BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 24 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

KAIROS Ministério Missionário

KAIROS Ministério Missionário


HÁ EVANGELISTAS AINDA HOJE?

Posted: 30 Oct 2016 12:00 AM PDT

A palavra evangelista significa mensageiro de boas novas, e era o nome de uma ordem de homens da Igreja Primitiva, distinta dos apóstolos, profetas, pastores e mestres. Conforme indica o seu nome, exerciam função especial que era de anunciar as Boas Novas do Evangelho. Como não pastoreavam igrejas locais estavam em condição de ir de lugar em lugar pregando cristo a todos, como um poderoso ministério, acompanhado da operação de sinais, conforme se lê em Marcos 16.15-20.

Filipe foi sem duvida um dos mais destacados evangelistas aos quais o Novo Testamento faz referência. Por seu intermédio o eunuco etíope foi conduzido a Cristo e batizado. Graças ao ministério desse abnegado evangelista, muitos samaritanos foram conduzidos ao conhecimento de Deus e à Salvação.  E é na qualidade de evangelista que Filipe é encontrado na estrada entre Jerusalém e Gaza (At 8.26), nas cidades ao norte de Azoto (At 8.40), na cidade de Cesaréia ( At 21.8). Ele fora antes um dos sete primeiros diáconos da Igreja (At 6.5).

O ministério de evangelista podia ser exercido cumulativamente com outros ministérios, como aconteceu com o apóstolo Paulo, segundo a soberana vontade de Deus (At 13.1; 1 Tm 2.7).

HÁ EVANGELISTAS AINDA HOJE?
O ministério de evangelista continua em evidência, hoje. Nomes de grandes evangelistas como Moody, Wesley,  Spurgeon, e tantos outros poderosos e conhecidos homens de Deus que ilustram a História da Igreja dos tempos modernos, é uma prova mais que evidente da existência do ministério de evangelista na Igreja de Hoje. 

CARACTERÍSTICAS DE UM EVANGELISTA
Um evangelista no verdadeiro sentido da palavra deve ter as seguintes qualidades:

AMOR PELAS ALMAS A PONTO DE BUSCÁ-LAS UMA A UMA.A palavra evangelista tem estado tão associada aos pregadores de grandes multidões, que aqueles que tem tido este privilégio, correm o sério risco de centralizar o seu ministério e o amor nas multidões, esquecendo-se dos indivíduos que as compõe. Porém, Jesus, o evangelista ímpar de toda a História da Igreja, nos deu exemplo diferente: ele amou as almas uma a uma. Não importando o tamanho das multidões à quais falava, Ele as encarava como se estivesse falando a um indivíduo. O maior sermão evangelístico de toda a Bíblia (Jo 3), foi proferido diante de uma só pessoa, Nicodemos.

Qualquer evangelista será indigno do ministério que tem se não for capaz de amar as almas uma a uma, de sorte que seja constrangido pelo senhor a conduzi-las a Cristo de forma individual.

É CHAMADO POR DEUS. O ministério não é nenhuma aventura à qual devemos nos lançar sem um propósito definido. Acima de qualquer outro sentimento, deve prevalecer a certeza da chamada divina.

CRÊ NA EFICÁCIA DO EVANGELHO. O evangelho é a arma do evangelista. Um evangelista sem Evangelho é um soldado sem arma. Segundo Paulo, o Evangelho "… é o poder de Deus para a Salvação de todo aquele que crê…" (Rm 1.16).

O Evangelho é o selo que pateteia o começo, o meio e o fim do autêntico evangelista. Tire-se o Evangelho da boca de Paulo e ele não será mais que um fariseu melhorado. Tire-se o Evangelho da boca do evangelista e o que ele disse terá cheiro de morte para morte. É através do evangelista que a palavra de Deus adquire expressão, constituindo-se em agente de benção para o mundo.

RECEBE SUA MENSAGEM DE DEUS. A mensagem do evangelista deve emanar da sua comunhão com Deus através da oração e do manuseio diário da Bíblia Sagrada. Muitos, porém, estão pregando inspirados em manchetes de jornais, revistas, noticias do rádio, TV e internet. Queremos dizer que estes não são os meios normais pelos quais Deus fala e inspira seus mensageiros. Paulo disse: por que eu recebi do Senhor o que também vos entreguei…" (1 Co 11.23). Que está seja a afirmação sincera de todo evangelista autenticamente chamado por Deus.

EMPENHA-SE POR ALCANÇAR RESULTADOS. D. L. Moody, o famoso evangelista leigo americano que viveu no final do século XIX, costumava, no final da mensagem dizer aos ouvintes que fossem para casa meditando no que acabavam de ouvir, e, se desejassem aceitar Jesus, que voltassem a procurá-lo no culto da noite seguinte. Certa noite, após pregar na cidade de Chicago, terminando o culto ele fez esta recomendação. Aconteceu que naquela mesma noite a cidade de Chicago foi semi-destruída por um grande incêndio, quando milhares de pessoas morreram, entre as quais muitas daquelas que haviam ouvido Moody pregar no último culto. Sentindo-se responsável pelo destino eterno destas pessoas, Moody, passou a nunca concluir uma mensagem sem fazer um apelo chamando seus ouvintes ao arrependimento.

O evangelista deve lembrar que, quando está pregando, está trabalhando com as pessoas que possuem uma alma eterna; e, levá-las a Cristo, é sem duvida o maior resultado que ele pode auferir do seu trabalho.

Há de chegar o dia quando os nomes de políticos, atletas e inventores famosos já não serão mencionados nem lembrados, mas "Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento e os que a muitos conduzirem à Justiça como as estrelas, sempre e eternamente." (Dn 12.3)

Referências bibliográficas:
Curso de Liderança Ministerial e Evangelística – Igreja Adorai em Redenção – São Paulo/SP
Curso de Liderança Ministerial e Evangelística – Ministério Ômega – São Paulo/SP
EETAD – Teologia do Obreiro

Adenilton Turquete

Por Litrazini

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário