BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 24 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

O Pregador

O Pregador

Link to O Pregador

Doce hora de oração: Vigiar

Posted: 23 Oct 2016 05:20 AM PDT

Doce hora de oração: Vigiar
Texto: Mateus 26:40-41

"Voltando para os discípulos, achou-os dormindo; e disse a Pedro: Assim nem uma hora pudestes vigiar comigo? Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca".

Introdução: Este aspecto da oração é muito vezes negligenciado e esquecido. Mas a Palavra de Deus deixa claro que "vigiar" deve ser incluído como um elemento específico de oração. A palavra significa estar desperto ou alerta. O dicionário define vigiar como "manter-se acordado, a fim de guardar"; estar acordado, atento ou de sentinela" ou "observar atentamente". Quando usado nas Escrituras significa que os crentes devem ficar acordado espiritualmente e manter a guarda.

Tanto Jesus como o apóstolo Paulo conectam o vigiar com oração. Colossenses 4:2: "Perseverai na oração, velando nela com ações de graças", Pedro usou a mesma palavra no aviso sobre o nosso inimigo. 1 Pedro 5:8 "Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar", portanto, para nós orarmos efetivamente devemos estar mentalmente alertas e vigilantes.

É importante desenvolvermos um espírito de vigilância em nosso momento de oração. Desde os primeiros momentos Satanás procura impedir a eficácia de nossas orações. Ele ataca fazendo vagar nossas mentes para longe das questões-chave da oração. O que pode se desenvolver se não tivermos cuidado, é um hábito de orar orações muito rasas que são vazias e vagas.

Como vigiar e orar:

I. Mantenha-se espiritualmente consciente das necessidades específicas.

A. Leia a carta missionária, ou pelo menos leia a lista de oração especial que nós distribuímos.
B. Ouça com atenção quando pedidos de oração são feitos e anote-os.
C. Lembre-se: as nossas orações devem ser específicas e isso significa que devemos estar alerta para as diversas necessidades dos outros.

II. Mantenha-se informado a respeito das notícias do dia.

A. Os jornais, rádio e televisão pode nos manter atualizado com as mudanças em nosso mundo.
B. Isto é essencial para nós, porque nos foi dada a incumbência de ir por todo o mundo.
C. Pedir a Deus para refrescar nossas mentes a respeito de eventos atuais e como eles podem afetar a obra de Deus.

III. Peça a direção do Espírito Santo em nossas orações.

A. Sem o Espírito Santo nos guiando, a eficácia na oração é uma impossibilidade.
B. Duas vezes nas Escrituras somos aconselhados a "orar no Espírito".
C. Ele é nosso parceiro de oração.
1. Observe: Romanos 8:26-27 "Do mesmo modo também o Espírito nos ajuda na fraqueza; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que esquadrinha os corações sabe qual é a intenção do Espírito: que ele, segundo a vontade de Deus, intercede pelos santos".
2. Não sabemos o que precisamos.
3. O Espírito Santo sabe o que precisamos.
4. Ele nos ajudará em nossa fraqueza.
5. Ele nos revelará nossas necessidades reais.
6. Ele vai conosco e interceder em nosso favor.

Depois de sermos cingidos de nossa armadura espiritual, somos instruídos a vigiar e orar. Efésios 6:18, "com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos"

Conclusão: Começamos com louvor, seguido de uma espera silenciosa, um período de confissão, um tempo de orar a Escritura e vigiar. Jesus perguntou aos discípulos, "nem uma hora pudestes vigiar comigo?" Vamos ficar alerta neste assunto da oração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário