BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

terça-feira, 19 de abril de 2016

[Reflexoes] #1# Fardos... Que Fardos?


Para Refletir...(20-24/04/16) - Fardos... Que Fardos?

"Bendito seja o Senhor que, dia a dia, leva o nosso fardo!"
(Salmos 68:19)


Dona Elvira era uma senhora viúva que vivia sozinha em uma
casa afastada da cidade. Quando precisava fazer compras,
tinha que caminhar muito para ir e voltar para casa. Em um
desses dias, voltava com uma bolsa cheia e pesada, com muita
dificuldade, quando passou um jovem de carro, que morava
próximo à sua casa e a reconheceu. Parou o carro e ofereceu
uma carona, o que ela aceitou, com grande alegria. Sentou-se
ao lado do jovem e continuou segurando a pesada bolsa que
trazia. "Por que não coloca a bolsa no chão?" perguntou o
vizinho. "O senhor já está me carregando", disse a senhora,
"não quero abusar, fazendo-o carregar também o meu fardo."


A nossa história parece completamente absurda, mas é isso
que muitas vezes fazemos, insistindo em carregar nossos
fardos quando Jesus já nos libertou de todos eles!
Carregamos nossas mágoas, mas o Senhor já as tomou de nós!
Carregamos nossas culpas, mas, o Senhor já as levou na cruz
do Calvário. Guardamos nossas tristezas, mas, Jesus já
acabou com todas elas quando derramou sobre nós a verdadeira
e perfeita alegria.


Éramos pecadores e pesado era o nosso fardo. Jesus nos
libertou dele para sempre. Estávamos perdidos e a nossa
inquietação era um fardo insuportável. O Senhor nos mostrou
o Caminho e agora nem lembramos mais daquele peso. Fomos
achados, somos amados, temos a felicidade que só os filhos
de Deus podem ter.


Fardos? Que fardos? Estamos livres!


* * * * * * * * * *

*****
Caso tenha um amigo que deseja receber as reflexões diárias
e não participar de listas, basta clicar no link indicado
no final e assinar a lista de envio de apenas uma mensagem
diária.
*****

Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet! Visite minha homepage:
Ministério Para Refletir

Você deseja apoiar esse Ministério? Clique aqui

Assine a Lista de Reflexões
Caso você deseje receber as reflexões diárias diretamente em sua mailbox, apenas clique abaixo e coloque seu nome e email.
inscrever@ministeriopararefletir.com.br

Caso queira sair da lista Reflexões, apenas clique abaixo e coloque seu nome e email.
sair@ministeriopararefletir.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário