BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 24 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

sábado, 22 de outubro de 2016

Conteúdo Cristão de Qualidade: Blog Esboçando Ideias

Conteúdo Cristão de Qualidade: Blog Esboçando Ideias

Link to Esboçando Ideias

Como Deus pode usar um espírito mentiroso em 1 Reis 2:23?

Posted: 22 Oct 2016 02:24 AM PDT

Você Pergunta: Em 1 Reis 22:23 diz que Deus colocou um espírito mentiroso na boca dos profetas para enganarem o rei Acabe. Fiquei muito confuso com esse texto! Como o Deus verdadeiro pode colocar um espírito de mentira na boca de alguém? Isso é possível? Deus pode usar o mal para fazer as pessoas pecarem? Como podemos entender toda essa questão?

Caro leitor, alguns textos realmente são de difícil interpretação, esse é um deles. No entanto, algumas ponderações nos ajudarão a compreender o que aconteceu ali.

Como Deus pode usar um espírito mentiroso em 1 Reis 2:23?

Como Deus pode usar um espírito mentiroso para enganar o rei Acabe?

(1) Sabemos que Acabe era um rei maligno: "Fez Acabe, filho de Onri, o que era mau perante o SENHOR, mais do que todos os que foram antes dele" (1 Reis 16:30). Ele não ouvia os profetas de Deus, principalmente pela influência maligna de sua esposa, a rainha Jezabel. Acabe chegou ao absurdo de contratar profetas para que profetizassem apenas aquilo que fosse do agrado dele (1 Reis 22:6). Ele fez isso porque sempre que consultava algum profeta verdadeiro de Deus, a mensagem não lhe agradava porque era dura. Isso nos indica o tipo de pessoa que era acabe.

(2) No texto em questão, observamos que Acabe, rei de Israel, e Josafá, rei de Judá, desejam invadir uma cidade síria chamada Ramote-Gileade (1 Reis 22:3). Josafá é favorável a isso, porém, pede que Acabe consulte ao Senhor para saber o que Deus deseja (1 Reis 22:5). Acabe chama, então, seus quatrocentos profetas que, claro, lhe dão a resposta que ele queria, pois eram contratados para isso. Josafá, porém, não fica satisfeito e deseja consultar um profeta reconhecidamente de Deus (1 Reis 22:7). O único profeta ali se chamava Micaías, e nem Acabe nem seus profetas gostavam dele, pois sempre profetizava aquilo que não os agradava (2 Reis 22:8). Mas mesmo assim o profeta Micaías é trazido. E é nesse momento que ocorre a questão que vamos analisar agora.

(3) Micaías profetiza palavras duras perante todos: "Então, disse ele: Vi todo o Israel disperso pelos montes, como ovelhas que não têm pastor; e disse o SENHOR: Estes não têm dono; torne cada um em paz para a sua casa" (1 Reis 22:17). A seguir, o profeta do Senhor, Micaías, continua dizendo que teve uma visão a respeito de como Deus agiria para com Acabe e seus falsos profetas através de um espírito de mentira: "Respondeu ele: Sairei e serei espírito mentiroso na boca de todos os seus profetas. Disse o SENHOR: Tu o enganarás e ainda prevalecerás; sai e faze-o assim" (1 Reis 22:22). Diante da apresentação desse espírito mentiroso, Deus declara: "Eis que o SENHOR pôs o espírito mentiroso na boca de todos estes teus profetas e o SENHOR falou o que é mau contra ti" (1 Reis 22:23). Como entender essa atitude de Deus? Vejamos:

(4) O que temos aqui é a ação da vontade permissiva de Deus. Acabe já estava sendo enganado pelos seus profetas, não havia dado ouvidos a Palavra do Senhor que lhe era trazida pelo profeta Elias e, como vimos, tinha seus próprios profetas particulares que profetizavam apenas aquilo que ele queria ouvir. Ou seja, estamos diante de um homem longe da vontade de Deus! Um homem desviado de todo bom propósito. O que Deus faz aqui é permitir que ele continue com o coração endurecido como forma de realizar Seu juízo sobre a vida dele e de todos quantos não ouviam os profetas de Deus, antes, preferiam ouvir os falsos profetas. Temos aqui um princípio forte da palavra de Deus: "Um abismo chama outro abismo…" (Salmos 42:7). Mesmo com a ação de espírito mentiroso que foi permitida por Deus, as pessoas ainda tinham os profetas de Deus em ação e também poderiam ouvi-los, mas não faziam isso porque eram malignas.

A vontade permissiva de Deus se caracteriza não por uma ação direta dele, pois Deus não mente e não há nele pecado algum, mas sim pela permissão de que algo aconteça com o objetivo de sua vontade ser cumprida (nesse caso o juízo sobre Acabe), mesmo que esse algo não seja algo bom. Mesmo o mal não tem autonomia de agir sem que Deus o permita, pois a soberania de Deus é plena sobre tudo e todos. Temos um outro caso parecido na Bíblia quando Deus endurece o coração de Faraó (explicamos esse caso aqui neste texto, acesse aqui).

(5) Assim, concluímos que a vontade permissiva de Deus de que Acabe e os seus fossem enganados por um espírito mentiroso estabelecia o juízo de Deus sobre eles, pois eles não davam ouvidos a Deus e aos profetas enviados. Deus exerce juízo severo sobre eles, usando as suas próprias maldades, das quais eles sempre se gabavam. Tal era a maldade dessas pessoas que o verdadeiro profeta de Deus foi esbofeteado ao entregar a Palavra do Senhor: "Então, Zedequias, filho de Quenaana, chegou, deu uma bofetada em Micaías e disse: Por onde saiu de mim o Espírito do SENHOR para falar a ti?" (1 Reis 22:24). A reação de Acabe foi ainda mais maligna contra o profeta do Senhor, Micaías: "e direis: Assim diz o rei: Metei este homem na casa do cárcere e angustiai-o, com escassez de pão e de água, até que eu volte em paz" (1 Reis 22:27). Acabe, mesmo diante da profecia do Senhor, preferiu dar ouvidos à mentira de que não morreria se saísse a guerra, pois Micaías profetizou a sua destruição caso fosse a essa guerra.

O post Como Deus pode usar um espírito mentiroso em 1 Reis 2:23? apareceu primeiro em Esboçando Ideias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário