BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Devocionais Diários

Devocionais Diários


Nossas "Liberdades"

Posted: 22 Aug 2016 08:01 PM PDT

"Portanto, deixemos de julgar uns aos outros. Em vez disso, façamos o propósito de não colocar pedra de tropeço ou obstáculo no caminho do irmão." (Romanos 14:13)


Como podemos fazer com que outras pessoas tropecem? A resposta é muito simples: fazemos outras pessoas tropeçarem quando não nos preocupamos com elas.

Jesus disse: "Se a sua mão ou o seu pé o fizerem tropeçar, corte-os e jogue-os fora. É melhor entrar na vida mutilado ou aleijado do que, tendo as duas mãos ou os dois pés, ser lançado no fogo eterno". (Mateus 18:8). Basicamente Ele disse que devemos nos livrar de qualquer coisa em nossas vidas que possa ser um mau exemplo. Se há algo em nossas vidas que nos faz tropeçar, temos de lidar com isso, pois isso também pode levar outros a tropeçarem.

Penso em casais que decidem se divorciar e dizem coisas como: "Oh, não se preocupe com as crianças. Elas vão resistir." O divórcio vai machucá-las, acredite em mim. Sei pela experiência pessoal de ser um filho de pais divorciados e ver minha mãe se casando e se divorciando sete vezes. Sei como é isso, e sei como é para uma criança. Os pais devem ser um exemplo para seus filhos. Seja algo que eles possam imitar.

Os crentes mais jovens também observam o que fazemos. Às vezes, nós tomamos nossas chamadas "liberdades" e as exibimos, e assim fazemos com que os crentes mais jovens tropecem em sua fé. Mas o apóstolo Paulo nos diz em Romanos 14:21: "É melhor não comer carne nem beber vinho, nem fazer qualquer outra coisa que leve seu irmão a cair."

Isso pode levar você a pensar: Bom, isso é problema deles. Não, na verdade não é. É problema seu. É problema nosso. Não vivemos e morremos para nós mesmos. O que fazemos afeta outras pessoas. Então, seja um bom exemplo.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário