BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

domingo, 7 de maio de 2017

6 Mães Cristãs Famosas


6 Mães Cristãs Famosas
As mães sempre desempenharam um papel vital em nossas vidas, e o Dia das Mães é uma grande oportunidade de lembrar, homenagear e agradecer as mamães. Ao longo dos séculos, as mães receberam trabalhos de grande fé.

Joquebede, a mãe de Moisés

Joquebede era mulher de Anrão e mãe de Moisés. Nós aprendemos mais sobre ela em Êxodo 2. Faraó ordenou que matasse todos os meninos hebreus recém nascidos. As mulheres temiam mais a Deus e Moisés nasceu de qualquer maneira. As mães e pais muitas vezes temem sobre o futuro de seus filhos.

Imagine o medo de Joquebede! Moisés nasceu em um mundo super hostil. Eventualmente, ela colocou seu bebê em um cesto e o deixou o flutuar rio abaixo. Ele foi encontrado pela filha de Faraó e poupado. Quem sabe se Joquebede não o colocou no rio estrategicamente perto da filha do Faraó?
No entanto, seu coração se entristeceu quando ele flutuou para longe dela. A filha de Faraó viu uma bela criança e precisava de alguém para cuidar dele. Joquebede foi a mulher contratada para realizar essa tarefa. Moisés foi ensinado sobre Deus durante este tempo.

Não importa quão hostil o ambiente; uma mulher piedosa pode ensinar seus filhos sobre Deus.

Ana, a mãe de Samuel

Ana era a mulher de Elcana, mas era estéril, 1 Samuel 1. Ela orou a Deus por um filho.

"e fez um voto, dizendo: Ó Senhor dos exércitos! se deveras atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva não te esqueceres, mas lhe deres um filho varão, ao Senhor o darei por todos os dias da sua vida, e pela sua cabeça não passará navalha" (1 Samuel 1:11).

Esta mulher dedicou seu filho ao Senhor. Depois que ele cresceu, ela o desmamou e o levou para Eli. Não há uma idade definida, no entanto, sabemos que esta criança era muito nova. "E sua mãe lhe fazia de ano em ano uma túnica pequena, e lha trazia quando com seu marido subia para oferecer o sacrifício anual" (1 Samuel 2:19).

Sara, a mãe de Isaque

A mudança do nome de Sara foi mais do que uma brincadeira com palavras. Sara significava mãe de nações. Toda vez que alguém chamava Sara ou a qualquer momento que ela se apresentava a alguém; estava fazendo uma declaração de fé, sendo chamada de mãe de muitas nações, mesmo antes de ter um filho. A essa altura já tinha 90 anos.

Gênesis 18:10 "E um deles lhe disse: certamente tornarei a ti no ano vindouro; e eis que Sara tua mulher terá um filho. E Sara estava escutando à porta da tenda, que estava atrás dele".
Sara finalmente deu à luz a Isaque.

Maria, a mãe de Jesus

Maria, mãe de Jesus, ainda que virgem e prometida a casar-se com José, estava grávida. Não foi perguntada como ela se sentia sobre esta situação.

Deus escolheu Maria e ela teve que aceitar o que aconteceu.

Isto estava ocorrendo em uma época onde as jovens mulheres solteiras grávidas naquele tempo eram apedrejadas.

Ela ia dar à luz ao Salvador do mundo. Durante sua vida, ela conseguiu vê-lo crescer (Lucas 2:52), realizar milagres (João 2: 1-11), reunir grandes multidões (João 6) e a Palavra de Deus.

Eunice, a mãe de Timóteo

Loide era a mãe de Eunice, 2 Timóteo 1:5. Muitas vezes lemos sobre seu neto, Timóteo. Entretanto, a mãe de Timóteo era Eunice.

Sabemos também que o pai de Timóteo era gentio, Atos 16:1. Também sabemos que Timóteo aprendeu as Sagradas Escrituras enquanto crescia, "e que desde a infância sabes as sagradas letras" (2 Timóteo 3:15a). Loide e Eunice trabalharam como uma equipe no ensino de Timóteo.

Talvez uma das mães mais famosas da história cristã...

É a mãe Monica de Hipona. Ela era a mãe de Agostinho de Hipona, nasceu no norte da África, em Tagaste. Monica casou-se com um homem pagão não-cristão que era muito violento. Ela constantemente orava por ele e ele finalmente se tornou um cristão.

Quando seu filho mais velho Agostinho de Hipona partiu para estudar em Cartago, ele entrou em uma vida de maniqueísmo (uma forma de budismo). Mais tarde, ela foi ver um santo bispo que a consolou com as agora famosas palavras "o filho dessas lágrimas nunca perecerá".

Ela orou com lágrimas pesadas por sete anos consecutivos até que Agostinho eventualmente se converteu ao cristianismo. Ele não só se tornou cristão, como ele estudou para se tornar um padre e escreveu muitos livros famosos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário