BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

segunda-feira, 27 de junho de 2016

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS


O toque no manto

Posted: 26 Jun 2016 08:32 PM PDT

Marcos 5:30
No mesmo momento, ao sentir que seu interior fora liberado poder, Jesus virando-se em meio à multidão, inquiriu: "Que tocou no meu manto?"

A palavra grega aqui traduzida como "poder" é dunamis, o termo mais usado para designar "milagre" e significa o poder sobrenatural e pessoal de Deus . Curiosamente, o termo grego, usado por Jesus, está no feminino, indicando assim que o SENHOR tinha conhecimento de "que" o tocará, porém, desejava que a mulher testemunhasse e solidificasse sua fé em Deus. Embora a cura tivesse sido importante (como sempre é), Jesus fez uso de um jogo de palavras para revelar claramente ao coração daquela mulher que ainda mais importante do que a saúde física é a salvação eterna da alma, e por isso escolheu a Palavra "salvou" (vs.34), conforme o original em grego sevswkevn.

Wallace Oliveira Cruz

Graça transformadora

Posted: 26 Jun 2016 09:26 AM PDT

"Tirou-me dum lago horrível, dum charco de lodo, pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos." Salmos 40:2

Introdução;
Como já vimos no texto acima, o salmista relata acerca de uma mudança na qual o Senhor fez a parti de um espaço de tempo,(esperei).
Veremos no decorrer do texto a mudança segundo o que vivemos hoje como igreja.

Desenvolvimento;
A palavra de Deus trabalhada "somente" de forma explicativa, é concebível a aplicação da clássica hermenêutica "bíblica"; e quando isto se aplica, a proliferação de conceitos exegeticos abarrotam o meio eclesiástico de tal forma, que a polissemia textual se encarrega de gerar novas heresias.
Diferentemente da "Semântica Espiritual da Palavra".
Distinguindo entre a graça na letra, e a Graça na Revelação;
 Exemplo;
O Senhor diz que Paulo seria um vaso em suas mãos...
Posteriormente Paulo diz aos irmãos da Galácia;
"Trago no meu corpo as marcas de Cristo"
1°)É óbvio que o Oleiro deixa suas impressões digitais no vaso;
2°)Mas também é evidente que as cicatrizes do chicotes no corpo de Paulo eram visíveis como as de Cristo.
E agora quais das duas considerações estão certas?
Na razão quem olhava para Paulo poderia deduzir a parti de seus ferimentos...
Há algum problema nisto?
Absolutamente! Só que o enaltecimento estaria em Paulo, e não em Cristo... Vê o tamanho do prejuízo.
A revelação contrasta isto de forma gloriosa;
Cristo trabalhando o vaso, o ministério é de Cristo e não de Paulo, o Oleiro é Cristo e Paulo é o vaso!
A explicação bíblica é natural, mas a Revelação é espiritual; A Eleição, o chamado, e o processo de Santificação é espiritual.

Voltamos ao texto;

1°) Cenário
"Lago horrível, dum charco de lodo"
Lago que a havia água parada a muito tempo, e por isso acumulou lodo...
O Senhor Deus tirou o homem de um ambiente estático e apodrecido...
Horrível por ser um estado de morte...
Palavras(água parada) que não transformam...
Pisar no lodo é a caminhada insegura e suja...

2°) Cenário
"Pôs os meus pés sobre uma rocha"
Os pés sobre "Uma" Rocha indica a busca constante por uma unidade, uma Obra, um só Corpo, um só Espírito...
Pés sobre a Rocha aponta Jesus como base, alicerce espiritual; todos os passos serão sobre á direção deLe...

Conclusão;
Esta é a mudança fruto da Graça que o Senhor derramou, basta permanecemos nela.

Grupo: Obreiros & Obreiros

Abundante graça

Posted: 26 Jun 2016 09:27 AM PDT

"Porque o mandamento é lâmpada, e a lei é luz; e as repreensões da correção são o caminho da vida," Provérbios 6:23

Introdução;
A palavra de Deus é como um lago extenso, porém cognoscível.
Na superficialidade ocorrem afogamentos , diferentemente acontece que mergulha com a oxigenação do Espírito; sua raiz etimológica do Latim "spiritus", significando "respiração" ou " sopro",
 A extensão do lago pode ser vista de fora, mas conhece-lo na sua profundidade é necessário entrar de Corpo inteiro (igreja).
Feita esta ilustração entraremos um pouco neste imenso lago.

Desenvolvimento;

"Porque o mandamento é lâmpada"

Sabemos que a palavra é entrelaçada por um cordão de Escarlate, de três dobras, e quando o sábio diz; que o mandamento é o objeto(lâmpada) que emite luz; somos obrigados a rever os mandamentos, na sua essência obviamente.
Dentre os dez mandamentos;
Evangelhos...
Quatro estão direcionados para a atitude do homem para com Deus,

Homem...
E seis aponta a postura do homem para com o seu semelhante.
Observe a relação dos quatro primeiros mandamentos com os quatro evangelhos;

------------MATEUS=Leão----------

1º "Não terás outros deuses diante de mim."
Mateus escreve para os judeus, porque era necessário seu próprio povo reconhecer o Messias como Deus.

------------MARCOS, Servo-------

 2° "Não farás para ti imagem esculpida..."
Marcos apresenta Jesus aos romanos enfatizando que o Senhor (Deus, Espiritual) se fez;
servo(homem, matéria).
E o intuito da imagem esculpida sempre foi  endeusar algo que é material; a idolatria aos césares era um fato na época...

----LUCAS=Filho do homem---

3º "Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão."
Lucas escreve aos gregos, afim de liberta-los das vãs filosofias.
Vã, é a tentativa de entender Deus de forma filosófica, racional.

-------JOÃO, Filho de Deus------

4º "Lembra-te do dia do sábado, para o santificar."
João escreve para a igreja certificando que o seu descanso é Cristo.
A santificação consiste em descansar no que o Senhor revelar...

"E a lei é luz"

"PORQUE tendo a lei a sombra dos bens futuros...Hebreus 10:1
Impossível cumprir toda a lei sem a Luz.
A revelação é o que conduz o crente em meio as trevas desse mundo...

"E as repreensões da correção são o caminho da vida"

A revelação da Graça de Deus é simples distingui-la; ela confronta a natureza pecaminosa, repreendendo através do Sangue, purificando de cada pecado.
O Caminho da Vida é Jesus!

Conclusão;
Não há outra forma de alcançar a Graça de Deus em sua palavra, se a Luz não for o guia.

Grupo: Obreiros & Grupos

Graça vivificante

Posted: 26 Jun 2016 09:29 AM PDT

Jesus, a Graça Vivificante...

"Estou aflitíssimo; vivifica-me, ó SENHOR, segundo a tua palavra." Salmos 119:107

Introdução;
O salmo 119 provavelmente é fruto de um observador da lei, como Esdras, ou um sacerdote qualquer; não sabemos de fato, mas há quem diga que foi Esdras...
O importante é que todo aquele que observar a lei sem preconceitos, extrai a Graça de Deus.
E é justamente o ponto que iremos abordar neste belíssimo versículo.

Desenvolvimento;

"Estou aflitíssimo"
Este sentimento não parece familiar, quando olhamos para o mundo a nossa volta?
Não se trata de uma simples aflição, pois a intensidade que o salmista expressa nos leva a crê, que sua dor emerge da alma, é a mesma aflição pecaminosa que devasta a humanidade caída.

"Vivifica-me, ó SENHOR"
            (Chésed)
"O brado de socorro é compatível a intensidade da dor"
Paulo vai além...
"...mas, onde o pecado abundou, superabundou a ,Graça;" Romanos 5:20

Não nos resta mais dúvidas quanto ao grau dessa dor.
Ele pede "vida", e o antônimo de vida é morte.
É irrefregável a tese de que a aflição deste homem é de caráter mortífero.
O SENHOR que ele clama, responde e envia a VIDA na pessoa do Senhor Jesus.

 "Segundo a tua palavra"

Segundo o Verbo Vivo!
A palavra que nos salvou, que nos vivificou é a mesma que nos santifica hoje.

Conclusão;
A aflição que está neste mundo é a esperança da morte, mas Cristo hoje tem VIDA, e vida segundo a abundância de sua Graça.

Grupo: Obreiros & Obreiros

Posted: 26 Jun 2016 09:30 AM PDT

A pedra

Posted: 26 Jun 2016 10:33 AM PDT

Jesus, pois, comovendo-se outra vez, profundamente, foi ao sepulcro. E era uma gruta e tinha uma pedra posta sobre ela.

Disse Jesus:

- Tirai a pedra.

Marta, irmã do defunto, disse-lhe:

- Senhor, já cheira mal, porque está morto há quase quatro dias.

Respondeu-lhe Jesus:

- Não te disse que, se creres, verás a glória de Deus?


E ERA UMA GRUTA E TINHA UMA PEDRA POSTA SOBRE ELA.


Os sepulcros da época podiam ser grutas naturais, como a de Macpela, onde Abraão, Sara, Isaque, Rebeca, Jacó e Léia foram sepultados (Gn 49:31-33), ou cavernas escavadas na rocha, como era o túmulo do rico José de Arimatéia (Lc 23:53, Jo 19:41).


O funeral se dava assim: primeiro o cadáver era lavado e perfumado com uma mistura de mirra e aloés. Depois o rosto era envolto em lenços e o seu corpo todo era enrolado e amarrado com lençóis. Em seguida transportavam o cadáver até a gruta e o depositavam em um leito de pedra, esculpido no chão. Não era costume cobrir o defunto com terra, nem o trancar em caixões ou gavetas de cimento.i

Os familiares, ainda no interior da gruta, se despediam do morto, saíam e fechavam a entrada com uma grande pedra redonda (Mt 27:60). Esta pedra – parecida com uma enorme roda – corria sobre canaletas no chão, para facilitar as visitas dos familiares que, periodicamente, retornavam ao sepulcro. Nessas visitas, eles rolavam a pedra para o lado e entravam na gruta para rever o falecido e lançar mais perfumes sobre o cadáver.


TIRAI A PEDRA. Jesus poderia ter dado Ordem à pedra para que rolasse sozinha. E, com certeza, ela obedeceria. Afinal, um dia Ele tinha tido: "Se Tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: passa daqui para acolá, e ele há de passar. E nada vos será impossível" (Mt 17:20).


Esta seria a hora perfeita para Jesus demonstrar isso na prática e impressionar todos os que ali estavam. Se Ele tivesse dito "Pedra, saia daí!", a pedra teria obedecido. Por que Ele não fez isso? Porque ressuscitar o defunto é a parte Dele. A nossa é tirar a pedra. Quando Ele disse "tirai a pedra", é como se propusesse uma tarefa em conjunto: "Vamos ressuscitar o defunto?". E nós, feito crianças, responderíamos: "Vamos!". E Ele diria: "Então, vocês tiram a pedra e Eu levanto o morto". Deus quer fazer maravilhas, mas com a participação fervorosa de Suas criaturas!


SENHOR, JÁ CHEIRA MAL, PORQUE ESTÁ MORTO HÁ QUASE QUATRO DIAS. Marta se opõe à retirada da pedra. Jesus declara que, se ela crer, verá a glória de Deus. Afinal, só move a pedra a pessoa que tiver a fé do tamanho de um grão de mostarda. Se Marta não tivesse tirado a pedra, ainda que Jesus pudesse fazê-lo, não teria operado o Seu mais impressionante sinal: ressuscitar um cadáver de quatro dias, já apodrecido e cheio de vermes!



Nenhum comentário:

Postar um comentário