BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS


Jesus trás fogo e dissensão à terra

Posted: 21 Feb 2017 07:00 PM PST



Lucas 12: 49-53 

INTRODUÇÃO


Quando o Senhor Jesus foi enviado pelo Pai para realizar a Obra de Salvação, teve que assumir a forma humana e ser um de nós. Além disso Jesus teve de se submeter às limitações e necessidades de qualquer homem, e assim, toda a sua glória e poder foram tolhidos no seu corpo físico.

Quanta angústia e sofrimento isso trouxe ao Senhor Jesus. No texto acima, Ele exprime seu profundo desejo de se libertar da "casca" na qual estava envolvido, e fala também das consequências que essa libertação traria sobre o mundo.


DESENVOLVIMENTO


Quando o Senhor falou do batismo com que seria batizado, não se referiu ao Jordão, mas à sua própria morte na cruz. Através dela, Ele seria liberto de todas as limitações e angústias humanas, para assumir e retomar novamente toda a sua glória, majestade e poder no céu e na terra – Mt 28: 18.

Sua libertação do corpo físico, através de sua morte, traria um fogo sobre a terra, isto é, seu Espírito Santo, que seria derramado para "queimar" os pecados de todo o mundo, transformando a muitos e separando-os para uma vida de santificação.

A Obra do Espírito no coração do homem causa uma divisão entre aquilo que ele era antes, seu modo de viver, seu mundo, e a vida nova que é criada no seu interior – II Co 5: 17. Por essa razão lares se dividem, os que crêem entram em conflito com os incrédulos, aqueles que têm vida lutam com os que não têm; tudo porque o espiritual não pode ser entendido pelo natural – Rm 2: 14, 15.

Quando o Espírito de Deus opera na vida de alguém, quebrando-a, a vida interior e espiritual, passa a fluir levando vida a outros, como o grão de trigo que, caindo na terra e morrendo, libera a vida interior  de maneira gloriosa e abundante – Jo 12: 24.

CONCLUSÃO


Logo que esta vida flui, a terra perde sua paz e começa a luta. Muitos serão divididos por causa daqueles que entenderam a Obra do Espírito, porque a diferença entre os que servem ao Senhor e aqueles que não servem é muito grande. Muitas dificuldades surgirão entre os que têm o Senhor e os que não têm, entre os que conhecem o Senhor e os que não conhecem, entre os que pagam um preço e aqueles que não pagam, entre aqueles que são fiéis e aqueles que são infiéis, entre os que aceitam as provações e os que as recusam.

Dessa forma se entende porque pessoas que se amam, como pais e filhos, de repente se tornam como inimigos. Esposas se levantam contra seus maridos, sogras contra suas noras e assim por diante. Tudo porque o Espírito Santo nos leva a uma nova vida, que muitas vezes não é entendida nem compartilhada pelas outras pessoas – I Pe 4: 3, 4.



Nenhum comentário:

Postar um comentário