BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 24 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS


Amontoa muita lenha

Posted: 27 Nov 2016 06:00 PM PST


Amontoa muita lenha, acende o fogo, ferve bem a carne, e tempera o caldo, e ardam os ossos. Ezequiel 24: 10


            INTRODUÇÃO

               Desde o dia em que cremos no Senhor Jesus, e iniciamos uma vida nova na sua presença, o Espírito Santo começou uma obra de transformação das nossas vidas. Ele usa vários recursos e meios para alcançar este propósito, e anular a nossa velha natureza decaída.
               O texto acima fala deste processo de transformação operado pelo Senhor, através da revelação da sua Palavra.

               DESENVOLVIMENTO

Amontoa muita lenha... - A lenha e a madeira tipificam o homem e sua natureza. Geralmente a lenha é formada de madeira da pior espécie, que não serve para nada, a não ser para o fogo, pois é cheia de nós e defeitos. Amontoar lenha quer dizer colocar tudo que faz parte na nossa natureza, nossos sentimentos, tendências e inclinações, fraquezas, traumas e distorções de personalidade, diante do Senhor. Quando fazemos isso, Ele se prepara para o próximo passo;

Acende o fogo... - Quando o servo coloca sua vida diante do Senhor, buscando com sinceridade uma transformação de sua vida, o Senhor o abençoa "acendendo o fogo" na vida dele. Isto nos fala do Batismo com o Espírito Santo, e todo servo deve buscá-lo com diligência, pois o Espírito o revestirá de poder para enfrentar as provas e tentações deste mundo, lhes dar ousadia no testemunho, além de ser um preparo para o arrebatamento. Jesus ordenou aos discípulos que não fizessem nada, sem que antes fossem revestidos pelo Espírito Santo;

Consome a carne... - A Palavra diz que a inclinação da carne é morte, e que devemos andar em espírito. Tudo que é da carne deve ser consumido, queimado pelo fogo do Espírito Santo, pois a carne para nada aproveita. Aquele que quiser prosseguir na Obra do Senhor e fazer parte da igreja e do Reino de Deus, deve se despojar do velho homem com sua natureza carnal;

Tempera-a com especiarias... - Isto fala do aprendizado da Palavra revelada, da absorção da doutrina, do e do viver uma experiência nova com o Senhor a cada dia. Jesus disse aos saduceus: "Errais, não conhecendo as Escrituras...". É de importância vital o conhecimento da Palavra revelada, não apenas através do ouvir as mensagens na igreja, mas principalmente pela leitura constante e meditação na Bíblia. Os seminários também são indispensáveis, pois é neles que aprendemos aquilo que o Senhor tem revelado em cada momento da nossa caminhada;

E ardam os ossos - A maturidade espiritual só se alcança e só se consolida quando o servo aprende a se humilhar. E para que isso seja alcançado, é preciso suportar o processo doloroso do "arder os ossos". A lição da humildade é ensinada pelo Espírito Santo através do sofrimento, o qual trabalhará no mais profundo da alma do homem. João Batista disse: "Importa que eu diminua e Ele cresça". Para que o Senhor cresça na nossa vida, isto é, tenha a primazia e a liberdade para operar em nós, é preciso que diminuamos e nos humilhemos. Essa foi a experiência vivida pelo apóstolo Paulo, quando depois de muitos anos de caminhada na presença do Senhor, afirmou: "Vivo não eu, mas Cristo vive em mim".

               CONCLUSÃO


               A mais difícil das atitudes que devemos tomar é a humilhação, pois isso implica em negar a nós mesmos. É muito doloroso ter que baixar a cabeça e sofrer calado a injustiça, sofrer a ingratidão e ser mal interpretado sem se defender, não reagir diante da agressão e ser desprezado e rejeitado por pessoas da família e amigos, é como um "arder de ossos". Mas aquele que se humilhar será exaltado pelo Senhor, assim como aconteceu com o Senhor Jesus, que sofreu toda sorte de humilhações e foi coloca à destra do Pai, na Glória Celestial.

Alegrai-vos comigo

Posted: 27 Nov 2016 01:59 AM PST



Lucas 15:8-10       -          "Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar?
E, achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo porque já achei a dracma perdida.
Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende."
           
1 - INTRODUÇÃO

O capitulo 15 de Lucas é o relato de uma série de três parábolas, todas falando de perdas.
A primeira perda foi de uma ovelha, num rebanho de cem.
A segunda de uma dracma, num conjunto de dez.
A terceira de um filho quando o pai possuía dois.
A nós interessa apreciarmos o segundo caso das três parábolas, que fala de perda, e de alegria quando foi achado o perdido.

2 - A DRACMA PERDIDA

Chama-nos a atenção o fato da perda e da valorização do que se perdeu. Evidente é que, se não valoriza a perda, também não se vai em busca do que se perdeu.
A dracma pertencia a um conjunto que formava um valor e a perda de uma danificava o conjunto,  que poderia ser uma tiara na testa usada pelas mulheres. Para achá-la, teria que  buscar com candeia acesa, varrer a casa, buscar diligentemente.

3 - A DILIGÊNCIA NA BUSCA

Cantares 3:1  "  De noite busquei  em minha cama aquele a quem ama minha alma, busquei-o e não o achei. "

Uma busca sem objetivo. Não foi diligente. Na cama, no comodismo, não se encontra o perdido.
Interessante é observar que ela perdeu dentro de casa, não na rua ou outro lugar. Dentro de casa fala da intimidade, quando os de fora não podem ver. Cada dia a vida espiritual vai esfriando até perda total.
A mulher fala da igreja que recebeu do Senhor, tudo: a bênção de salvação, batismo com Espírito Santo e com isto todas as bênçãos advindas ( dons, frutos, ministérios, palavra revelada etc).
Com o correr dos anos, foi se afastando do poder, do fogo, do óleo, e ficou com a candeia apagada. Passou a viver só da água  da salvação.
As bodas em Caná, iniciaram com o vinho depois acabou-se o vinho, tudo dentro de casa, só havia água. Buscaram a Jesus e ele trouxe de volta o vinho e vinho muito bom, melhor que o primeiro, para alegrar a festa.

4 - A ALEGRIA DO ENCONTRO

Um dia a mulher descobriu a falta da dracma preciosa, o batismo com o Espírito Santo. Acendeu a Candeia, agora sim com a candeia acesa, com óleo produzindo luz, seu inteiro iluminado a candeia mostrava a ela que a busca era com a candeia acesa, casa limpa tudo agora pela luz da candeia. Agora chama as amigas, os íntimos , proclama a bênção do Espírito Santo, de tudo que Ele, o Espírito, pode fazer, alegrar as vidas tristes, dar os tesouros da Palavra e os vizinhos podem agora também participar do achado. Podem ver pelo efeito, há luz a candeia está acesa, tudo esta em condições de ser visto.
Quem aponta o interior de nossas casas? Quem discerne o caminhar? Quem toca no íntimo? Quem corrige os erros? Só o Espírito Santo. É a bênção da candeia acesa.

5 - CONCLUSÃO

Com a candeia acesa, a igreja no Espírito está em condições de chamar os que estão ao seu redor, os vizinhos porque a dracma está de volta, completando a perfeita obra de Deus e preparando a igreja para a grande festa, seu encontro com Jesus, o Noivo Amado. Anunciar com alegria as bênçãos do Senhor é papel da igreja com candeia acesa.


                    Mateus 5:16 - "Para que brilhe a vossa luz diante dos homens... e glorifiquem vosso Pai que está no céu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário