BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

sábado, 31 de dezembro de 2016

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS


E outra geração se levantou, que não conhecia o Senhor...

Posted: 30 Dec 2016 06:00 PM PST


Juízes 2: 7-10 e 6: 11-13


INTRODUÇÃO

A Palavra do Senhor diz em Êxodo 33:11 – "Falava o Senhor a Moisés face a face, como qualquer fala a seu amigo; então, voltava Moisés para o arraial, porém o moço Josué, seu servidor, filho de Num, não se apartava da tenda".

Isso significa que Josué era um jovem que sempre estava ouvindo os segredos que o Senhor falava a Moisés. Ele sempre estava tomando conhecimento da Palavra do Senhor, das revelações e orientações que Ele dava ao seu povo. Foi assim que Josué cresceu, e mais tarde o Senhor o confirmou como sucessor de Moisés no comando do povo de Israel e na conquista de Canaã.

DESENVOLVIMENTO

Josué foi fiel ao Senhor todos os dias da sua vida, juntamente com toda a sua casa, mas a Palavra diz que, após a sua morte, outra geração após ele se levantou, que não conhecia o Senhor, nem tampouco a obra que fizera a Israel. Então, fizeram os filhos de Israel o que parecia mal aos olhos do Senhor; e serviram aos baalins.

O que aconteceu após a morte de Josué, foi que uma geração inteira falhou na transmissão da herança espiritual aos seus filhos. Uma geração inteira esteve tão envolvida com as lutas e batalhas, que não se preocupou em transmitir os ensinamentos a respeito do Senhor e das suas obras que fizera em Israel, apesar do Senhor haver dito: "Tão-somente guarda-te a ti mesmo e guarda bem a tua alma, que te não esqueças daquelas coisas que os teus olhos têm visto, e se não apartem do teu coração todos os dias da tua vida, e as farás saber a teus filhos e aos filhos de teus filhos" – Deut 4: 9.

As conseqüências dessa negligência dos pais em transmitir suas experiências, foram muito drásticas para os seus filhos, pois mais tarde eles passaram a fazer alianças com os povos estranhos que habitavam ao seu redor, e deixaram o Senhor, o Deus de seus pais, que os tirara da terra do Egito, e foram-se após outros deuses e encurvaram-se a eles, e provocaram a ira do Senhor e serviram a Baal e a Astarote. Por isso o Senhor se indignou contra eles e os deu nas mãos dos roubadores, e os entregou nas mãos dos seus inimigos ao redor; e não puderam mais estar de pé diante dos seus inimigos.

Mais tarde, em meio às opressões impostas pelos midianitas, um dos poucos jovens que teve a felicidade de conhecer ao Senhor, estava malhando o trigo do seu pai no lagar, quando o anjo do Senhor lhe falou: "O Senhor é contigo, varão valoroso". Então Gideão respondeu: "Ai, senhor meu! Se o Senhor é conosco, por que nos sobreveio tudo isto? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o Senhor subir do Egito? Porém, agora, o Senhor nos desamparou e nos entregou nas mãos dos midianitas". Ali estava um moço que conhecia o Senhor e que havia recebido uma herança espiritual de seus pais. O Senhor o chamou de varão valoroso, pois ele era alguém que o conhecia e não havia se encurvado diante dos deuses cananeus. Agora o Senhor iria usa-lo como juiz, para libertar o seu povo da opressão dos midianitas.

CONCLUSÃO

Esses fatos e essas duras experiências na vida do povo de Israel, devem servir de advertência a todos nós hoje em dia. O mundo de hoje é talvez mais perigoso do que o mundo de outrora. Os recursos do inimigo se ampliaram com o desenvolvimento do seu sistema mundano, de modo que o perigo que nos ronda é muito grande. Aquilo que é veiculado na televisão, nos programas infantis, nas escolas, nas revistas e nas rodas de amigos de colégio, é altamente danoso e prejudicial à vida espiritual dos nossos filhos. A recomendação do Senhor, feita ao povo de Israel em Deuteronômio 6: 5-9 – "Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força. Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te. Também as atarás como sinal na tua mão, e te serão por frontal entre os olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas" – continua imperativa nos dias de hoje.


É uma questão de segurança para a vida espiritual dos nossos filhos e para a sua salvação, a transmissão de tudo que temos experimentado e aprendido na Obra do Senhor. Eles precisam ser avisados e prevenidos dos perigos deste mundo. Precisam conhecer a Palavra e o Deus da Palavra. Muitos já nasceram em lares firmados na Obra do Senhor, mas precisam tomar conhecimento daquilo que o Senhor operou nas nossas vidas; de como ele nos libertou deste mundo e nos trouxe para a sua presença. Nós não podemos nos enganar, achando que, pelo fato de eles haverem nascido em lares evangélicos, estão seguros e naturalmente irão herdar a bênção. Não, eles precisam ouvir a respeito da Palavra e dos feitos do Senhor, pois mais tarde, se as lutas surgirem, eles permanecerão firmes como Gideão, malhando o trigo no lagar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário