BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

quarta-feira, 15 de março de 2017

Esboço de Sermão

Esboço de Sermão


Através de muitas tribulações - Parte 4: Perseguição

Posted: 14 Mar 2017 05:36 AM PDT

Através de muitas tribulações - Parte 4: Perseguição
Texto: Atos 14:22

Introdução: Paulo e Barnabé encorajaram os irmãos a permanecerem fiéis ao Senhor "através de muitas tribulações" para que eles pudessem alcançar a recompensa final do céu. Os tipos de tribulações que podemos enfrentar podem ser únicos para os cristãos ou comuns a todas as pessoas. Qualquer uma dessas tribulações poderia potencialmente descarrilar nossa fé e nos fazer perder a recompensa. Portanto, precisamos nos preparar para superar essas tribulações para alcançar o reino eterno. Este sermão focalizará o exemplo de Paulo e como ele enfrentou a perseguição.

1. A perseguição enfrentada por Paulo

A. Paulo sofreu como um criminoso (2 Timóteo 2:9) - ele suportou de boa vontade isto (2 Timóteo 2:10) por causa dos eleitos e para obter a salvação (deles e sua - 2 Timóteo 4:7-8)
B. Paulo enfrentou perseguição física por sua fé (2 Coríntios 11:23-25)
C. Paulo estava em perigo constante por causa de sua fé (2 Coríntios 11:26)
D. Paulo também sofreu ataques de falsos irmãos (2 Coríntios 11:26)

2. A perseguição da prisão e do abuso

A. Os cristãos serão perseguidos pela sua fé (2 Timóteo 3:12)
1) Não se surpreenda com isso (1 Pedro 4:12)
2) A perseguição pode assumir diferentes formas com diferentes graus de severidade, mas é uma realidade; o objetivo da perseguição é fazer com que os cristãos abandonem a fé
B. Por que a perseguição física é um desafio à nossa fé?
1) Por causa do desejo natural de evitar o sofrimento (Efésios 5: 28-29)
2) Porque tentamos nos concentrar no que podemos ver sobre o que não podemos ver (2 Pedro 3:3-4)
C. Como enfrentar a perseguição física e permanecer fiel?
1) Lembrando-se da recompensa por ser fiel até a morte (Apocalipse 2:10, 2 Coríntios 4:16-17)
2) Lembrando-se dos sofrimentos de Cristo e de tudo o que Ele suportou (Hebreus 12:3)

3. A ameaça constante de perigo

A. Porque a perseguição é uma certeza, a ameaça de perigo está sempre presente
B. Por que a ameaça de perseguição é um desafio à nossa fé?
1) Porque desejamos ter segurança (Gênesis 34:30, ver Mateus 24:43, Levítico 25:18)
2) Porque podemos ser intimidados a inércia (Provérbios 22:13)
C. Como viver sob a ameaça de perseguição e permanecer fiel?
1) Lembrando-se do que Deus é para nós (Romanos 8:31) e nós esmagadoramente conquistar por meio dele (Romanos 8:37)
2) Vestindo a armadura completa de Deus (Efésios 6:10-17)

4. A perseguição de falsos irmãos

A. Sabemos que a perseguição é inevitável
1) Infelizmente, às vezes é dirigida a nós de falsos irmãos
2) Aqueles que devem ser nossos aliados se voltaram contra nós (Gálatas 4:16)
B. Por que os ataques de falsos irmãos são um desafio à nossa fé?
1) Eles são muitas vezes inesperados; os irmãos devem ser um encorajamento para nós (1 Tessalonicenses 5:11)
2) Porque podemos estar despreparados para lidar com eles; nós vigiamos o diabo (1 Pedro 5:8), mas seus servos são muitas vezes disfarçados (2 Coríntios 11:14-15)
C. Como suportar a perseguição de falsos irmãos e permanecer fiel?
1) Lembrando-se que o Senhor está conosco (2 Timóteo 4:17-18)

Conclusão

A. O Senhor sabia que Paulo sofreria (Atos 9:16) - ele suportou tudo isso de boa vontade isto (2 Timóteo 2:10)
B. Nós enfrentaremos perseguição por nossa fé (2 Timóteo 3:12) - quando ela vier, não devemos nos envergonhar (1 Timóteo 1:8); devemos glorificar a Deus (1 Pedro 4:16) e alegrar-se (Atos 5:40-41)

Nenhum comentário:

Postar um comentário