BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Devocionais Diários

Devocionais Diários


Distraído Pelas Coisas Materiais

Posted: 19 Sep 2016 08:01 PM PDT

"Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração." (Mateus 6:21)

Mateus 19 registra uma conversa entre Jesus e um jovem rico, que pode ser o único homem nos Evangelhos que veio até Jesus e, na verdade, foi embora em piores condições do que veio.

Este era um homem que tinha sido criado em um lar muito religioso. A Bíblia diz que teve grande riqueza. Mas faltava algo. Ele queria a vida eterna. Então, veio até Jesus com uma pergunta: "Mestre, que farei de bom para ter a vida eterna?" (Mateus 19:16).

Jesus disse-lhe para guardar os mandamentos. E quando ele queria saber quais, Jesus começou a recitá-los. Por que? Porque se este jovem rico tivesse sido honesto e refletido, ele teria reconhecido que não era tão bom quanto pensava ser. Jesus citou a lei, porque a lei é um espelho moral. A lei não foi dada para nos tornar justos, mas para mostrar que não somos justos.

Mas o jovem rico não conseguiu entender isso, então Jesus lhe disse: "Se você quer ser perfeito, vá, venda os seus bens e dê o dinheiro aos pobres, e você terá um tesouro no céu. Depois, venha e siga-Me" (versículo 21).

Assim, a história do jovem rico terminou em tristeza. Mateus nos diz: "Ouvindo isso, o jovem afastou-se triste, porque tinha muitas riquezas" (versículo 22).

Jesus estava colocando o dedo no pecado primordial na vida deste homem, que foi o amor pelas coisas terrenas. Jesus estava pedindo a esse homem para destronar a sua riqueza e entronizar o Salvador. Mas ele não estava disposto a fazê-lo.

Como esse homem, podemos hoje facilmente nos distrair com as coisas materiais. E, muitas vezes, pensamos apenas no aqui e agora e raramente no amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário