BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 24 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS


A Parábola da Semente

Posted: 20 Nov 2016 06:00 PM PST

Marcos 4: 26-29

26Ele prosseguiu dizendo: "O Reino de Deus é semelhante a um homem que lança a semente sobre a terra.
27Noite e dia, estando ele dormindo ou acordado, a semente germina e cresce, embora ele não saiba como.
28A terra por si própria produz o grão: primeiro o talo, depois a espiga e, então, o grão cheio na espiga.
29Logo que o grão fica maduro, o homem lhe passa a foice, porque chegou a colheita".

            INTRODUÇÃO

            O Senhor Jesus sempre usou as coisas que eram conhecidas pelo povo de Israel, para mostrar aquelas que estavam relacionadas com o seu Reino e com a eternidade, que eles não conheciam. Hoje, através da revelação do Espírito Santo, podemos conhecer os mistérios do Reino e a vontade do Senhor para nossas vidas.

            DESENVOLVIMENTO

            Toda semente contém um código genético que é desencadeado com a presença da água e da luz. O homem lança a semente e dorme (descansa), pois ele não pode fazer nada para que a semente germine. Quando a semente germina, ele não sabe explicar como isso acontece, mas quando acontece, ele se levanta e começa a cuidar da nova plantinha. A semente é a Palavra de Deus.

            Ele aduba o solo onde a semente foi plantada e germinou, põe mais água, poda os ramos quando necessário e cuida para que as pragas não ataquem. Existem insetos que cortam as plantas e as enterram para que ninguém as vejam. Algumas mariposas depositam seus ovos na parte inferior das folhas, onde ninguém vê, e quando os ovos eclodem as suas larvas devoram as folhas rapidamente. O adversário luta incessantemente, e de forma contrária ao processo de crescimento. A nossa parte precisa ser feita, para que o fruto seja alcançado.

            A terra (o coração) por si mesma frutifica, mas no tempo certo. Nós precisamos esperar o tempo do Senhor e não nos precipitarmos, realizando as coisas através dos nossos meios – exemplo de Elias no Monte Horebe. Nós não podemos forçar nada, porque o Senhor sabe o que é melhor para nós e conhece o tempo determinado para tudo. 

            CONCLUSÃO

·       Primeiro a erva – a estrutura, o caule que vai servir de sustentáculo e apoio para o que virá em seguida. O conhecimento da Doutrina revelada pelo Espírito Santo é essencial para o desenvolvimento e o entendimento da Obra do Senhor.

·       Depois a espiga – aquilo que vai propiciar o surgimento do fruto (os dons espirituais). A espiga é a flor, a fase embrionária do fruto. É aquilo que é visto e serve para anunciar o surgimento daquilo que mais se espera, que é o fruto.

·       Por último o fruto – o estágio final que alegra aquele que se esforçou no seu trabalho de conservação da planta, que brotou a partir da semente. Uma coisa que precisa ser observada é não colher o fruto verde – antes do tempo – É preciso deixar amadurecer primeiro para colher em seguida.     


Nenhum comentário:

Postar um comentário