BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

sábado, 23 de julho de 2016

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS


Transfusões de sangue

Posted: 22 Jul 2016 08:00 PM PDT




Vamos analisar alguns pontos sobre isto?

1) Este versículo proíbe transfusões de sangue?
GÊNESIS 9.4 – A carne, porém, com sua vida, isto é, com seu sangue, não comereis.

A MÁ INTERPRETAÇÃO: As Testemunhas de Jeová acreditam que esse verso proíba as transfusões de sangue. Alegam que uma transfusão sanguínea é o mesmo que comer sangue, porque é algo muito semelhante ao processo de alimentação intravenosa.

Leia também: O Leite Materno, o Sangue e as Testemunhas de Jeová

CORRIGINDO A MÁ INTERPRETAÇÃO: Enquanto é verdade que Gênesis 9.4 proíbe "comer" sangue, uma transfusão não consiste em "comer" sangue. Apesar de um médico, ao dar alimentação a um paciente de modo intravenosos, chamar essa operação de "alimentação", simplesmente não significa que o procedimento de dar sangue de forma intravenosa se constitua em "alimentação". O sangue não é recebido pelo organismo como "comida'. Comer é o ato literal de colocar a comida para dentro do organismo de modo normal, através da boca, e consequentemente para o sistema digestivo. É costume referir-se a injeções intravenosas como "alimentação" pois o resultado final é que, através de injeções intravenosas, o corpo recebe os nutrientes que normalmente receberia através do ato de comer. Em vista disso, Gênesis 9.4 e outras passagens relacionadas à proibição de comer sangue não podem ser usadas como suporte à proibição de transfusões de sangue. Uma transfusão simplesmente reabastece o corpo com um fluido essencial, que dá sustento à vida.

2) Esta passagem proíbe uma pessoa de sofrer uma transfusão de sangue?
A MÁ INTERPRETAÇÃO: Levítico 17.11-12 diz: "Porque a vida (alma) de carne está no sangue, pelo que vô-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pela vossa alma, porquanto é o sangue que fará expiação pela alma. Portanto, tenho dito aos filhos de Israel: Nenhuma alma dentre vós comerá sangue, nem o estrangeiro que peregrine entre vós comerá sangue". As testemunhas de Jeová acreditam que esse é outro verso que proíbe transfusões de sangue.

CORRIGINDO Á MÁ INTERPRETAÇÃO: A proibição aqui é primariamente dirigida ao ato de comer carne que ainda estiver pulsando com vida, devido ao sangue da vida ainda estar nela. A transfusão de sangue não envolve o ato de comer carne que ainda contenha em si o sangue que lhe confere vida. Daí, transfusões de sangue não violam Lv 17.

3) Esta passagem indica que receber uma transfusão de sangue é pecado?
ATOS 15.20 – Mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, da fornicação, do que é sufocado e do sangue.

A MÁ INTERPRETAÇÃO: As Testemunhas de Jeová dizem que esse verso prova que as transfusões de sangue são contrárias à vontade de Deus.

CORRIGINDO A MÁ INTERPRETAÇÃO: Essa passagem está falando sobre a restrição que havia no Antigo Testamento contra comer ou beber sangue (Gn 9.3-4; confira At 15.28,29). Contudo, uma transfusão de sangue não é "comer" ou "beber sangue".
As proibições em Gn 9.3, 4 e Levítico 17.10-12 foram primeiramente direcionadas ao ato de comer carne que ainda estivesse pulsando com a sua vida, pois o sangue da vida ainda estaria nela. Mas a transfusão de sangue não é o mesmo ato que comer carne que ainda contenha em si o sangue da vida.

Finalmente, a proibição em Atos não foi dada como uma lei através da qual os cristãos devessem viver, pois o Novo Testamento ensina claramente que não estamos mais sob uma lei ( Rm 6.14; Gl 4.8,31 ). Antes, o conselho de Jerusalém estava admoestando os cristãos gentios a que respeitassem os seus irmãos judeus observando essas práticas, e desse modo não causando escândalo "nem aos judeus, nem aos gregos, nem à igreja de Deus" (I Co 10.32).


Angêlo Dos Santos

Já dissera o sábio...

Posted: 22 Jul 2016 05:31 PM PDT


"Uma obra autêntica do Espírito de Deus produz uma transformação radical da natureza da alma individual, que irá manifestar-se em uma conduta e em práticas inteiramente novas, revelando progressivamente a própria imagem de Cristo implantada no crente" Jonathan Edwards

O Leite Materno, o Sangue e as Testemunhas de Jeová

Posted: 22 Jul 2016 01:00 PM PDT


Colleen Ralson

No seu livro intitulado Jehovah's Witnesses and Blood Transfusions [As Testemunhas de Jeová e as Transfusões de Sangue], Jerry Bergman diz que a primeira condenação directa das transfusões de sangue que as TJ fizeram nas suas publicações foi em 22 de Dezembro de 1943, ao falarem das imunizações (p.14). Mais tarde, a Watchtower [Sentinela] de 1.º de Dezembro de 1944 radicalizou a sua posição com proibições contra comer sangue ou aceitar transfusões de sangue (ibid, p.14). Nos anos seguintes as declarações da Sociedade para as Testemunhas tornaram-se cada vez mais fortes e mais específicas, até que em 1961 decidiu-se desassociar TJ que aceitassem uma transfusão de sangue (ibid, p.17).

Esta posição das TJ contra as transfusões de sangue ainda se mantém hoje, e elas preferem morrer em vez de aceitarem uma transfusão de sangue para si mesmas ou para os seus filhos. Já foi trazido à atenção das TJ que comer sangue não é o mesmo que aceitar uma transfusão de sangue pois estão envolvidos dois sistemas distintos do corpo, o sistema cardiovascular e o sistema digestivo. Mas de nada adiantou, as TJ continuam a dizer convictamente que aceitar uma transfusão é o mesmo que "comer" sangue.

Talvez devesse ser dito às TJ que uma consequência lógica da sua posição é que uma mãe que amamente o seu filho está a violar o mandamento de Jeová pois permite que o seu bebé "coma" sangue. Pouco depois do nascimento de uma criança, aproximadamente no segundo dia depois do parto, uma substância chamada colostrum [utilizamos aqui a designação inglesa, pois não sabemos ao certo o nome que a substância tem em português], um soro branco, é produzido pela mãe e transmitido ao bebé através do leite.

"A secreção do colostrum continua durante cerca de uma semana, com uma conversão gradual para leite maduro", (Williams Obstetrics, 15.ª edição, p.378).

"Anticorpos" e "outros factores de resistência do hospedeiro, bem como imunoglobinas, têm sido descritas no colostrum e no leite humano. Estes incluem componentes de complemento, macrophages, linfócitos, lactoferrin, lactoperoxidase e lysozyme" [mantemos as designações inglesas], (ibid, p.378; ênfase acrescentada).

O Taber's Cyclopedic Medical Dictionary [Dicionário Médico Enciclopédico de Taber] explica que um macrophage é uma célula do sistema reticuloendotelial do corpo, são as células móveis que têm a capacidade de ingerir matéria (bactérias, por exemplo) existente no corpo. Este grupo de células inclui também os monócitos, que se decompõem em leucócitos, que são glóbulos brancos!(pp. R25 e L20). [Nota: as TJ não aceitam glóbulos brancos!]

Taber diz ainda que um linfócitotambém é um corpúsculo branco do sangue... ["glóbulo branco" é talvez uma tradução mais acertada para "white blood corpuscle"] e que normalmente constitui cerca de 25-30 porcento de todos os glóbulos brancos", (ibid, p. L44; ênfase acrescentada).

Isto coloca as Testemunhas de Jeová perante um dilema:

Será que Jeová criaria o corpo humano de um modo tal que se uma mãe amamentar de forma natural o seu bebé recém nascido, ela está a fazê-lo "comer" sangue [especificamente: glóbulos brancos], que segundo a Sociedade diz, Jeová proíbe?

N. do T.: Raymond Franz, ex-membro do Corpo Governante das Testemunhas de Jeová, comentou este assunto no seu livro In Search of Christian Freedom [Em Busca de Liberdade Cristã], p.289. Ele escreveu:

A ausência de quaisquer bases morais ou lógicas para essa proibição é também vista no facto de o leite humano conter leucócitos, de facto, contém mais leucócitos do que se podem encontrar numa quantidade equivalente de sangue. O sangue contém cerca de 4.000 a 11.000 leucócitos por milímetro cúbico, enquanto o leite de uma mãe pode conter, durante os primeiros meses de aleitação, até 50.000 leucócitos por milímetro cúbico. Isto representa entre cinco e doze vezes mais do que a quantidade presente no sangue!9


9 The New Encyclopædia Britannica (A Nova Enciclopédia Britânica), Macropœdia, Vol. 15 (1987), página 135; J. H. Green, An Introduction to Human Physiology(Uma Introdução à Fisiologia Humana), 4.ª ed. (Oxford: Oxford University Press, 1976, página 16). Acerca da quantidade de leucócitos no leite humano, veja Armond S. Goldman, Anthony J. Ham Pong, e Randall M. Goldblum, "Host Defenses: Development and Maternal Contributions," Year Book of Pediatrics ("Defesas do Hospedeiro: Contribuições do Desenvolvimento e Maternais," Anuário de Pediatria; Chicago: Year Book Medical Publishers, Inc., 1985), página 87.

Igreja Corpo de Cristo...

Posted: 22 Jul 2016 09:44 AM PDT



"E comeram todos, e saciaram-se; e levantaram, do que lhes sobejou, doze alcofas de pedaços." Lucas 9:17

Introdução;
Qualquer povo que tem o Deus todo poderoso como Senhor, nota-se algo estupendo, maravilhoso!
"A vida é dada, e regida debaixo de milagres e maravilhas"
O texto nos mostra um povo que Jesus reúne, "segundo sua presciência" para registrar profeticamente como se dará o sustento do seus, após a Sua ascensão.

Desenvolvimento;
O milagre da vida eclesiástica está fundamentada nos;
5- Pães= Jesus
Ministério do Senhor Jesus pelo Seu Espírito
E...
2-Peixes= Homem
Igreja, Corpo, tirado do mundo...
Não há outra forma, é sine qua non...
O chamado, é da economia do Senhor, não compete ao Cronos definir esta data, somente a "Kairosfera eternal"
Sobejou (12) cestos cheios de pedaços...

Engana-se quem diz que a era apostólica cessou no reconhecimento do câno neotestamentário.
Com a igreja primitiva iniciou-se a noite profética, corroborando com o plano salvífico, e a igreja da última hora, a finda com os mesmos ensinos abordados pelo Mestre.

Conclusão;

A igreja é imutável, não cabe emendas, nossa segurança consiste em atentarmos para esta tão grande e solida Salvação.

Grupo Teologia Em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário