BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Conteúdo Cristão de Qualidade: Blog Esboçando Ideias

Conteúdo Cristão de Qualidade: Blog Esboçando Ideias

Link to Esboçando Ideias

Por que sou fiel nos dízimos e Deus não me abençoa financeiramente?

Posted: 27 Sep 2016 04:28 AM PDT

Você pergunta: Eu sou fiel em meus dízimos e ofertas na igreja, mas mesmo assim a minha vida financeira não vai para frente. Por que isso acontece? Não entendo o que está errado! Eu sendo fiel a Deus Deus não deveria me abençoar, abrir as janelas dos céus em minha vida? Onde é que estou errando? Ajude-me a enxergar isso para que eu possa corrigir.

Cara leitora, essa é uma questão que precisamos analisar com muito critério. Gostaria de chamá-la a refletir comigo em alguns pontos importantes a respeito do que a Palavra de Deus nos diz a respeito das bênçãos de Deus.

Por que sou fiel nos dízimos e Deus não me abençoa?

Sou fiel nos dízimos. Por que Deus não abençoa minha vida financeira?

(1) A Bíblia é clara quando ensina que Deus cuida de Seus filhos de forma especial (Mateus 6:32). Isso significa que Deus, sendo nosso Pai, cuida de nós, nos dá tudo aquilo que necessitamos, inclusive as correções e coisas não tão agradáveis que são necessárias para construir filhos saudáveis. O salmista observa isso muito bem sobre esse cuidado de Deus, quando declara: "Fui moço e já, agora, sou velho, porém jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão" (Salmos 37:25). Esse é um fato inegável sobre Deus e Seu cuidado para conosco.

Leia também: Sou pobre materialmente falando. Isso tem a ver com minha fé?

(2) Porém, o fato de Deus cuidar de nós não significa que estamos isentos de passar por dificuldades. Antes, o cuidado de Deus está até mesmo dentro das dificuldades que Ele nos permite passar para nosso crescimento em diversas áreas que temos a necessidade de crescer. Um pai que cuida de seu filho não dá tudo que o filho quer, mas busca dar tudo que o filho precisa, ainda que o filho não goste.

Leia também: 3 bênçãos grandiosas que Deus nos dá através das dores que passamos

(3) É um grande erro acharmos que podemos comprar as bênçãos de Deus dando dízimos, ofertando ou mesmo sendo obedientes as leis de Deus com o objetivo de extrair de Deus alguma bênção. Mas é verdade também que Deus abençoa aqueles que obedecem a Sua vontade de coração, que não são avarentos, que abrem as mãos ao necessitado e agem como Ele deseja. Deus sempre abençoa a obediência.

(4) No entanto, essa coisas boas que podemos fazer não podem de forma alguma nos levar a pensar que por conta delas Deus passe a ser um devedor de bênção a nós. Ou seja, achar em nosso coração que podemos fazer algo e isso que fazemos gere em Deus a obrigatoriedade de nos abençoar como desejamos. Tal pensamento fere completamente o ensino bíblico sobre a graça e a soberania de Deus. Quando fazemos algum bem é sempre porque Deus já nos abençoou e já nos deu forças para fazê-lo.

(5) Muitas pessoas não têm vidas financeiras equilibradas, não porque não são abençoadas por Deus nessa área, mas porque são gastonas, desequilibradas financeiramente, assumem dívidas sem planejamento, são compulsivas nas compras de supérfluos, etc. Existem também aquelas que colhem uma vida financeira ruim porque não são esforçadas nos seus trabalhos, fogem dos estudos e não buscam as oportunidades com unhas e dentes. A bênção de Deus de forma nenhuma nos exime da nossa responsabilidade de fazer a nossa parte. Ter uma vida financeira abençoada não depende de Deus simplesmente estalar os dedos e fazer uma mágica. Nós devemos também fazer a nossa parte para buscar a saúde financeira.

(6) Assim, cara leitora, penso que seja importante que você avalie com muito temor e tremor o que pode estar acontecendo com sua vida financeira: você é desequilibrada nos gastos? Ou às vezes ficou desempregada e as contas acumularam? Ou você sempre ofertou na obra de Deus esperando algo em troca da parte Dele como se Ele tivesse a obrigação de te dar? Ou você é muito exigente e não está feliz com aquilo que tem, e que, na realidade, é o suficiente para as suas necessidades, mas você quer mais? É muito importante que essa análise seja feita, pois muitas crises financeiras, na realidade, são plantadas por nós mesmos e de forma alguma apontam para um Deus que não está abençoando, antes, apontam para um desequilíbrio, onde podemos ter culpa ou não. Mas o fato é que Deus nunca deixa de nos abençoar com o necessário quando somos servos fieis a Ele e quando temos um pensamento correto sobre nossa obediência à Sua Palavra: "como está escrito: “Quem tinha recolhido muito não teve demais, e não faltou a quem tinha recolhido pouco” (2 Coríntios 8:15).

O post Por que sou fiel nos dízimos e Deus não me abençoa financeiramente? apareceu primeiro em Esboçando Ideias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário