se mais intimamente ligado a Ele. Deus pode e quer ser conhecido. Talvez não possamos compreendê-Lo completamente, mas podemos conhecê-lo de uma maneira absolutamente pessoal e muito real.

Que grande propósito de vida teve o apóstolo Paulo. Espero que este também possa ser o seu.