BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Devocionais Diários

Devocionais Diários


De Deus Não se Zomba

Posted: 24 Apr 2016 08:01 PM PDT

"Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá." (Gálatas 6:7)

A Bíblia nos diz que um dos sinais dos últimos dias é o das pessoas vão sair de seus caminhos para blasfemar contra Deus. As Escrituras revelam que essa será uma característica que distinguirá o anticristo: que blasfemará contra Deus. Mesmo quando o julgamento de Deus estiver caindo sobre aqueles que não creem durante a tribulação, o livro de Apocalipse 16:9 diz: "Estes foram queimados pelo forte calor e amaldiçoaram o nome de Deus, que tem domínio sobre estas pragas; contudo se recusaram a se arrepender e a glorificá-lo."

Blasfêmia significa uma denúncia da rejeição consciente a Deus. É uma irreverência desafiadora, o pecado de falar o mal contra Deus intencionalmente e abertamente. Cometer esse pecado não significa uma simples descrença, mas uma descrença com determinação.

Um exemplo claro é o rei Belsazar da Babilônia. Certo dia ele promoveu um grande banquete e convidou a nobreza, esposas e concubinas. Então ele trouxe os objetos que foram roubados do templo de Jerusalém e que eram usados para adorar a Deus. Belsazar serviu vinho nestes objetos, brindando aos falsos deuses que eram adorados na Babilônia. Belsasar estava zombando de Deus, mas a Bíblia diz: "Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá" (Gálatas 6:7).

Dito e feito: quando Belsazar estava festejando, ele viu uma mão escrever na parede: "MENE, TEQUEL, PARSIM". Estas palavras foram interpretadas pelo profeta Daniel como sendo: "Mene: Deus contou os dias do teu reinado e determinou o seu fim. Tequel: Foste pesado na balança e achado em falta. Peres: Teu reino foi dividido e entregue aos medos e persas." (Daniel 5:26-28)

Belsazar foi pesado na balança da justiça de Deus e o seu peso era pequeno. Belsazar não tinha substância e naquela mesma noite ele perdeu a vida. Ele descobriu, da pior maneira possível, que de Deus não se zomba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário