BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 24 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

terça-feira, 25 de outubro de 2016

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS


A Parábola do Servo Inútil

Posted: 24 Oct 2016 08:00 PM PDT


Lucas 17: 5-10                                             

INTRODUÇÃO

 Certo dia os discípulos disseram a Jesus: "Senhor, acrescenta-nos a fé". A resposta de Jesus foi uma parábola que mostra a natureza da fé na nossa vida. Ele falou de um servo que, depois de um dia de trabalho duro no campo, ainda tinha que se submeter às ordens do seu senhor, preparando-lhe o jantar, para se servir somente depois que este estivesse satisfeito.

DESENVOLVIMENTO

 O Senhor Jesus procurou mostrar com esta parábola, a verdadeira natureza da fé nas nossas vidas. A fé é como aquele servo, ela nos foi dada por Deus para nos servir incansavelmente, e estar sujeita a nós. A fé não deve nos dominar, mas nós devemos ter domínio sobre ela, e usá-la como um servo que existe para se submeter ao seu senhor. Jesus quis dizer que a fé precisa ser usada sem constrangimento, sem pedidos de "por favor" e sem ser poupada.

Jesus disse que se a nossa fé fosse como um grão de mostarda, ordenaríamos aos montes que se lançassem no mar e isso aconteceria. O grão de mostarda é o menor dentre as sementes, mas quando germina se transforma numa grande árvore.

A fé é algo sem aparência exterior, ela não tem uma medida a ser alcançada. A fé não tem tamanho, e não podemos falar dela como uma coisa grande ou pequena; ela existe ou não existe. Mas para existir, a fé precisa ser exercida, vivida e experimentada, pois sem ela não podemos alcançar nada nem fazer coisa alguma em relação à vida espiritual e à Obra do Senhor.

O centurião de Cafarnaum, quando falou com Jesus sobre seu servo que estava doente, pediu que o Senhor ordenasse que este ficasse curado, e foi atendido porque  exerceu a fé naquela hora, e esta fé foi demonstrada na figura de seus soldados que obedeciam suas ordens. Jesus disse na ocasião, que nem mesmo em Israel havia encontrado um entendimento da fé como aquele do centurião romano.
                                  

CONCLUSÃO

 Quando usamos a fé, fazemos aquilo que o Senhor determinou que fizéssemos, nada mais que isso. Foi por isso que Jesus disse que "depois que fizermos tudo que Ele mandou" em relação á fé, não nos impressionássemos, pois fizemos simplesmente aquilo que nos foi mandado.
           
Depois de fizermos tudo usando e exercitando a fé, devemos nos considerar servos inúteis, pois na verdade não fizemos nada além da nossa obrigação (exercer a fé). O que foi realizado, não foi realizado por nós, mas pelo Senhor que operou pelo seu Espírito Santo, através da fé existente em nós.


Nenhum comentário:

Postar um comentário