BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

terça-feira, 23 de maio de 2017

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS


10 motivos para orar pela minha esposa

Posted: 22 May 2017 08:00 PM PDT




Nossa fome por Deus não deve se limitar aos nossos armários. Quanto mais o conhecemos e mais nos deleitamos em tudo o que ele é para nós em Jesus, mais nossa alegria nele ultrapassa nossa experiência pessoal e busca reproduzir isso em outros.
Uma das maneiras mais simples em que percebemos isso é quando levamos a oração a sério – buscando e pedindo as mesmas coisas que buscamos pedir para nós mesmos.
É uma coisa linda – um milagre – quando investimos na santificação do outro tanto quanto investimos na nossa. E, é claro, o melhor lugar para começar são nossas esposas.
Então, homens, aqui estão dez motivos de oração pelas suas esposas:
1. Deus, seja o Deus dela – o tesouro que a satisfaz completamente e o seu tudo. Faça-a desejar pela Tua supremacia exclusiva em todas as suas afeições (Salmos 73:24-25).
2. Aumenta a sua fé – dê a ela uma confiança tão sólida como uma rocha de que o Teu incomparável poder é somente e sempre exercido para o bem absoluto dela em Cristo (Romanos 8: 28–30).
3. Intensifica a sua alegria – uma alegria em Ti que abandone tudo pelas riquezas da tua graça em Jesus e que diz firmemente, claramente e alegremente: "Eu irei para qualquer lugar e farei qualquer coisa se Tu estiveres lá" (Êxodo 33: 14-15).
4. Suaviza o coração dela – resgata-a do cinismo e a faz sensível a tua presença nos mais
complicados detalhes de fraldas sujas e na multidão de outras necessidades que Tu a chamaste para atender (Hebreus 1:3).

5. Faz com que ela valorize a tua igreja – constrói relacionamentos dentro da vida dela que a desafiem e a encorajem a andar nos passos da verdade do evangelho, e faz com que ela ame
reuniões congregacionais, a mesa do Senhor, e a vida cotidiana do Corpo (Marcos 3:35).
6. Dá a ela sabedoria – faz com que ela veja dimensões de realidade que eu negligenciaria e a
companha a visão dela com um espírito manso e tranquilo que se sente seguro e celebrado (I Pe. 3:4).
7. Mantém a sua saúde – continua a declarar teu dom da saúde e nos guarda da presunção; é uma graça comprada pelo sangue (Salmo 139:14).
8. Multiplica a sua influência – encoraja e aprofunda o impacto que ela tem sobre as nossas crianças. Dá a ela doces vislumbres desses frutos. Derrama nela amor pelos nossos vizinhos e desperta formas criativas de engajá-los pela causa de Cristo.
9. Faz com que ela ouça a tua voz – para que ela leia a Bíblia e a aceite como ela realmente é, a tua Palavra… tua própria Palavra para ela onde quer que ela viva, cheia de graça, poder e tudo que ela precisa saber a respeito da vida e da piedade (2 Pedro 1:3).
10. Transborda-a com Jesus – que ela seja unida a ele, que ela seja uma nova criatura nele, que ela seja tua filha nele… Não mais em Adão e morta em pecado; mas, agora, em Cristo e viva para Ti,
para sempre (Romanos 6:11).
Por Jonathan Parnell © 2013 Desiring God. Website: pt.desiringgod.org. Orignial: 10 Things to
Pray for Your Wife. Tradução: Hélio Sales. Website:www.revistareformada.blogspot.com.br
e, NÃO SE ESQUEÇA, disso: "O que acha uma esposa acha o bem, e alcançou a benevolência do Senhor." (Provérbios 18:22).

Descaracterização do Plano Salvífico

Posted: 22 May 2017 09:12 AM PDT


"E vestiram-no de púrpura, e tecendo uma coroa de espinhos, lha puseram na cabeça." Marcos 15:17

"Dizendo: Profetiza-nos, Cristo, quem é o que te bateu?" Mateus 26:68

Recentemente fizemos um prazeroso estudo sobre a descaracterização do projeto salvífico, imposto pelo adversário; foi de uma riqueza singular.
Quantas revelações novas foram alcançadas, o quanto fomos edificados.

  1. Nesta singela contribuição também adicionaremos algumas considerações.

A nossa perspectiva parte do seguinte princípio: considerando que a igreja é Corpo de Cristo, essas três ações cometidas contra o Senhor Jesus se repetem nos dias de hoje; observe.

"E vestiram-no de púrpura"
Retirar as vestes (Sacerdote Eterno) e colocarvestes de púrpura, tem para nós um grande ensino.

Somos sacerdotes, temos o direito de entrar no santuário do Deus vivo!
Todas as vezes que surge novidades que nos afasta deste ofício, saiba que a vergonha está às portas. O crente que não exerce seu sacerdócio vive de escárnio, o adversário não tem pena; jamais viva das experiências alheias. A verdadeira assistência vem do alto; o motivo de termos tantos "crentes" doentes em nosso meio é a incapacidade que os líderes tem de levar o povo a Cristo, se colocam como cristos aprisionando as mentes em suas próprias concepções.

Meu irmão, você não depende de homens, busque ao Senhor de todo seu coração que certamente eLe te atenderá.

"E tecendo uma coroa de espinhos"
Outro grande e terrível problema que tem acontecido com as mentes desta última hora é os espinhos doutrinários impregnando as mentes. O Evangelho Eterno tem sido deixado de lado, e a moda hoje é difamar a denominação alheia insinuando ser integrante da religião perfeita.
A pregação da Palavra foi substituída pela defesa dos dogmas, da placa, idolatrando suas instituições de uma forma tão terrível que são capazes de delirar dizendo: _Somos a igreja de Paulo!
Orgulho denominacional é o espinho que fere o Cabeça (Cristo).

"Profetiza-nos, Cristo, quem é o que te bateu?"
A profecia é um dos elementos eternos, cabe a igreja zelar. Existe um equilíbrio entre ocessacionismo e a ridicularização do profético.
A profecia abrange desde os dons espirituais até a revelação da Palavra.

Pontos de vista e indiretas não são dons espirituais!
Não há Revelações em textos fora de contexto!

Preguiça não é simplicidade!
Homens de frente voltados aos deleites dessa vida, não estudam, não pesquisam, e ainda são tidos como homens simples. Que miséria em?

Havia este jogo na época, vendava-se os olhos do condenado e ao ser espancado, tinha que adivinhar quem o tinha batido; e fizeram-no com o Senhor. A sua vida na presença de Deus não é um jogo. A igreja vive um momento especial, não vamos deixar que este mundo impulsionado pelo maligno roube nossa identidade como Corpo de Cristo!

Issacar é jumento de fortes ossos

Posted: 21 May 2017 11:16 PM PDT


Gênesis 49: 14, 15

"Issacar é jumento de fortes ossos, deitado entre dois fardos. Viu ele que o descanso era bom, e que a terra era agradável. Sujeitou os seus ombros à carga e entregou-se ao serviço forçado de um escravo."

INTRODUÇÃO

Quando o patriarca Jacó estava prestes a partir desta vida, chamou cada um dos seus doze filhos e lhes impôs as mãos, proferindo uma bênção para cada um deles. Podemos perceber que cada um recebeu sobre sua vida uma palavra profética.

Os filhos de Jacó representam, profeticamente, os filhos de Deus que ao longo do tempo, têm caminhado com a igreja. Cada um deles têm características que se identificam com os filhos de Jacó, e a palavra profética proferida para cada um deles está, de alguma forma, sobre a vida de cada um desses servos.

DESENVOLVIMENTO

vIssacar é jumento de fortes ossos, deitado entre dois fardos – Essa era a principal característica de Issacar, cujo nome significa "galardão". O jumento é um animal sem beleza ou aparência exterior, mas possui uma estrutura interior de muita resistência, capaz de suportar o peso de grandes cargas. Assim é o servo do Senhor que às vezes não apresenta nenhuma aparência de que é forte; exteriormente até parece frágil. Mas a sua estrutura interior, a sua estrutura espiritual, é capaz de suportar as responsabilidades da Obra e o peso das provações desta vida (os dois fardos). São servos e servas que humanamente falando não possuem nenhum recurso exterior, mas que quando oram e clamam ao Senhor, são capazes de realizar coisas admiráveis, que tornam a sua estrutura interior notória. Isto só é possível àquele que aprendeu a confiar e a descansar no Senhor; àquele que aprendeu a estar deitado entre os dois fardos, o fardo do Senhor (que é leve) e o fardo desta vida (que é pesado).

vViu ele que o descanso era bom, e que a terra era agradável - Para conduzir ambos os fardos, precisamos aprender quão bom é descansar no Senhor. Nenhum servo, por mais forte que pareça ser, pode realizar a Obra ou se conduzir nesta vida apoiado nos seus próprios meios. Se o fizer, logo vai fracassar. Mas se ele confiar no poder do Senhor e descansar na sua força, vencerá todas as batalhas e saltará sobre todas as barreiras que surgirem na sua frente. O servo que aprende a descansar no Senhor, também percebe quão agradável é a terra. Que terra? A Terra Prometida, a Jerusalém Celestial, a Eternidade, onde está o nosso verdadeiro descanso e paz.

CONCLUSÃO


vSujeitou os seus ombros à carga e entregou-se ao serviço forçado de um escravo – Todas as experiências que temos na Obra do Senhor, nos levam a abrir mão de nós mesmos, isto é, nós aprendemos a lição de Jó, que disse: "Com os ouvidos eu ouvira falar de ti; mas agora te vêem os meus olhos. Pelo que me abomino, e me arrependo no pó e na cinza." A experiência de Jó o levou a perceber a sua fragilidade humana e a entender quão Grandioso é o Senhor. Ao alcançar esse entendimento, ele se tornou forte, e adquiriu uma estrutura espiritual interior capaz de resistir aos embates da vida. O servo que se conscientiza da sua fraqueza, e aprende a descansar no Senhor, também passa a enxergar a eternidade. A partir daí, ele passa a entender também, que esta vida só vale a pena ser vivida se for no serviço do Senhor. Então ele sujeita os seus ombros à carga, e passa a realizar a Obra do Senhor como um escravo que não tem vontade própria, totalmente subordinado ao seu Senhor, que o comprou por alto preço. Ele pagou o elevado preço do nosso resgate e nos livrou da cruel escravidão do mundo e do pecado, por isso nós o servimos por amor, porque somos seus eternos devedores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário