BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

quarta-feira, 22 de março de 2017

[Reflexoes] #1# Como Poderão Comprar Sorvete?


Para Refletir...(23/03/17) - Como Poderão Comprar Sorvete?

"... quem há de ir por nós?" (Isaías 6:8).


Gino chegou em casa com um largo sorriso no rosto. "Mamãe",
gritou ele, "veja o que ganhei por ajudar D. Maria a limpar
o quintal" Em sua mão ele balançava uma nota de 10 Reais.
"Que bom", disse a mãe, feliz por ele já estar valorizando o
trabalho ainda bem jovem. "E o que vai fazer com seu
dinheiro?" perguntou a mãe. "Vou comprar um sorvete com a
metade e o resto eu guardarei para dar para missões na
igreja. Muitas crianças, como eu, filhas de missionários,
não têm dinheiro para comprar sorvete. Pelo menos ajudarei a
uma delas."


Como está o nosso envolvimento com missões? O que pensamos
das famílias que deixam suas casas e, às vezes, seu país, e
não têm dinheiro para comprar um brinquedo, um sorvete, ou
qualquer outra coisa para suas casas. As necessidades não se
resumem a despesas do trabalho. Há necessidades pessoais,
cuidados com filhos, tudo que qualquer outra família
necessita. Afinal, estão servindo ao Senhor e merecem uma
vida digna e agradável. O Senhor abre a janela dos Céus para
os que ofertam e também para os que trabalham integralmente
em Sua obra.


Missionários proclamam o Evangelho, compartilham a fé,
estendem a mão para ajudar. Mas não é apenas isso! Os
missionários também gastam com mercado, com aluguel, com
serviços essenciais, com roupas, com remédios. Eles não têm
um lugar onde receber tudo isso gratuitamente.


Precisamos amar a Deus, amando nossos missionários, suas
esposas, seus filhos. Eles nos representam no campo, passam
aflições em nosso lugar, enfrentam perigos para que possamos
ficar confortavelmente em nossas igrejas.


Gostamos de ler: "Quem há de ir por nós". Precisamos ir com
eles em oração, em mensagens de motivação, em ofertas para
que sustentem suas casas.


Como os filhos dos missionários poderão comprar um sorvete?
E como os missionários poderão suprir as necessidades de
toda a família? Pensemos nisso... façamos nossa parte.


* * * * * * * * * *

*****
Caso tenha um amigo que deseja receber as reflexões diárias
e não participar de listas, basta clicar no link indicado
no final e assinar a lista de envio de apenas uma mensagem
diária.
*****

Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet! Visite minha homepage:
Ministério Para Refletir

Você deseja apoiar esse Ministério? Clique aqui

Assine a Lista de Reflexões
Caso você deseje receber as reflexões diárias diretamente em sua mailbox, apenas clique abaixo e coloque seu nome e email.
inscrever@ministeriopararefletir.com.br

Caso queira sair da lista Reflexões, apenas clique abaixo e coloque seu nome e email.
sair@ministeriopararefletir.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário