SEJA BENVINDO

Minha foto
Campinas, SP, Brazil
Sou servo do Senhor desde 2001, obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica, casado com Elisangela a 21 anos , pai de 2 filhos maravilhosos, sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular .Busco cada dia ter um relacionamento maior com Senhor e conhecer a sua vontade e levar esse conhecimento a outros.Desejo que as bençãos do Senhor venham ser transbordantes sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus.

DEVOCIONAL PARA HOJE

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Reflexões em 1 Coríntios - Não defraudar

 







 Pastor Sérgio Fernandes

1 Coríntios 7:5 - Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência.

Devido aos diversos benefícios da intimidade conjugal para o casal, ela deve ser ocorrer de forma regular e constante. Não é menos espiritual o casal que tem uma maior frequência de encontros sexuais do que aquele que, por motivo de oração ou consagração pessoal tem uma regularidade menor de relações. O assunto é tão sério que o apóstolo orienta ao casal para que não defraude um ao outro, isto é, esteja sempre acessível para evitar que o adversário venha os tentar.

A única possibilidade bíblica dada ao casal para interromper a atividade sexual regular é quando esse decide dedicar-se mais a oração. E, o texto bíblico é enfático: "por algum tempo", isto é, o casal deve estar ciente de quando o período começa e quando termina, para que o que deveria ser benção não se torne uma armadilha para que caiam em tentação por causa da contenção.

Que desfrutemos das bençãos matrimoniais com amor e com temor.

--------------------------------------

Siga-me no instagram @pastorserginho




Brade aleluia!

 NOSSO ANDAR DIÁRIO/NOSSO PÃO DIÁRIO
 
Brade aleluia!
Leitura: 1 Coríntios15:50-58
Onde está, ó morte, a tua vitória?… —1 Coríntios 15:55
Há alguns dias, vi meu velho amigo Beto pedalando vigorosamente uma bicicleta na academia de nossa vizinhança enquanto olhava para baixo encarando o monitor de pressão sanguínea em seu dedo.
"O que você está fazendo?", perguntei.
"Olhando para ver se estou vivo", ele resmungou.
"O que você faria se visse que está morto?", repliquei.
"Gritaria aleluia", ele respondeu com um sorriso radiante.
Com o passar dos anos, tive a oportunidade de ver a grande força interior do Beto: sua resistência diante da decadência física e do desconforto, sua fé e esperança conforme ele se aproxima do fim de sua jornada na vida. Realmente ele não só encontrou esperança, mas a morte perdeu o poder de oprimi-lo.
Quem consegue encontrar paz e esperança — até mesmo alegria — na morte? Apenas aqueles que estão unidos pela fé ao Deus da eternidade e que sabem que têm a vida eterna (1 Coríntios 15:52,54). Para aqueles que têm esta certeza, como meu amigo Beto, a morte perdeu o seu terror. Eles podem falar com grande alegria sobre ver Cristo face a face!
Por que ter medo da morte? Por que não se alegrar? Como o poeta John Donne (1572–1631) escreveu, "Após curto sono, acorda eterno o que jaz."
—DHR
Para o cristão, morrer é a última sombra da noite terrena antes da alvorada celestial.

 

O INCÔMODO DA ANSIEDADE

 

by salmo37

Ansiedade é a preocupação demasiada com as necessidades primárias e as secundárias, as necessidades básicas e as supérfluas, as necessidades reais e as imaginárias

Se constante e prolongada, a ansiedade pode levar o ansioso a adquirir úlcera, colite, asma, doenças do coração e outros distúrbios orgânicos. Mas, quando não mistura os problemas de ontem com os problemas de hoje nem os problemas de hoje com os problemas de amanhã, o não ansioso, então, em paz se deita e logo pega no sono (Sl 4.8).

Fazer tempestade em copo d'água é muito mais comum do que se pensa. Das 5.318 mulheres entrevistadas pela revista "Saúde" em 2013, quase um quarto (21%) sente ansiedade. Outras estão estressadas (14%), apresentam fadiga (12%), deitam e não conseguem dormir (7%) e vivem tristes (6%). Quais desses cinco diferentes estados emocionais incomodam mais? [...]

"Mas eu, quando estiver com medo, confiarei em ti" ensina o Salmo 56. Ao confiar Naquele que merece toda confiança, relaxamos! Dormiremos tranquilos, sorriremos mais, consequentemente, assustaremos muitas enfermidades e assumiremos uma vida mais leve.

DEUS é bom! DEUS é amor! DEUS é poder! E ELE te ama.

Portal Ultimato 


http://salmo37.wordpress.com/2014/04/23/o-incomodo-da-ansiedade/