BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Obras da carne






Gálatas 5.19-21
-Introdução: Faça uma experiência e coloque água e óleo em uma mesma vasilha, depois misture o máximo que puder. Por alguns segundos pode parecer que estarão se unindo, mas rapidamente se separam e ficam uma por baixo e outra por cima. Assim acontece com nossa carne e o espírito.
Muitas vezes não conseguimos entender esta mistura que há dentro de nós, ou discernir o que é espiritual do que é carnal (I Coríntios 2.14,15). Acontece uma verdadeira luta dentro de nós (Gálatas 5.16,17). Precisamos aprender a discernir o que é de nossa carne para rejeitar as suas obras (Gálatas 5.24,25).

Como são as obras da carne?

Vamos entender os tipos de obras da carne, organizadas em cinco grupos de coisas carnais: 
1-Obras de nível MORAL:
v.19 “prostituição, impurezas, lascívia”.
As três primeiras obras da carne citadas nesta lista são de natureza moral. Se referem à sensualidade (Oseias 4.10,11). Pecados sexuais são aceitos comumente no mundo de pecado. Parece que as pessoas são treinadas para aceitar viver uma vida de impureza.

O propósito do inimigo é sujar o nosso corpo porque devemos ser o “templo do Espírito” (I Coríntios 3.16). Por isso sabemos que devemos  “fugi da impureza. Qualquer outro pecado que uma pessoa cometer é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo” (I Coríntios 6.18). A lascívia é um desejo indecente e ilícito.
A imoralidade é uma obra da carne!

2- Obras de nível ESPIRITUAL

v.20 “idolatria, feitiçarias”.

O segundo tipo de obras da carne são de origem espiritual. A religiosidade do mundo se apega a coisas palpáveis, mas a verdadeira fé acredita no que é invisível (Hebreus 11.1). A Palavra de Deus revela que Deus não aceita a idolatria nem a feitiçaria (Apocalipse 21.8 e 22.15).

A idolatria está presente em quase todas as culturas, onde as pessoas fabricam imagens de escultura para adorar como seus deuses (Êxodo 20.4). A feitiçaria também é praticada de muitas maneiras, como forma de desejar o mal ao próximo e manipular pessoas através de recursos espirituais como simpatias e feitiços, coisas abomináveis a Deus (Deuteronômio 18.10).
A religiosidade do mundo é uma obra da carne!

3- Obras de nível TEMPERAMENTAL

v.20 “inimizades, porfias, ciúmes, iras”.
Um terceiro tipo das obras da carne são de natureza do temperamento humano. Cada pessoa tem uma forma de viver e reagir diante da vida, mas seu humor não pode se tornar pecaminosa ou prejudicial à nossa vida espiritual.
O cristão não pode ter inimigos por que deve perdoar o seu próximo como ensinou Jesus (Mateus 6.11) e sabe que seu único adversário é satanás (I Pedro 5.8). Também não pode ficar brigando ou se envolvendo em contendas com as pessoas, que é a porfia (Tiago 4.1). O ciúme é altamente prejudicial e o verdadeiro amor “não arde em ciúmes” (I Coríntios 13.4). A ira também é um descontrole de comportamento que não agrada a Deus que nos leva a pecar (Efésios 4.26).
O temperamento ‘destemperado’ se torna obra da carne!

4- Obras de nível RELACIONAL

v.20, 21ª “discórdias, dissensões, facções, invejas”.
O quarto tipo de obras da carne estão ligadas aos nossos relacionamentos com as pessoas. Como servos de Deus precisamos ter um testemunho de vida exemplar em nossos relacionamentos com as pessoas.
A discórdia é algo natural nas pessoas, pois cada um tem uma opinião, mas isso não pode ser maior do que nosso dever de amar ao próximo (Mateus 5.43,44). A dissenção é sinônimo de egoísmo, quando a pessoa não abre mão de sua vontade em favor do outro. As facções são partidarismos que dividem as pessoas. A inveja é desejar o que é de outra pessoa (Êxodo 20.17).
As obras da carne atrapalham os relacionamentos!

5- Obras de nível FÍSICO

v.21 “bebedices, glutonarias”.
A quinta e última forma das obras da carne se referem ao nosso corpo físico. A nossa carente tem desejos naturais como comer e beber, mas todo desequilíbrio, até nestas necessidades vitais, podem se tornar pecaminosas.
O primeiro pecado do ser humano foi com relação a algo para comer (Gênesis 3.6). A embriaguez tira grande parte da capacidade da pessoa e por isso não agrada a Deus. A gulodice também é um descontrole que prejudica a saúde. Não podemos nos permitir ser dominados por nada (I Coríntios 6.12), mas devemos buscar o fruto espiritual do“domínio próprio” (Gálatas 5.23).
O desequilíbrio alimentar é uma obra da carne!

Fortaleça-se espiritualmente!

-CONCLUSÃO“coisas semelhantes a estas...”
As obras da carne podem ser resumidas em tudo que é operado pela nossa natureza carnal. Outras coisas semelhantes são os vícios, as mentiras, a desonestidade, a violência, o roubo, a preguiça, etc.
O restante do versículo 23 traz algumas informações importantes:
O quê: “a respeito das quais eu vos declaro”, as coisas já referidas na listagem de obras da carne.
Quando: “como já, outrora vos preveni”, fomos avisados antecipadamente para saber o que é pecado.
Por quê“não herdarão o Reino de Deus”, estas coisas não agradam ao Senhor.
Quem: “os que tais coisas praticam”, pessoas que planejam premeditadamente o pecado.

Precisamos entender que tanto podemos alimentar nossa carne como fortalecer o espírito para que possamos vencer as obras carnais (Marcos 14.28).
Viva espiritualmente e vença os desejos carnais!

______________________________
Citações BíblicasBíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.


Nenhum comentário:

Postar um comentário