BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Esboço de Sermão

Esboço de Sermão


Alguns Milagres Do Natal

Posted: 05 Dec 2016 02:25 PM PST

Alguns Milagres Do Natal
Texto: Mateus 1:18

Introdução: O Natal é a época mais fascinante do ano para a maioria das pessoas. Decorações, programas musicais, rua e casas enfeitadas, cidades cheias de luzes coloridas, canções felizes, dar e receber presentes.

Muito se fala a partir dos púlpitos sobre o maravilhoso milagre do "bebê em uma manjedoura", o nascimento de Cristo. Houve outros "milagres" que aconteceram no Natal também.

Vamos voltar a esse tempo maravilhoso e olhar mais uma vez naquele primeiro Natal.

1. Um anjo aparece a Maria.
2. Um anjo aparece a José.
3. César Augusto ordena um censo.
4. Maria e José viajam para Belém.
5. O nascimento do Filho de Deus, o Messias prometido.
6. Os anjos aparecem aos pastores e anunciam o nascimento do Messias.
7. Anjos "cantam" para os pastores.
8. A estrela guia.
9. Os homens sábios procuram o Messias.
10. Os presentes dos sábios. Ouro, Incenso e mirra.
11. Os homens sábios avisados ​​em sonhos para não voltarem a Herodes.
12. José avisado ​​em sonhos para ir para o Egito.
13. Um anjo dirige José, Maria e o bebê para o Egito.

Conclusão:

1. No Jardim do Éden, Deus prometeu que algum dia um libertador viria.
2. No tempo de Deus, o libertador veio e nós o chamamos de "Natal".
3. Deus usou os céus, anjos, e as pessoas para o nascimento de Seu Filho, o libertador.
4. Os milagres no Natal deveriam lembrar-nos de quem é Deus, o que ele pode fazer, e por que ele fez o que fez.

Pr. Aldenir Araujo

Natal: A Família Do Senhor Vai À Igreja

Posted: 05 Dec 2016 02:19 PM PST

Natal: A Família Do Senhor Vai À Igreja
Texto: Lucas 2:21-36

Introdução: Há algo de especial sobre ir a Casa do Senhor como uma família! Nem todo mundo tem esse privilégio, e nem toda família que poderia faz. Jesus, no entanto, foi criado em um lar piedoso. Parece que Sua família aproveitou todas as oportunidades que teve para adorar, Lucas 2:41.

Em sua primeira viagem ao templo, quando Jesus tinha apenas 8 dias de idade, algo incrível aconteceu e é sobre isso que nós queremos observar nesta noite, enquanto nós refletimos juntos sobre este pensamento, Natal: a família do Senhor vai à igreja.

I. A Piedade. v. 21-23

(José e Maria demonstraram verdadeira devoção religiosa e fidelidade ao Senhor. A fé genuína é sempre evidenciada por obediência - João 14:15)
A. Eles obedeceram a liderança do anjo. V. 21a -. Eles fizeram isso ao nomear a criança "Jesus", como lhes foi ordenado - Lucas 1:31. ("Jesus" = "Jeová É Salvação")
B. Eles obedeceram a letra da lei. V. 21b-23 - Êxodo 13:2, 12. Maria e José foram para o templo para apresentar o seu primogênito ao Senhor como eles foram ordenados na Palavra de Deus.
C. Nosso lar deve ser centro de devoção e obediência aos mandamentos do Senhor. Cada lar cristão deveria ser um exemplo para este mundo perdido - (Professor da Escola Dominical que era dono de uma cadeia de lojas de bebidas e vivia com sua namorada)

II. A Pobreza. v. 24.

(Eles ofereceram o sacrifício dos pobres - Levítico 12: 1-8 Sem dúvida, este evento teve lugar antes da chegada dos magos com seus presentes para a família - Mateus 2:1-12) 3 lições destacamos aqui!
A. Ausência de dinheiro não é um obstáculo para o serviço espiritual. Eles não tinham nada, mas mesmo assim eles ainda eram fiéis.
B. A capacidade de Deus de atender às nossas necessidades físicas não é impedida pela nossa falta de recursos. Você não tem que possuir muito para que o Senhor te abençoe. Você apenas tem que estar disposto a usar o que você tem – Mateus 6:33.
C. A disponibilidade é muito mais importante que a capacidade - (Maria - Lucas 1:38) Deus vai usar qualquer coisa ou pessoa que Ele pode para realizar a Sua vontade.
D. Nunca permita que a necessidade o mantenha fora da igreja!

III. A Profecia. V. 25-26

A. O mensageiro. v. 25-30
1. Sua expectativa - v. 25-26 Simeão era um homem piedoso que estava à espera do Messias. A ele tinha sido dito pelo Espírito, que ele não morreria antes de ter visto o Prometido. (Temos uma grande expectativa esta noite - João 14: 1-3; 1 Tessalonicenses 4:16-18)
2. Seu exemplo - v. 25-27a "justo e piedoso" Simeão andava com Deus e era um exemplo para os outros. Quando ele falava, as pessoas ouviam. Se queremos que esse mundo nos ouça quando falamos das coisas de Deus, então nossa vida deve coincidir com a nossa fala!
3. Sua emoção - v. 27-30 - Quando Simeão segurou, ele não pôde conter a emoção. Há algo emocionante sobre o primeiro encontro com o Senhor. Eu nunca vou entender a apatia, a secura e as pessoas que nunca se emocionam sobre Jesus.
B. A mensagem. v. 31-36 (a profecia de Simeão foi uma mensagem tríplice)
1. Uma mensagem de esperança - v. 21-32
a. Vida - João 14:6; João 11:25-26; João 5:24
b. Luz - João 1:4-13; João 8:12
c. Elevação - 2 Coríntios 5:17 (Jesus veio para nos livrar da morte e obras mortas!)
2. Uma mensagem de humildade - v. 33-34
a. A cruz - 1 Coríntios 1:18. Essa mesma cruz que o mundo despreza esta noite, é o lugar onde os homens devem encontrar Jesus. Ele se humilhou para ir lá, Filipenses 2:5-8; e nenhum homem deve humilhar-se perante o Evangelho da cruz. Recusar-se a cruz é recusar Jesus e sua mensagem de vida eterna! (Muitos vão para o inferno, porque eles se recusam a humilhar perante Ele)
b. A coroa - Muitos se prostraram diante dele em Israel. Quando Jesus se humilhou, Ele foi exaltado pelo Pai, Filipense 2:9-11. Agora, a esperança do homem reside em humilhar-se perante o Cristo ressuscitado e glorificado! (É melhor se curvar agora e ao fazê-lo faz a diferença, do que esperar e ser forçado a se curvar quando isso não vai significar nada para você pessoalmente)
3. Uma mensagem de dor - v. 35a - Maria foi confrontada com o preço que ela ia ter que pagar no plano de Deus. A dela era um grande sacrifício, ela foi chamada a dar o seu Cordeiro, e ela o fez sem vacilar - João 19:25. A agonia de seu coração!
C. Igreja deve ter a atmosfera certa e o tipo certo de mensagem. Qualquer outra coisa, desonra a Deus, e mata de fome os santos!

Conclusão: Quando vamos à igreja, os nossos cultos não são geralmente cheios de acontecimentos. No entanto, quando nos reunimos, o mesmo Jesus das Escrituras encontra-se com o seu povo, Mateus 18:20, e nos abençoa com sua presença. Precisamos entender que a frequência à igreja e as coisas que fazemos na Casa do Senhor não são apenas ritual e rotina. Elas estão mudando a vida, fortalecendo a vida, e é bom para as nossas famílias. Jesus tinha o tipo certo de vida familiar, vamos fazer o mesmo para as nossas famílias e nós mesmos. Esteja preparado quando você vier à igreja, você nunca sabe o que Deus tem reservado para você.

O Evangelho da Liberdade

Posted: 05 Dec 2016 02:07 PM PST

O Evangelho da Liberdade
Texto: Gálatas 4:21 - 5:26

Introdução: Este é o quinto de seis sermões que examinam o evangelho no livro de Gálatas. Este sermão focalizará o evangelho como uma mensagem de liberdade.

1. O anúncio

A. Vocês são filhos da mulher livre (Gálatas 4:31) - analogia dos dois filhos de Abraão (Gálatas 4:21-30); por causa desta liberdade, temos a promessa (Gálatas 4:24-26, 28); promessa através de Isaque, não Ismael (Gálatas 4:30, Gênesis 21:10-12)
B. Em Cristo, nem a circuncisão nem a incircuncisão (Gálatas 5:6) - a circuncisão era o sinal da aliança com Abraão (Gênesis 17:9-11); a promessa não é apenas para seus descendentes físicos (Atos 2:39); para aqueles que nascerão de novo (João 3:3, 5, ver Gálatas 6:15); todos podem estar em Cristo e herdeiros da promessa (Gálatas 3:28-29, Gênesis 22:18)
C. Vocês foram chamados à liberdade (Gálatas 5:13) - liberdade em Cristo (Gálatas 2:4); não mais sob a escravidão do pecado (Romanos 6:22); não mais receber o salário do pecado (Romanos 6:23); somos chamados, mas tivemos que responder a esse chamado (Mateus 23:37, Romanos 10:16, 21)

2. A instrução

A. Mantenha-se firme (Gálatas 5:1) - admoestação dada porque seria fácil desistir porque estamos constantemente sob ataque (Gálatas 4:29, Efésios 6:10-13); vamos sofrer por nossa fé (2 Timóteo 3:12), mas nunca devemos desistir (Apocalipse 2:10); Satanás está tentando nos escravizar de novo ao pecado, mas devemos vencê-lo (1 Pedro 5:8-9)
B. Através do amor sirvam uns aos outros (Gálatas 5:13) - a liberdade em Cristo não é sobre fazer o que queremos fazer (1 Pedro 2:16); devemos servir a Cristo (Gálatas 2:20, Lucas 9:23); também precisamos estar atentos aos outros (Gálatas 5:14); fazer o que pudermos para ajudá-los (Gálatas 6:10)
C. Andar pelo Espírito (Gálatas 5:16) - significa andar de acordo com as instruções do Espírito reveladas na Palavra (João 16:13, Efésios 6:17); O Espírito nos guia (Gálatas 5:18) porque somos filhos de Deus (Romanos 8:14); fazer isso produzirá o fruto do Espírito (Gálatas 5:22-23) que é o que naturalmente vem quando obedecemos a Sua palavra

3. A advertência

A. Não procureis ser justificados pela lei (Gálatas 5:4) - esta lei é a Lei de Moisés (Gálatas 4:21; 5:3); a justificação vem pela fé em Cristo (Gálatas 2:16); o propósito da lei era levar-nos a Cristo (Gálatas 3:24); se procuramos ser justificados por outra coisa que não a fé em Cristo, caímos da graça (2 Coríntios 6:1)
B. Não transforme sua liberdade em uma oportunidade para a carne (Gálatas 5:13) - novamente, não somos livres para viver como quisermos (1 Pedro 2:16); devemos matar o velho do pecado (Romanos 8:13, 6:6, Colossenses 3:9); não podemos continuar no pecado para que a graça de Deus possa abundar (Romanos 6:1-2)
C. Não pratique as obras da carne (Gálatas 5:19-21) - esta não é uma lista exaustiva (1 Romanos 1:29-32; 1 Coríntios 6:9-10; 1 Timóteo 1:9-10); praticar estas coisas nos impedirá de herdar o reino, porque seremos escravos do pecado (Gálatas 4:9; 5:1); estes são contrários aos caminhos do Espírito (Gálatas 5:17); há dois caminhos (Mateus 7:13-14) e não podemos seguir ambos

Conclusão

A. Temos liberdade através de Cristo
B. Devemos exercer esta liberdade servindo-O, não se rebelando contra Ele

Nenhum comentário:

Postar um comentário