BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

segunda-feira, 28 de março de 2016

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS

BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS


OS DOIS CAMINHOS - ENTRAI PELA PORTA ESTREITA

Posted: 27 Mar 2016 08:00 PM PDT

Texto: "Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela." Mateus 7:13
O objetivo desta mensagem é mostrar que diante do homem existem dois caminhos, mas Jesus é a porta que nos leva ao caminho de vida eterna.
INTRODUÇÃO
A Bíblia nos mostra que Jesus sempre se preocupou em nos ensinar e nos alertar qual a melhor escolha para nossa vida. Mas Ele nos dá o livre arbítrio, ou seja, a liberdade de decidirmos qual a escolha vamos fazer.
Naquele dia Jesus nos ensinou acerca de uma porta estreita e de uma porta larga. Mas para onde elas levariam o homem? A porta estreita leva o homem a um caminho apertado. A porta larga a um caminho espaçoso.
Jesus deixa um conselho para nós: "Entrai pela porta estreita, pois larga é a porta, e espaço o caminho que conduz o homem à perdição, e muitos são os que entram por ela".
DESENVOLVIMENTO
Mas entrar por uma porta larga não é mais fácil? Sim. E você pode até estar pensando: Realmente, são poucos os que servem a Jesus na minha escola/faculdade, no meu trabalho, na minha família. Jesus profetizou acerca disso. Ele nos alertou que muitos entrariam pela porta larga, indo pelo caminho espaçoso.
O caminho espaçoso é um caminho de ilusão. Num primeiro momento é belo, atrativo, mas à medida que o homem caminha nele, colhe os frutos do pecado e por fim, a morte eterna. O livro de Provérbios diz: "Há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte". Pv 14:12
O fim dele são os caminhos da morte, pois o adversário usa de várias formas para destruir a vida do homem. Muitos estão tendo suas vidas, suas famílias destruídas por causa do pecado, dos vícios, da angústia da alma. Vemos hoje, com tristeza, muitos adolescentes, jovens, que estão tendo morte física e espiritual por causa das drogas, das bebidas, do pecado, da violência.
Por isso Ele nos alertou: "Entrai pela porta estreita."
Quem é a porta estreita? Jesus (João 10:9). Através de Jesus temos uma nova vida, somos transformados pelo poder do Seu sangue que foi derramado na cruz por nós. Jesus nos mostra um novo e vivo caminho. O caminho estreito nos conduz a vida eterna.
Mas porque o caminho que leva à vida é apertado? Porque a salvação é individual. Eu não posso aceitar Jesus por você. A sua mãe, sua esposa, seu filho, não podem aceitar Jesus por você. Você precisa ter uma experiência pessoal com Jesus. Aceitar Jesus como único Salvador da sua vida. Essa é uma escolha que só você pode fazer.
No caminho apertado há novo nascimento, pois Jesus nos dá uma nova vida, nos libertando do pecado, dos vícios, de tudo aquilo que não agrada a Ele. No caminho apertado o homem anda, não mais segundo a sua razão, mas segundo a direção do Espírito Santo, que o ensina como agir, como falar, dando paz e alegria ao seu coração.
É maravilhoso quando o homem permite que o Espírito Santo opere na sua mente, no seu coração, fazendo dele uma nova criatura. É maravilhoso ver o homem liberto dos vícios, da angústia da alma, ter uma nova vida em Jesus. Não mais debaixo do jugo, do peso do pecado, mas liberto pelo poder do sangue de Jesus.
Por isso o apóstolo Paulo disse: "Não mais vivo eu, mas Cristo vive em mim". (Gl 2:20)
CONCLUSÃO
E hoje, você que está aqui, em qual caminho você tem andado? Hoje, o Senhor Jesus te dá a oportunidade de você fazer a boa escolha para sua vida. Te dá a oportunidade de começar uma nova caminhada. Está diante de você duas portas e Jesus te aconselha: "Entrai pela porta estreita".
E tenha certeza de uma coisa: No caminho apertado você não estará só. Jesus estará ao seu lado, pois Ele é um amigo fiel que jamais vai te abandonar. Jesus é o abrigo seguro que vai te proteger, te guardar, trazer segurança para tua vida nesse mundo de tantas dificuldades.
Faça a boa escolha: Entra pela porta estreita, aceite Jesus como Seu Salvador. E você vai colher o fruto dessa escolha, pois você caminhará rumo a uma vida eterna com Deus!

Estudos Igreja Cristã Maranata

A PÁSCOA

Posted: 27 Mar 2016 05:44 AM PDT




A palavra Páscoa significa: Passagem.

A Páscoa para Israel: Lembra a saída do Egito, a noite em que o Senhor feriu todos os primogênitos dos filhos do Egito, mas a nenhum dos filhos de Israel, e os tirou da escravidão.

A Páscoa para a Igreja: Nossa saída do mundo (pecado) e o encontro com o Senhor.

Escravo:Aquele que está inteiramente sujeito a outra pessoa ou alguma coisa.

ISRAEL
         Escravo de Faraó – Ex 1:6 a 14
         Servindo em terra estranha – Ex 1:13
         Voltaram-se para o Senhor – Ex 2:23 a 25
         Livramento da morte pelo Senhor – Ex 12:13
         O sangue como bênção de livramento para o povo de Israel – Ex 14:29 -30

IGREJA
         Escravo do adversário – Mt 17:14 a 18
         Servindo no mundo – Jo 17:16
         Nossa conversão – At 2:37 a 41
         Livramento da morte pelo sangue – Jo 6:54
         O sangue como bênção para o servo e derrota para o adversário – Mt 27:50-51
Deus quer um homem fiel a quem possa falar.

O CHAMADO DE MOISÉS (Ex 3:1 a 5)
         Sarça: Moita de espinho (Deus mostrando seu poder). Deus quer se revelar.
         Moisés, Moisés: O Senhor o conhecia pelo nome.
         Eis-me aqui: Obediência.
Tirar os sapatos dos pés: Reverência, humildade, a terra (a Obra) é santa.

MOISÉS USADO POR DEUS (Ex 3:9-10)
         Deus quer usar a sua vida como usou a vida de Moisés.

PERÍODO DE ESPERA (Ex 5:20 a 22)
         Murmurar: Falar contra alguém ou contra alguma coisa.
         Saraiva: Chuva de gelo. 
        
Deus quer conscientizar o seu povo de que Ele está operando para salvação. Deus usa Moisés como figura do Espírito Santo, que conduziria o povo pelo deserto, depois de livrá-lo de Faraó e do Egito.

AS PRAGAS
1.          Ex 7:19 a 25 – As águas tornam-se em sangue
2.          Ex 8:1 a 15 – Praga das rãs
3.          Ex 8:16 a 19 – Praga dos piolhos
4.          Ex 8:20 a 32 – Praga das moscas
5.          Ex 9:1 a 7 – Praga da peste nos animais
6.          Ex 9:8 a 12 – Praga das úlceras
7.          Ex 9:22 a 35 – Praga da saraiva
8.          Ex 10:1 a 20 – Praga dos gafanhotos
9.          Ex 10:21 a 29 – Praga das trevas
10.     Ex 11:1 a 10 – Praga da morte dos primogênitos.

Não saia da porta – Recomendação para Israel e também para a Igreja

NÃO SAIA DA PORTA!

"Então tomai um molho de hissopo, e molhai-o no sangue que estiver na bacia, e passai na verga da porta, e em ambas as ombreiras, do sangue que estiver na bacia;  Porém nenhum de vós saia da porta da sua casa até amanhã". Ex 12:22

*     RECOMENDAÇÕES PARA O MOMENTO DA SAÍDA
·        A porta é Jesus – Nenhum de vós saia da porta de sua casa pela manhã.
·        O Espírito Santo – A segurança estava na porta debaixo do sangue.
·        Pressa  na Saída – Ex.12-15. Não comeu pão levedado, pão de aflição nada de fermento velho. Pressa, comereis apressadamente.
·        Primícias – Até o dia posterior ao Sábado - 1º dia da semana – O pão estava vivo (movimento).

Ninguém pode viver isto sem primeiro entender que Jesus (o primeiro molho de trigo) está vivo.
Só depois de entender isto é que o homem poderia, depois de movimentar o molho, se alimentar da nova colheita.
• Pentecostes: 50 dias após a oferta movida;
• Dia imediato ao 7º sábado – 50 dias;
• Final Pentecostes - mês sétimo.

*    TROMBETAS:
• Sonido de trombetas Lv 23:15-22. – Santa Convocação;
• Trombetas de Prata – Redenção;
• Trombeta de Deus – descerá.
"Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro." I Ts 4:16.
Trombetas relacionadas com cidades fortes
 "Dia de trombeta e de alarido contra as cidades fortes e contra as torres altas." Sf 1:16.

*    TROMBETAS E PENTECOSTES

Expiação e Tabernáculo, Israel, Expiação 5º - 6º - 7º, juízos sobre a obra:
·        Criador
·        Gênero Humano
·        Carne
"Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo." Dn 9:24.

*    EXPIAÇÃO:

"Falou mais o Senhor a Moisés, dizendo: Mas aos dez dias desse sétimo mês será o dia da expiação; tereis santa convocação, e afligireis as vossas almas; e oferecereis oferta queimada ao Senhor. E naquele mesmo dia nenhum trabalho fareis, porque é o dia da expiação, para fazer expiação por vós perante o Senhor vosso Deus. Porque toda a alma, que naquele mesmo dia se não afligir, será extirpada do seu povo. Também toda a alma, que naquele mesmo dia fizer algum trabalho, eu a destruirei do meio do seu povo. Nenhum trabalho fareis; estatuto perpétuo é pelas vossas gerações em todas as vossas habitações. Sábado de descanso vos será; então afligireis as vossas almas; aos nove do mês à tarde, de uma tarde a outra tarde, celebrareis o vosso sábado." Lv 23:26-32.

1.    Para  a Igreja – Uma Ovelha
2.    Para Israel – Não será o sofrimento de uma ovelha, mas de todas.

• Trombetas, anúncio que cai na lua nova – Noite escura.
• 4 primeiras festas caem na primavera
• 3 no outono

• Ano Novo Judaico começa com as trombetas
• 1º Trombetas – Significado
• 2º Meia-noite – Ouve-se um grito

• Asmos – Pentecostes – Trombetas – Expiação – Primavera – Outono.
• Trombetas - Dia misterioso - nada de alegria para Israel. Porque era profético para a igreja.
• Saída – A morte dos cordeiros era no entardecer do dia 14 – 10º dia - tomar o cordeiro.

AS MARAVILHAS DA SAÍDA DO EGITO

*    FINALIDADE:
         Conscientizar o povo. Porém era necessária a grande maravilha, que era livrar o povo, libertá-lo de uma vez das mãos de Faraó.
         Só o sangue na porta.

*     RESSURREIÇÃO:
         - Corpo e Sangue;
         - Um sinal vivo e pessoal;
         - O animalzinho iria morrer – Substituídos profeticamente pela morte e ausência do animal.

*     SALVAÇÃO:
         É uma experiência com o mistério (Espírito Santo). Jesus não se preocupou em alardear ao mundo daquela época que estava vivo ou ressurreto, deixou a tarefa para o Espírito Santo.
         Mensagens do Reino:
         - Jesus está vivo;
         Mensagens da Religião:

 
        
O preparo da última hora, dois elementos.
·          Cordeiro – Corpo
·          Sangue – Espírito Santo

O Cordeiro: Ex 12:1 a 11
-               Cordeiro sem mácula: Sem mancha, puro, sem pecado.
-               Idade de um ano: Preparado pelo pai; o tempo do Senhor, querido.
-               Sacrifício à tarde: À mesma hora do sacrifício de Jesus.
-               Sangue nas umbreiras e verga: Cobertura do sangue de Jesus.
-               Carne assada no fogo: O fogo purifica, retira os excessos, retira toda a impureza (Palavra Revelada), Palavra da Verdade, Justiça e Vida: A vida sempre orientada pelo Espírito Santo, sempre na direção do Senhor.
-               Com pães asmos: Sem fermento, palavra pura.
-               Ervas amargosas: Exortação, coisas difíceis de cumprir, repreensões (é tudo aquilo que para se fazer é muito ruim).
-               Nada cru: Carne crua é impura, com bactérias, faz mal; A palavra do mundo; aquilo que é oferecido pelo ímpio induz os servos à mentira.
-               Nem cozido em água: na água o alimento é diluído. Existe uma perda que sai na evaporação, perdem-se vitaminas: Religião (Salvação estática, aparência, o destaque é o homem, Deus não fala).
-               Comer a cabeça: Participar da mente do Senhor Jesus (A mente de Cristo – Jo 4:34: "A minha comida é fazer a vontade do Pai."). Submissão ao Pai. Aquele com quem o Senhor fala, mas ele nunca aceita,  ele acha que nunca está em dificuldade.
-               Comer os pés: Viver a caminhada de Jesus de: Traição, ódio, humilhação, não havia onde reclinar a cabeça, mas a palavra do Senhor para nós é: "Diga ao povo que marche" – Ap 2:10: "Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida".
-               Comer as fressuras: (Conjunto de vísceras: pulmões, fígado, coração, etc.) Partes escondidas do Senhor, os seus mistérios; segredos, plano profético.
-               A consulta à Palavra, a revelação, dons espirituais, clamor, o coração do Senhor, todo o amor de Jesus derramado sobre a Igreja).
-               Comer tudo no mesmo dia: A bênção precisa ser vivida hoje, a experiência de ontem foi para ontem, mas a Páscoa, as novas experiências precisam ser vividas hoje; Salvação dinâmica.
-               Lombos Cingidos: Experiência, servo dinâmico, na posição, ajustado com a revelação. A carne não aparece.
-               Sapatos nos pés (Ef 6:15): "Calçai os vossos pés..." – Destro (ágil, desembaraçado) na palavra; não podemos descalçar os pés.
-               Cajado na mão: Direção do Espírito Santo. Temos uma meta a ser atingida, uma orientação segura para a eternidade.
-               Comereis apressadamente: As doutrinas, o entendimento do ensino que conduz à eternidade precisa ser vivido hoje. Precisamos ter a certeza da salvação antes que o tempo se cumpra. Existe pressa para o alcance.

PREPARO PARA A SAÍDA

         "Esta é a Páscoa do Senhor".
Obs.: Devemos comer todas as partes do Cordeiro, existem partes ruins, difíceis de comer, mas a definição, o entendimento precisa ser completo.

I Co 10:19 a 21

Idolatria é um assunto muito conhecido, e a maioria das pessoas já ouviu falar. Mas nós vamos apresentar uma visão nova sobre este assunto porque, na verdade, a idolatria sempre foi um problema para o povo de Deus. Se nós olharmos para a Bíblia observamos que Deus sempre abominou a idolatria.

A idolatria é um fator que entristece profundamente a Deus porque ela representa o desvio do projeto de Deus. E como o homem se desvia do Projeto de Deus? Através da desobediência à sua Palavra.

Nós alcançamos o Projeto através da Revelação. Quando alguém sai da revelação, sai do Projeto de Deus e comete o pecado da idolatria.

O Senhor Jesus disse: "Quem quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me". O que é negar-se a si mesmo? É negar a própria vontade, os sentimentos, os costumes, as vaidades, etc.

*    O que é ídolo? Imagens, profano.
*    O sacrifício a ele vale algo? Idolatria.
*    Gentes:Outras gentes, nações.
• O ídolo também é idolatria, porque a Bíblia diz: "Não terás outros deuses...". ; "Não farás para ti imagem de escultura...".
• A Bíblia diz que o ídolo é uma abominação ao Senhor → Ezequiel - capítulo 8

A palavra nos apresenta um detalhe sobre o ídolo, que muitas pessoas ainda não despertaram para a sua importância.

O texto de I Coríntios 10: 19, o apóstolo Paulo diz: "Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa? Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios...".

Todo culto na presença de ídolos não tem a presença de Deus, e é um culto ao "deus estranho", conforme o Velho Testamento. Paulo diz que não devemos ser participantes.
Tudo aquilo que vem na hora associada à idolatria não se deve aceitar. Está consagrado a ídolos.
        

• Vejamos os símbolos apresentados na Páscoa comemorada nos dias de hoje: Coelho; Ovos de chocolate e etc...:

*    Por que coelho? O inimigo não quer ouvir falar do sangue do Cordeiro, que tira o pecado do mundo.
*    Deve-se comer ovo de Páscoa? Não no sentido de comemorar a Páscoa, mas comer chocolate não é pecado.

• O que a Páscoa representa para a igreja fiel:

*    Páscoa:Jesus dando sua vida para nós vivermos; o sacrifício deve ser lembrado sempre.
*    A nossa Páscoa: "Fazei isto em memória de mim" – Lc 22:15 a 20
           O inimigo de nossas almas tem perturbado o ensino de Deus.
*    Redenção:Livramento, Salvação.
         Os israelitas morreriam se não fosse a orientação do sangue nas portas.
         Os tementes cumpriram a orientação, mataram o cordeiro.
         O Senhor passou e houve livramento de morte.
         O filho de Deus que nasceria para derramar seu sangue, para nos dar vida.
         Obs.: Devemos nos lembrar somente: Este sangue é derramado por vós, este pão,
           meu corpo, é dado por vós.
         O inimigo não quer ouvir falar de sangue, ele pôs coelho no lugar do Cordeiro.
*    Comer os ovos: sacrificados ao inimigo.



Textos: Êxodo 12: 1 - 13, 21- 27, 29, 33 e 35

O cativeiro no Egito, conforme Ex 1:6, 14. O clamor do povo por libertação (Ex 5:6, 23) até chegar a ordem para realizá-la.

A Páscoa foi providência de Deus para o povo de Israel - significa "Passagem" ou "Saída". O povo "passaria" da condição de escravo para a liberdade, isto é, "sairia" do Egito para entrar em Canaã, a Terra Prometida. Então a Páscoa para nós significa a nossa libertação do poder do pecado, do mundo, da morte, para a vida eterna. É a passagem da vida velha para uma nova vida, através da morte do Cordeiro => Em Jesus temos nova vida.

No texto lido na abertura, vemos como foi instituída a 1ª Páscoa para livramento do povo do Senhor.

Vs. 5 - O Cordeiro sem mancha.  Citar Jo 1: 29 "Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo". O Cordeiro sem pecado - O Senhor Jesus - puro, imaculado, sem pecado, o Filho de Deus.
Vs. 7 - Tomar o sangue do cordeiro e pô-lo nos umbrais e na verga da porta. Ler I Jo 1: 7 - 9 e também Jo 6: 53 - 57.
Vs. 11 - Estejam cingidos os vossos lombos e acesas as vossas candeias - Lc 12: 35. Em Efésios 6:14 está escrito: "Estai pois firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade". O Senhor Jesus nos declara em Jo 14: 6 - "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida..." O Senhor Jesus é a Verdade, por isso temos que andar na verdade.

Os vossos sapatos nos pés - Ainda em Efésios 6: 15 a Palavra diz: "Tendo os vossos pés calçados na preparação do Evangelho da Paz. Outra referência:  Rm 10: 15.

Cajado na mão - I Sm 17: 40 - Davi enfrentou Golias com o cajado na mão. Ele fala da direção do Espírito, que deve conduzir nossa vida cada dia.

Comer apressadamente - Fala do desejo de estar em comunhão constante com o Senhor, sem perder tempo com as coisas que nos cercam. Desta maneira estaremos sempre vigilantes e prontos para partir. Ver o texto de II Pe 3: 12.

O sangue vos será por sinal - Pô-lo nos umbrais e verga da porta. Ver Ap 7: 14 e 12: 11 (Os sinais do Senhor Jesus nos seus remidos).

Ainda em Ex 12:26 e 27 - Quando vos perguntarem que culto é este (as pessoas do mundo), devemos responder: é o sacrifício do Senhor Jesus pela minha vida, por sua vida.
Vs. 29 - À meia-noite feriu o Senhor todos os primogênitos do Egito. Em Mt 25: 6 está escrito: "Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o Esposo, saí-lhe ao encontro".
Vs. 35 e 36 - O povo levou ouro e prata , ou seja, o Poder de Deus e a Salvação não ficarão na terra após o arrebatamento.

A Páscoa foi o momento da salvação operada por Deus na vida do seu povo. Foi a "passagem" da condição de escravos cativos para a condição de libertos do Egito (tipo do mundo) e de Faraó (tipo do adversário).

O Cordeiro - O Senhor Jesus, o nosso Cordeiro Pascoal, que foi sacrificado há quase dois mil anos para nos dar a salvação e a vida eterna.

O Senhor disse a Moisés: "Comereis a carne do cordeiro assado no fogo; com pães asmos e ervas amargosas" (Ex 12: 8 - 10).

Cordeiro assado no fogo - Jesus é a Palavra, o Verbo que se fez carne, a Luz e a Revelação de Deus, única e definitiva. Nós precisamos conhecer a Jesus revelado pelo Espírito. Existem aqueles que só crêem no batismo nas águas, mas nós temos o Batismo com o Espírito Santo e com fogo, e assim nos alimentamos do Senhor pela Palavra revelada  (Jo 1: 33).

Não poderia ser comido cru - Palavra na letra, sem a revelação. Interpretação intelectual da Bíblia.

Não poderia ser cozido na água - Conceitos humanos, doutrinas de homens, batismo nas águas sem o fogo do Espírito, que purifica nosso ser.

Comido com pães asmos - Jesus é o pão da vida, sem fermento (que são as coisas do homem, para dar aparência), mas puro e consistente (revelado). Jesus advertiu os discípulos contra o fermento dos fariseus (religião, hipocrisia, aparência de santidade, incredulidade, etc.).

Comido com ervas amargosas - O Senhor Jesus disse que no mundo teríamos aflições e que elas fariam parte da nossa caminhada, a exemplo do que aconteceu com Ele mesmo como homem.

Devemos comer todo o Cordeiro - A cabeça (fala da mentalidade), os pés (o caminhar do Senhor) e a fressura (o interior, a intimidade) representam a totalidade da revelação de Jesus, é toda a Palavra que deve ser por nós aceita e assimilada. É a obediência pela fé a todas as orientações do Espírito Santo, até mesmo aquilo que vai de encontro aos nossos interesses e sentimentos.

O que a Palavra de Deus nos fala a respeito de Páscoa, na Nova Aliança ?



A PÁSCOA HOJE EM DIA

MATEUS 26: 17 E LUCAS 22: 15

E A PÁSCOA DOS GENTIOS?

O Senhor Jesus é o Cordeiro Pascoal .

Ele veio ao mundo para morrer por nós e o seu sangue derramado na cruz do calvário nos liberta da escravidão do pecado.

Para os servos do Senhor Jesus, os salvos, a Páscoa é a redenção e é comemorada não num dia de calendário, mas todos os dias alegram-se por serem livres das amarguras que o pecado escravizador traz.

O Senhor Jesus, antes de morrer, chamou os seus servos, Pedro e João e deu-lhes uma ordem:

Lucas 22:8 "Preparai-nos a páscoa, para que a comamos." Pedro, João e outros eram judeus, conheciam as comemorações da páscoa judaica; esta seria nova para eles.

Jesus apresentava-se como o próprio cordeiro.

A Palavra nos ensina que Jesus pegou um cálice com vinho de uva, deu graças a Deus Pai e deu aos seus discípulos para beberem.

Depois pegou o pão, partiu, deu aos seus discípulos e disse: este pão fala do meu corpo que será partido por vós.

Jesus apresentou uma nova páscoa, um novo testamento, não mais com cordeiro, pães asmos e ervas amargas.
 

Aplicação da Páscoa

 "Chegou, porém, o dia dos asmos, em que importava sacrificar a páscoa."Lc 22:7
         "Chegou os dias dos pães asmos..."
         "Encontra-se um homem, com um cântaro d'água"
         "Segui-o até a casa..."

         Preparo para a páscoa – festa mais importante para os judeus
         Significado da festa: Páscoa => passagem

SINAIS

Pedro e João (2) = corpo = igreja – foram enviados ao encontro de "um homem"

"Encontrareis um homem " – Cântaro dágua – Símbolo do Espírito Santo que nesta hora tem como tirar a sede do homem.

Segui-o – A igreja tem a tarefa de seguir a revelação e quando faz isso é conduzida à casa do pai de família (Pai), consolada, confortada e segura. Não erra o caminho.
Seguir a revelação é conhecer o Pai.

CASA DO PAI

Na casa tudo estava preparado e mobiliado – O homem não tem nada para contribuir ou acrescentar a essa obra nem ao projeto do Pai. Tudo está consumado pelo sacrifício do Senhor Jesus Cristo.

O lugar espaçoso estava pronto – o Céu, a Eternidade – Tudo pronto aguardando a "passagem da igreja"

A ESPERA

Os discípulos que foram conduzidos até ali foram recebidos pelo Pai, aguardavam, agora a pessoa central da festa: O cordeiro (onde está?)
         Na hora certa Jesus pôs-se à mesa: Ele não falhará com sua promessa.
         A igreja aguarda ansiosa a vinda de Jesus, sua volta – Maranata!
         Na hora certa Ele voltará

DESEJEI MUITO COMER CONVOSCO ESTA PÁSCOA

Esta páscoa = Cordeiro vivo, era a única celebração diferente em todo Israel, por causa do cordeiro que estava vivo e repartia o pão (corpo) e o vinho (sangue/ES)

A igreja vive um momento diferente  de todo o resto do mundo (tradição, religião).

NUNCA MAIS A COMEREI –
A igreja está seguindo o Espírito Santo (homem com o cântaro dágua ) que a leva a conhecer o pai de família (Pai) dono da casa onde já está preparado e aguarda a chegada de Jesus (o Cordeiro), sabendo que este momento não se repetirá. É a única oportunidade de "passagem" para a Eternidade. É um momento especial do Projeto do Pai, onde a graça do Senhor Jesus Cristo esta sendo derramada no corpo pelo poder do Sangue de Jesus. É A FESTA DA PÁSCOA. MARANATA!


Desde sua morte no Calvário, nós iríamos lembrar este sacrifício todos os dias de nossas vidas e a Páscoa verdadeira foi registrada na Bíblia com orientação para os servos fiéis.

Lucas 22:19–20 - "E, tomando o pão, e havendo dado graças, partiu-o, e deu-lho, dizendo: Isto é o meu corpo, que por vós é dado; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente tomou o cálice, depois da ceia, dizendo: Este cálice é o Novo Testamento do meu sangue, que é derramado por vós."

Assim Jesus mostrou que no passado morria um cordeiro, hoje Jesus é o Cordeiro de Deus que morreu por nós. Ele tira a amargura de nossas vidas, trazida pelo pecado. Ele lava nossos pecados com seu sangue e nos dá o seu Espírito Santo.
Nossa Páscoa é a Páscoa dos que aguardam a volta do Cordeiro de Deus, Jesus; é vivida todos os dias até a sua volta.

Repassamos uma frase de uma menina do ensino fundamental, lamentando o mal entendido que o mundo aprende sobre a Páscoa.

"Hoje o mundo comemora a Páscoa totalmente diferente da Bíblia, trocam o cordeiro por coelho, e o sangue por chocolate."

Páscoa significa passar por cima. É o que foi feito pelo anjo para promover a libertação do cativeiro do Egito.

Nossa Páscoa é a libertação do mundo, do pecado e do mal que o assola.

O sangue nos umbrais das casas é passado agora no coração dos que crêem no Senhor Jesus, o Cordeiro de Deus. Ele está vivo no meio da sua Igreja Fiel e é segurança da saída deste mundo para o encontro com Ele no arrebatamento.

No dia em que Israel se preparava para comemorar a Páscoa, o Senhor Jesus reuniu os discípulos e depois de comerem a páscoa segundo a Lei, tomou o PÃO e o repartiu com eles, dizendo: "Este é o meu corpo que é partido por vós..."  Depois tomou o cálice e deu-o a todos, dizendo: "Este cálice é meu sangue, que é derramado por vós, bebei dele todos". O Senhor estava assim, estabelecendo a Nova Aliança, colocando o PÃO e o VINHO como elementos principais, tipificando seu CORPO e seu SANGUE, mostrando que através da comunhão, da vida no corpo (igreja) e do clamor pelo seu sangue, teríamos vida eterna.

Hoje o clamor nos livra do pecado, do mundo e do poder do inimigo. O sangue é o sinal no nosso coração de que pertencemos ao Senhor. Temos que viver sua Obra sem perda de tempo, pois o Senhor tem pressa em levar a sua igreja, retirando-a deste mundo para introduzi-la na Terra Prometida, onde viverá eternamente. Vivendo a Obra revelada, vivemos a Páscoa, pois ela é Jesus na nossa vida todos os dias por toda a eternidade (João 6: 57).


 É A FESTA DA PÁSCOA. MARANATA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário