BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

sábado, 29 de abril de 2017

Deus usa pessoas com problemas

 Texto: Mateus 8.5-13
Introdução: Ninguém gosta de pessoas com problemas, concorda? Apesar de nós mesmos termos os nossos problemas, queremos nos cercar de pessoas que não sejam problemáticas. Tente colocar no seu currículo ou, numa entrevista de emprego, falar sobre suas limitações e problemas. Provavelmente você não conseguirá a vaga! Mas Deus é diferente! Ele sempre usou pessoas com problemas.
Vamos ler o texto de Mateus 8.5-13.
Jesus estava cercado de religiosos judeus que acreditavam que, só por serem hebreus, “filhos de Abraão”, já estavam salvos. Mas quando um centurião romano recebe a cura de um de seus servos, Jesus conclui afirmando que muitos gentios (não judeus) estarão à mesa com o Cordeiro, ao contrário de muitos assim considerados “filhos de Abraão”. Jesus usou aquele homem, que tinha um problema, para ensinar sobre o Reino de Deus e sobre fé.
Desse episódio aprendemos algumas lições preciosas:
1. O Senhor sempre investiu em quem tem problemas.
Deus sempre chamou e usou pessoas imperfeitas. Veja Moisés, Davi, Jacó, Jonas, Jeremias, Sansão, Pedro, Tomé, Marta, Paulo e tanto outros! Agora vinha um homem que nem era judeu trazendo um problema para Jesus. O Mestre, porém, resolve usar este homem com problemas para ensinar que fé e salvação não são herdados. Jesus mostrou que ele estava interessado em investir tempo indo até a casa do centurião, se ele tivesse aceitado. O mestre não estava interessado em multidões apenas, mas no indivíduo e indivíduo com problemas.
2. O Senhor espera que correspondamos com humildade ao seu investimento em nós.
O centurião era um comandante militar. Como um dos líderes dos invasores de Israel, a sua atitude de pedir algo para Jesus foi de extrema humildade. Às vezes, apesar só problemas, achamos que somos merecedores das bênçãos de Deus. Isso nunca será verdade. O centurião, além de pedir humildemente a cura do seu servo a Jesus, ele não se julga digno de recebê-lo em sua casa. Essa é o tipo de humildade que desencadeia a bênção!
3. O Senhor usa quem tem problemas para ensinar aos outros a Sua forma de agir com o ser humano.
O que Jesus fez ali fugiu à compreensão dos religiosos judeus ao seu redor. Ele deu atenção e se dispôs a ir à casa de um inimigo! Mas é essa a confrontação que Jesus sempre fez com os seus seguidores e os religiosos da época. Ao investir tempo, atenção, amor em alguém com um problema, Jesus ensinou que é assim que Deus age. Ele veio para aqueles que tem problemas!
4. O amor do Senhor para conosco é incondicional.
Na mente daqueles que viram aquela cena, as coisas fugiram ao seu conceito tradicional de amor divino. Para eles, Deus só amava o seu povo e quem era merecedor desse amor. Quando Jesus afirmou que aquele inimigo estrangeiro tinha mais fé que os seus próprios discípulos, Jesus mostrou o amor de Deus por todos, independentemente da sua origem. Deus mostra seu amor mesmo que nós não mereçamos. E não merecemos, mesmo! Não há nada que possamos fazer para sermos salvos a não ser crer em Jesus. E esse “crer” em Jesus não é nosso mérito. A salvação é pela graça e graça somente!
Conclusão: Não importa quantos e quais problemas você tenha na sua vida: Jesus pode e quer usar você. Não quero dizer que se deixar ser usado por Deus é sempre se tornar um missionário, um pastor ou alguém envolvido integralmente em um ministério eclesiástico. Você pode ser usado por Deus de muitas formas, testemunhando da salvação que Cristo nos deu. E o que é mais importante sobre ver o que Deus pode fazer com pessoas com problemas é a salvação imerecida. Jesus não morreu por aqueles que mereciam esse sacrifício: ele morreu por pecadores. Romanos 5.8 diz: “Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores”.
Com isso em mente, entregue a sua vida nas mãos de Deus e, apesar dos seus problemas, ele irá usar a sua vida de uma forma que você jamais imaginou! Amém!
Pr. Davi Liepkan
http://www.esbocosdesermoes.com/2013/03/deus-usa-pessoas-com-problemas.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário