BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 24 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

sábado, 22 de outubro de 2016

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS


O Senhor enviou uma palavra a Jacó...

Posted: 21 Oct 2016 08:00 PM PDT


Isaías 9: 8


            INTRODUÇÃO

O nome de Jacó significa "suplantador, enganador". Ele era irmão de Esaú e filho de Isaque. Jacó nasceu agarrado no tornozelo de Esaú, como que querendo tirar alguma coisa dele. Mais tarde o vemos enganando ao seu irmão por duas vezes, tomando dele o direito que tinha à primogenitura, e recebendo a bênção de seu pai, em seu lugar. Mesmo não sendo o primogênito, Jacó terminou tomando esse direito de seu irmão.


            DESENVOLVIMENTO

Essas atitudes de Jacó, fazem jus ao seu nome. Ele aqui tipifica o homem natural e caído, que vive no pecado e é capaz de tudo para alcançar seus objetivos, mesmo que isso implique no prejuízo dos outros. Os métodos usados pelo homem natural, para obter aquilo que seu coração deseja, muitas vezes incluem a mentira e o suborno, independendo de sua classe social ou de sua cultura. O homem sem Deus é capaz de coisas inacreditáveis para concretizar seus projetos. Ainda que tenha bens materiais, lhe falta a Salvação e a vida eterna, razão pela qual seu coração é vazio e angustiado.

Por causa desta situação vivida por Jacó - homem natural e sem Deus - é que o Senhor lhe enviou uma Palavra. Esta Palavra que foi enviada, é o próprio Senhor Jesus, pois Ele é a Palavra de Deus, o Verbo que se fez carne e habitou entre nós, para nos transformar e dar Salvação.

De fato, após enganar Esaú, Jacó teve que fugir para a terra de seus antepassados, e no caminho para essas terras e ao chegar nela, ele passou por várias experiências com o Senhor. Nesse período de 20 anos, a Palavra do Senhor caiu no coração de Jacó, consolidando a Obra de transformação de sua vida, quando atravessou o vau do rio Jaboque, para se encontrar com seu irmão Esaú. Nesta travessia, Jacó lutou com o anjo do Senhor e pediu que lhe abençoasse. Foi neste momento que o anjo lhe disse: "Não te chamarás mais Jacó, e sim Israel" - Aquele que luta com Deus e os homens e prevalece. Quando Deus, através do seu Espírito Santo, revela Jesus ao coração do pecador, sua Palavra brilha (luz, revelação) no seu coração, mudando sua natureza e lhe concedendo o novo nascimento. Desta forma Jacó se transforma em Israel.


            CONCLUSÃO

Deus tratou com Jacó de tal maneira, que sua antiga natureza e sua vida, foram totalmente transformadas. O Senhor mostrou que, a partir daquele momento, estaria lhe dando vitória em tudo, e que ele não precisaria lançar mão de seus antigos métodos para agir.

É isso que Deus deseja fazer na vida de cada homem. Por isso Ele enviou sua Palavra (Jesus) a Jacó (homem caído), e ela caiu (brilhou, no original) em Israel (novo homem), no seu coração, transformando sua vida.

A oferta da viúva pobre

Posted: 21 Oct 2016 08:55 AM PDT


Marcos 12: 41-44

            INTRODUÇÃO

            Certo dia o Senhor Jesus estava no templo, em Jerusalém, diante da arca do tesouro, observando os que ali lançavam suas ofertas. Muitos que entravam no templo colocavam gordas ofertas na arca, mas uma pobre viúva surgiu e depositou duas pequenas moedas, que valiam cinco réis. Foi neste momento que Jesus chamou a atenção dos discípulos dizendo: "Em verdade vos digo que esta pobre viúva depositou mais do que todos os que depositaram na arca do tesouro".

            DESENVOLVIMENTO

            Com estas palavras, o Senhor Jesus procurou mostrar que não é a "quantidade" daquilo que se dá que lhe é agradável, mas é aquilo que está no coração que lhe interessa. Ele mostrou que para agradá-lo não é preciso "muito", pois Ele olha para o interior das nossas vidas e não para a aparência exterior. Desta forma, até uma pobre viúva, que aparentemente não tem nada, pode ser profundamente agradável ao Senhor.

            O ato de dar, de ofertar, tem um profundo significado na Palavra de Deus, pois está escrito: "mais bem-aventurada coisa é dar do que receber" – At 20:35. Aquilo que se oferta e a forma como se oferta, define muito bem o que há no coração da pessoa, expondo o seu interior e revelando aquilo que está encoberto. Naquele dia muitos deram muitas coisas, mas Jesus atentousomente para a oferta da viúva pobre. A mesma coisa aconteceu com a oferta de Abel, quando Deus atentou para o cordeiro ofertado por ele – Gên 4: 4. Tanto a oferta de Abel quanto a oferta da viúva pobre, são proféticas.

            Existem pessoas que têm coisas para dar para a Obra do Senhor, mas às vezes elas só fazem isso quando essas coisas estão sobrando nas suas vidas. O seu tempo só é dado ao Senhor quando está sobrando; elas só lêem a Bíblia quando têm tempo, só vão à igreja quando sobra um tempinho ou quando estão bastante necessitadas. Nunca estão disponíveis para realizar algum trabalho de manutenção da igreja, sempre estão ocupadas quando são convocadas para a evangelização ou assistência aos novos, e assim por diante. Existem aqueles que não colocam seus bens à disposição da Obra; só usam seu automóvel se a estrada for boa, e mesmo assim se a igreja pagar o combustível.

Aqueles que agem assim têm o coração fechado, e sempre guardam o melhor que têm para si mesmos, esquecendo que na verdade tudo pertence ao Senhor. Este tipo de oferta não agrada ao Senhor e não chama a sua atenção, pois não existe gratidão nestas coisas, e o sentimento da adoração é muito superficial.

A pobre viúva representa a pessoa profundamente necessitada e dependente. Aquilo que ela oferta é tudo o que ela tem, é todo o seu sustento, é toda a sua vida. Ela não ofertou sobras, mas tudo que tinha; a partir daí sua vida passou a depender totalmente do Senhor. Ela não colocou seu coração na aparência daquilo que tinha na mão, pois sabia que o Senhor poderia lhe dar muito mais.

As duas moedas da viúva pobre apontam para a nossa entrega pessoal, para a comunhão da nossa vida com o Senhor Jesus. Aquilo que mais chama a atenção do Senhor não é outra coisa senão a entrega total da nossa vida a Ele, é a oferta sem reservas de tudo que temos em nós, a fim de que o Senhor use na realização da sua Obra, e a sua Obra é mais valiosa do que a nossa própria vida. Quando entregamos tudo que temos, alcançamos uma vida de plena comunhão com o Senhor, e nossa vida tem o valor do Ministério do Senhor Jesus – cinco réis.

CONCLUSÃO


Quando Jesus apontou para a oferta da pobre viúva, Ele estava mostrando aos discípulos um exemplo e uma forma de vida, uma vida de entrega total, como Ele mesmo se entregou por todos nós, morrendo na cruz para a nossa salvação. Jesus não negou nada ao Pai, mas ofertou sua vida por inteiro, e o Pai se agradou da sua oferta.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário