BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 24 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Devocionais Diários

Devocionais Diários


A Perspectiva Eterna

Posted: 30 Nov 2016 06:01 PM PST

"Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno." (2 Coríntios 4:18)

Quando jovem, você acha que certas coisas são sempre boas, enquanto outras coisas são sempre más. Por exemplo, o sucesso é sempre bom, e as dificuldades são sempre ruins. Mas quando mais velho, você olha para trás e percebe que o sucesso realmente pode ser ruim para algumas pessoas. E dificuldades, na verdade, podem ser boas para outras. Você começa a ver as coisas de forma diferente. E, às vezes, as coisas que você achava que eram realmente boas acabaram sendo ruins. E as coisas que você achava que eram ruins acabaram sendo boas.

Como cristãos, temos que perceber que Deus está no controle de todas as circunstâncias que cercam nossas vidas. Deus toma todos os acontecimentos da vida, as coisas boas e as chamadas coisas ruins, e trabalha "[...] em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito." (Romanos 8:28).

Também temos de perceber que Deus nos ama e está sempre olhando para o nosso eterno benefício, mesmo que o período pelo qual estamos passando seja difícil. Lemos em 2 Coríntios 4:17-18: "pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno."

Você é grato pelo que Deus lhe tem abençoado? Deu graças recentemente por sua saúde? Pela possibilidade de poder adorar livremente? Pelas roupas que veste e pelo teto sobre a sua cabeça? Precisamos dar graças a Deus porque há inúmeras coisas para agradecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário