BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

[Reflexoes] #1# Você Vai Abrir A Porta?


Para Refletir...(26/01/17) - Você Vai Abrir A Porta?

"Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e
abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele,
comigo" (Apocalipse 3:20).


Dino era um jovem que não havia se comprometido totalmente
com o Senhor Jesus e com o Seu reino. Diziam que ele tinha
um pé lá e outro cá. Certo dia, um pregador convidado falou
sobre o Arrebatamento da Igreja e sobre o Juízo Final. Dino
foi tremendamente abalado pelo sermão, chorou muito e
decidiu ser um servo fiel a Deus. No dia seguinte, estava
novamente envolvido com os amigos do mundo e deixando Cristo
em segundo plano. Na realidade, tinha vivido somente uma
emoção passageira.


Muitos de nós, à semelhança de Dino, experimentamos emoções
que logo desaparecem. Dizemos que tivemos um encontro com o
Salvador, mas o vimos apenas de relance. Dizemos que Cristo
está em nossos corações, mas, Ele bateu à porta e esta não
foi aberta. Dizemos que Jesus é tudo para nós, mas, só nos
lembramos dEle quando nada mais temos a fazer.


Se está chovendo, não podemos ir ao culto porque o tempo não
está bom -- mas ignoramos essa mesma chuva quando vamos ver
nosso time de futebol jogar. Se está calor, não vamos ao
culto porque nossa igreja não tem ar refrigerado -- mas
saímos com os amigos para uma noitada em um lugar que é mais
quente que a igreja.


E a emoção que nos envolveu durante o sermão? E o regozijo
que vivenciamos quando fomos batizados? E a transformação de
que testificamos naquele culto especial? Onde estão essas
experiências que dizíamos marcantes? Tudo abandonamos por
uns minutos de prazeres enganosos?


Se queremos ser verdadeiramente felizes, Cristo tem de ser
nosso Senhor e Salvador, hoje, amanhã, em qualquer lugar e
situação... para sempre.


* * * * * * * * * *

*****
Caso tenha um amigo que deseja receber as reflexões diárias
e não participar de listas, basta clicar no link indicado
no final e assinar a lista de envio de apenas uma mensagem
diária.
*****

Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet! Visite minha homepage:
Ministério Para Refletir

Você deseja apoiar esse Ministério? Clique aqui

Assine a Lista de Reflexões
Caso você deseje receber as reflexões diárias diretamente em sua mailbox, apenas clique abaixo e coloque seu nome e email.
inscrever@ministeriopararefletir.com.br

Caso queira sair da lista Reflexões, apenas clique abaixo e coloque seu nome e email.
sair@ministeriopararefletir.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário