BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Comprar Rodas... Para Que?



Comprar Rodas... Para Que?
"... porque para isso foste trazido para aqui; anuncia,
pois, à casa de Israel tudo quanto estás vendo" (Ezequiel
40:4).


Certo homem idoso tinha a mania de comprar rodas de todos os
tipos que encontrava. Rodas de trem, de automóvel ou de um
carrinho de mão, o deixavam inquieto até adquiri-las. Em
toda a sua vida ele não possuiu um único carro, nem mesmo de
mão. Ele comprava as rodas apenas por comprar, porque nunca
as usou para coisa alguma. Ele é uma cópia exata do homem
que crê que uma igreja bem sucedida é aquela que trabalha
meramente para ganhar almas, sem se importar em instruir
aqueles que chegam que foram salvos para servir. Em um
grande número de igrejas onde essa ideia é seguida, os
convertidos não passam de meras rodas e parafusos que são
inúteis, pois, não são usados para nada. "Salvos para
servir" é um bom lema, mas exige mais do que estamos
dispostos a considerar. As pessoas que são salvas precisam
ser treinadas para servir a Deus após receberem a salvação.
Não é suficiente dizer às pessoas que devem ser boas.
Precisamos dizer-lhes que devem ser boas para um fim.
(Mattie Boteler)


Que tem acontecido em nossas igrejas atualmente? Qual tem
sido seu trabalho? Em que tem empregado seu tempo? O que as
pessoas pensam ao entrar em uma igreja e o que elas fazem
depois que entram?


O mundo está se perdendo e ninguém está se importando com
isso. O ódio está tomando conta dos homens e ninguém está
semeando amor e compreensão. A desilusão e a desesperança
têm sido vistas em todo lugar -- até nas igrejas -- e
ninguém está se dispondo a repartir sua fé. O mundo está
faminto e não há quem lhes leve alimento.


O que nós estamos fazendo? Para que temos Jesus no coração?
Qual tem sido nosso testemunho -- será que estamos
testemunhando alguma coisa? Jesus nos disse: "Vocês existem
para dar frutos", mas, como daremos frutos se nem "árvores
plantadas junto a ribeiros" temos sido?


Não estamos aqui somente para comprar rodas, mas, para fazer
o carro andar. Os perdidos estão esperando que cheguemos a
eles, que lhes estendamos as mãos, que lhes mostremos o
verdadeiro caminho da felicidade: Jesus Cristo.
 
Blog do Para Refletir. Faça uma Visita!
Blogger
Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet! Visite minha homepage:
Escuro Iluminado

Assine a Lista de Reflexões
Caso você deseje receber as reflexões diárias diretamente em sua mailbox, preencha o campo abaixo com seu email e clique o botão enviar.
Clique aqui para assinar 

O Que significa Um Nome?



"Aquele que habita no abrigo do Altíssimo e descansa à sombra do Todo-poderoso pode dizer ao Senhor: Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio." (Salmo 91:1-2)

Para mostrar-nos diferentes aspectos de Sua natureza, Deus dá nomes diferentes para Si mesmo. As palavras usadas no Salmo 91:1-2 incluem: 'Elyôn, Shaddai, Yahweh e 'Elōhîm.

Primeiro temos "o Altíssimo": "Aquele que habita no abrigo do Altíssimo..." A palavra hebraica usada aqui para Altíssimo, 'Elyôn, fala de posse. É a ideia de ser dono de alguma coisa. Simplesmente nos lembra que Deus é Dono e Possuidor de tudo, incluindo eu e você.

Depois vem a palavra "Todo-poderoso": "Aquele que descansa à sombra do Todo-poderoso...". Essa é a palavra Shaddai. A ideia é a de prover. É maravilhoso saber que Deus possui tudo; mas é também fantástico saber que Ele quer prover todas as coisas para nós. Não só é um Deus vivo, mas é também um Deus de dádivas.

Temos ainda "o Senhor": "Pode dizer ao Senhor..." Essa frase "o Senhor" é Yaweh, um nome único com que Deus Se chamou perante Seu próprio povo, os hebreus. Refere-se à aliança e à Sua promessa feita a eles.

Por fim, há "o meu Deus": "O meu Deus, em quem confio". Esta é a palavra hebraica 'Elōhîm, que nos diz que há um Deus plural - um Deus triuno, ou "três em um": o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Também nos lembra do poder de Deus.

Então, quando colocamos tudo junto, vemos que o Deus onipotente e onisciente que possui os céus e a terra e que estabeleceu uma aliança especial conosco, também quer prover todas as nossas necessidades.
Quero saber mais a respeito desse Deus maravilhoso
- Você não?

terça-feira, 30 de julho de 2013

Estendendo Ambas As Mãos


Estendendo Ambas As Mãos
"O que confia no SENHOR, esse é feliz" (Provérbios 16:20).


Uma jovem senhora estava cruzando o gelo quando esse se
quebrou e ela começou a afundar no lago gelado. Um
cavalheiro, ouvindo seu grito pedindo ajuda, correu para o
local. Ele estendeu ambas as mãos, dizendo: "Levante suas
mãos, segure firmemente as minhas e eu salvarei você". Ela
respondeu: "Ó, eu não posso erguer ambas as mãos, uma está
firmada no gelo e se eu levantá-la, certamente afundarei".
Ele respondeu: "Pode soltar a mão do gelo. Confie em mim e
eu tirarei você". Ela obedeceu e, com grande regozijo, foi
retirada. Da mesma forma, Cristo salva os pecadores. Eles
precisam somente levantar ambas as mãos e confiar plenamente
nEle. (William Heslop)


Se estamos passando por momentos angustiantes, sem forças
para seguir em frente, sem ânimo para lutar contra as
adversidades que estamos enfrentando, é hora de levantarmos
as mãos e segurar nas mãos de Deus. Se as dúvidas nos
assaltam, se já corremos por todos os cantos em busca de
socorro, se estamos a ponto de desistir de tudo, confiemos
no Senhor -- levantemos nossas mãos e deixemos que Ele nos
conduza em paz e segurança pelos caminhos da vida abundante
e eterna.


Muitas vezes estamos afundando em nossos equívocos,
sucumbindo nas ondas de uma vida cheia de pecados, descendo
rapidamente o abismo das desilusões e, mesmo assim,
continuamos nos firmando nos motivos de nossa perdição. O
Senhor nos estende as mãos e nos diz: "Eu estou aqui! Segure
minhas mãos... Eu salvarei você. Eu tenho bênçãos
maravilhosas para te dar... Eu quero escrever seu nome em
meu livro santo... Eu quero te dar a felicidade que você
tanto tem buscado."


Quando estendemos ambas as mãos para Jesus, caminhamos em
paz e segurança, sorrimos e cantamos enquanto caminhamos,
somos felizes em cada ponto dessa caminhada.


Só afundamos se não levantarmos as mãos para segurar nas de
Deus. Eu já levantei as minhas... e você?
 

Blog do Para Refletir. Faça uma Visita!
Blogger
Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet! Visite minha homepage:
Escuro Iluminado

Assine a Lista de Reflexões
Caso você deseje receber as reflexões diárias diretamente em sua mailbox, preencha o campo abaixo com seu email e clique o botão enviar.
Clique aqui para assinar 

Buscando a Deus



"Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim". (João 15:4)

Ao olharmos as manchetes de hoje, chegamos à conclusão de que vivemos em tempos muito tristes. Há uma grande incerteza sobre o futuro, especialmente entre jovens de vinte e poucos anos. Muitos sentem que não têm no que crer, ninguém para acreditar ou confiar além de si próprios.
Mas, eu gostaria de dizer que há sim, algo para se crer. Há alguém em quem podemos confiar: não em nós mesmos, mas no Deus que nos criou.

- Por que estou aqui? Qual é o meu propósito na vida? Estas são perguntas que todos - especialmente os jovens - devem fazer ao olhar para o futuro. Se não tivermos objetivos e nenhum propósito; se não tivermos princípios orientadores, perderemos nossas vidas, como tantos outros já o fizeram. Como já foi dito:  "Qualquer lugar serve para quem não sabe aonde vai".

Segundo a Bíblia, a felicidade, a satisfação e a alegria não são encontradas simplesmente ao procurarmos por elas. Nós as encontramos somente quando buscamos algo maior. Jesus disse: "Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim." (João 15:4).
Colocando de outra maneira: se você buscar a Deus e viver de acordo com o Seu plano para a sua vida, você encontrará a felicidade, a satisfação e a alegria. Não através da busca dessas coisas em si mesmas; mas, buscando a Deus é que você chegará a elas.
Por isso, busque-O!

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Crescendo em Oração - Solidariedade



"Cada um cuide, não somente dos seus interesses, mas também dos interesses dos outros. " (Filipenses 2:4)

Quando olhamos para o verbo cuidar, temos geralmente uma visão muito pragmática, ao associarmos com algo que precisa ser feito e não necessariamente um pensamento, filosofia ou sentimento. Exatamente neste vetor quero colocar a oração com algo de extremamente prático, algo de pouca teoria e muita aplicação - e algo no qual precisamos crescer.

Cuidar é dar atenção, prestar atenção, olhando com cuidado, reparando nos detalhes. É não deixar passar em branco como se fosse invisível. A causa do meu irmão é interesse dele, mas eu posso cuidar dando atenção - sem bisbilhotar, sem me intrometer, sem ingerência.

Cuidar é agir para que algo termine bem, especialmente lembrando que muito ajuda quem não atrapalha. Se eu puder ajudar, quero ser abençoador, mais bem aventurado é dar. Se não posso, quero sair da frente e não ser pedra de tropeço no caminho.

Cuidar é proteger, e em se tratando de interesses de outros é sempre mais difícil. Mas eu posso proteger o meu irmão para que o interesse dele seja cumprido. Posso protegê-lo não falando mal dele, não permitindo que falem, não me juntando com quem fala.

Cuidar é priorizar, colocar primeiro, não esquecer, não deixar para depois. Cuidar é considerar mais importante orar pelo que é do irmão do que pelo que é meu. Às vezes, isso nos coloca no risco do exagero e negligência das próprias necessidade, mas eu creio de coração que podemos assumir esse risco.

Cuidar é orar. Orar é cuidar. É uma das formas mais sublimes de cuidado. Se realmente crescermos em oração, aprenderemos a cuidar daquilo que é do interesse dos irmãos, para com isso alcançar um nível de crecimento em oração. Não é um mero procedimento, é mais do que isso. É um estilo de vida com Deus. Nosso desafio é superar o desejo de só cuidar de nós mesmos.

"Senhor, me ajuda a encontrar uma forma de vencer meu egoísmo, centrado em mim mesmo. Quero realmente crescer na Tua presença para poder abençoar meus irmãos."

Mário Fernandez

Deixe o seu comentário no site: http://www.ichtus.com.br/dev/2013/07/29/crescendo-em-oracao-solidariedade/









Guardando O Que Doamos



Guardando O Que Doamos
"Distribui, dá aos pobres; a sua justiça permanece para
sempre, e o seu poder se exaltará em glória" (Salmos 112:9).


Conta-se uma história sobre Sadie Sieker, que serviu por
muitos anos cuidando de filhos de missionários nas
Filipinas. Sadie amava livros. Alguns ela emprestou, mas, a
maior parte ela guardou em um baú embaixo de sua cama. Certa
vez, na calada da noite, Sadie ouviu um fraco som que
parecia o de algo sendo roído. Depois de procurar por todo o
quarto, ela descobriu que o ruído vinha de seu baú. Quando
ela o abriu, encontrou apenas papel rasgado e pó. Todos os
livros que havia guardado foram destruídos por cupins.


Temos aprendido a servir ao Senhor através da generosidade?
Temos oferecido aos que pouco ou nada têm, aquilo que Deus
tem nos dado com abundância? Temos mostrado Cristo através
de atitudes de amor? Ou as nossas ações apenas provam que
somos egoístas, avarentos e indiferentes aos que estão ao
nosso redor?


O apóstolo Paulo nos disse: "julgai todas as coisas, retende
o que é bom" (1 Tessalonicenses 5:21). Podemos aplicar esse
versículo nas palavras da entrevista do Papa Francisco:
"Acho absurdo um sacerdote andar de carro de luxo enquanto
muitos vivem em extrema pobreza. Acho também absurdo o
grande desperdício de comida quando muitos povos não têm
nada para comer". E esta tem sido uma grande verdade no
mundo de hoje. A maior parte de nossas igrejas está
preocupada apenas em ganhar dinheiro... muito dinheiro... e
continua indiferente às necessidades de tantos que estão bem
próximos a ela.


O que adianta eu acumular tesouros que não poderão ser
levados conosco para o Céu de glória? Para que acumular
saldos imensos nos bancos que eu não conseguirei gastar até
o final de minha vida? De que adianta eu ter tudo e não ter
amor? De que servirá eu ter ganho tudo neste mundo e ouvir o
Senhor me dizer: "Não vos conheço"?


O que nós doamos, nós mantemos. O que nós acumulamos, nós
perdemos. Doe o seu amor, a sua fé, a sua esperança, e seu
baú espiritual estará cheio ao encontrar-se com Deus!
 
Blog do Para Refletir. Faça uma Visita!
Blogger
Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet! Visite minha homepage:
Escuro Iluminado

Assine a Lista de Reflexões
Caso você deseje receber as reflexões diárias diretamente em sua mailbox, preencha o campo abaixo com seu email e clique o botão enviar.
Clique aqui para assinar 

Devocionais Diários

Devocionais Diários


Em Harmonia com Deus

Posted: 28 Jul 2013 08:01 PM PDT

"Aquele que afirma que permanece nele, deve andar como ele andou." (1 João 2:6)

A palavra "andar" refere-se a regularidade, a mover-se num certo ritmo. A Bíblia nos fala em Gênesis 5 a respeito de Enoque, como sendo um homem que andava com Deus. - Mas, o que significa realmente "andar com Deus"? O profeta Amós levantou a questão: "Duas pessoas andarão juntas se não tiverem de acordo?" (Amós 3:3). A ideia de se andar com alguém é a de caminhar com esse alguém mantendo um ritmo, uma harmonia.

Tenho problemas com a minha esposa quando caminhamos juntos. Eu sempre caminho um pouco mais rápido do que ela. Quando noto que estou um pouco à frente, paro e espero por ela. Começo a caminhar mais devagar; mas quando vejo, lá estou eu indo mais rápido de novo.

Quando o assunto é caminhar com Deus, alguns tentam ir à frente dEle. Outros ficam para trás. Precisamos acompanhá-lo com harmonia. Precisamos permanecer perto dEle, comprometendo-nos com isso.

- Mas o que isso quer dizer, na prática? Como fazemos isso?
Isso quer dizer dedicar um tempo às coisas de Deus. Significa acordar de manhã cedo e dedicar um tempo à leitura da Bíblia. Se negligenciarmos a Palavra de Deus, isso terá um reflexo ruim em nossa vida. Permanecer em Jesus também significa investir tempo em comunhão com o povo de Deus.

Dedique um tempo às coisas de Deus. Não espere que essa disponibilidade de tempo simplesmente surja em sua vida. Tente ajustar a sua agenda de compromissos. Se isso significar uma hora a menos de sono, sem problemas. Se significar pular uma refeição, que assim seja. Se significar perder um programa de televisão, tudo bem. Faça o que for preciso para achar esse tempo, porque essas coisas são essenciais para o crescimento espiritual: permanecer em Deus e dar frutos espirituais.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

A Estratégia Do Grão De Mostarda

 







 Pr. Olavo Feijó

Lucas 13:19 - É semelhante ao grão de mostarda que um homem, tomando-o, lançou na sua horta; e cresceu, e fez-se grande árvore, e em seus ramos se aninharam as aves do céu.

Jesus, como sempre, ensina a Seus discípulos estratégias que nada se parecem com os critérios deste mundo. O Reino de Deus "é como uma semente de mostarda, que um homem pega e planta na sua horta. A planta cresce e fica uma árvore e os pássaros fazem ninhos nos seus ramos." (Lucas 13:19).

Não faltaram líderes cristãos que, desde o primeiro século, resolveram modificar as estratégias estabelecidas por Jesus, para o Seu Reino. O cúmulo desse processo de desrespeito aconteceu quando os cristãos concordaram em ser a religião oficial do Império Romano. Quem acredita, hoje, no poder de uma semente de mostarda?

O ensino de Jesus é absurdamente claro: uma fé do tamanho insignificante de uma semente de mostarda, colocada sob o senhorio de Deus, significa "poder par fazer qualquer coisa" (Mateus 17:20). Como é meio esquisito crer nessas estratégias do Mestre, as "montanhas" continuam no mesmo lugar, atravancando igrejas e cristãos. A vergonha dos "demônios" que nos desafiam somente desaparecerá com as esquisitas sementes da "oração e do jejum".
 

Por favor não responda a esse email. Clique aqui se você deseja falar com a nossa equipe.
Respeitamos sua privacidade - você está recebendo esse email por estar cadastrado no AmorEmCristo.com.
Se deseja cancelar o envio de devocionais, clique aqui para para alterar a configuração de emails da sua conta.

© Copyright 2013 AmorEmCristo.com. Todos os direitos reservados.

As regras do desvencilhar

  

Ministérios RBC
NOSSO ANDAR DIÁRIO/NOSSO PÃO DIÁRIO
 
As regras do desvencilhar
Leitura: Mateus 13:1-9
Outra parte caiu em solo rochoso, onde a terra era pouca, e logo nasceu… —Mateus 13:5
Uma pequena área do meu jardim parecia simplesmente não funcionar. A grama sempre parecia escassa nesse ponto, indiferente do quanto eu regasse.
Portanto, certo dia finquei uma pá neste pedaço problemático do meu jardim e descobri o problema: Logo abaixo da superfície havia uma camada de pedras de cerca de sete centímetros de profundidade. Substitui as pedras por um solo rico no qual as novas sementes poderiam se enraizar.
Jesus falou sobre sementes e solos. Em uma parábola no livro de Mateus 13 sobre o que acontece quando a semente do evangelho é semeada em vários tipos de terreno, Ele afirmou que as sementes que caem em pedras e não há "terra bastante" crescem rapidamente, mas, em seguida, queimam com o sol (vv.5-6). Ele se referia a alguém que ouvira e recebera o evangelho, mas em cuja vida a mensagem não se enraizara. Quando as dificuldades chegam, esta pessoa — que não é um verdadeiro cristão — cai.
Podemos ser bem agradecidos pelas palavras de Jesus que concluem esta parábola: "…o que foi semeado em boa terra é o que ouve a palavra e a compreende; este frutifica…" (v.23). Que lembrete útil — o privilégio e a responsabilidade acompanham a nossa salvação.
Louve a Deus pela semente do evangelho e pelo solo de crescimento espiritual.
—JDB
Um coração aberto a Deus é o solo no qual a semente da Sua Palavra pode florescer. 

Fé X Lógica




"A diferença entre sonhar e realizar está em conhecer o Mestre Jesus."

Deus abençoe!!!

Renato Victor


 
Segundo o dicionário brasileiro globo. FÉ significa convicção, credito na existência de um fato.

Segundo a bíblia: a FÉ é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem. Hebreus 11.1

Lógica: Segundo o dicionário brasileiro globo. É a ciência que tem por objeto o estudo das leis do raciocínio; coerência; raciocínio encadeado; ligação de ideias. Portanto a lógica está ligada a compreensão humana, enquanto que a fé vai além da compreensão.

Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. I Coríntios 2.14

É bom entender que a fé é algo espiritual e está vinculada ao mundo espiritual, portanto não tem como os recursos humanos detectar o conteúdo da fé, apenas podemos visualizar os grandessíssimos resultados dela.

A fé não tem lógica, não da para explicar a fé usando a lógica. à fé é para ser vivida e não explicada.

E aí alguém poderia dizer; mas como viver algo que não tem explicação? Eu diria que, é mais fácil viver algo que não se explica do que explicar algo que não se vive.

Na rodovia da lógica, fé é a contramão. Enquanto a lógica leva ao alcance do possível a fé nos leva a alcançar o impossível. A lógica nos mostra aquilo que é visível e a fé nos mostra o invisível. A lógica revela que não há cura para determinadas enfermidades, a fé determina a cura para todas as enfermidades.

A lógica responde aos anseios da razão a fé responde aos anseios da alma.

Muitos procuram encontrar na lógica a razão para crer; como diz o ditado popular: é preciso ver para crê. Porém, há muitas coisas que não vemos, mais cremos, como por exemplo, o vento ninguém ve, mas todos creem que ele existe.

A fé tem sua origem na palavra de Deus. Em Romanos 10.17 diz: De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. Não espere acontecer algum milagre para que você possa crer, comece agora mesmo a ouvir a palavra de Deus, e a fé nascerá em seu coração, e através da fé os milagres irão acontecer.

A bíblia diz: Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus? João 11.40. Não é: ver para crer é crer para ver.

Lembrando que o simples fato de crer em alguma coisa não é o suficiente. Pois a fé não é a fonte do poder, ela é apenas o canal e depende da fonte. Se a fonte estiver vazia o canal também estará. Se o que você crê esta morto, a sua fé também estará. A fé em Deus não gera o poder de Deus, ela apenas canaliza.

Agora preste atenção: se você crer no Deus todo poderoso criador do céu e da terra, onipotente, isto indica que a fonte está cheia de poder, e nunca ficará vazia, então pela fé canalize este poder para abençoar a tua vida e a vida daqueles que te cercam.

Agora se você não crer, o que estar esperando? Uma razão lógica? Um milagre? Ou Deus falar pessoalmente com você?

Não importa qual seja a tua resposta; saiba o que a Bíblia diz: E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê. Marcos 9.23

Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam. Hebreu 11.6.

Transcrito Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/ 

Vida em Cristo : O Caminho

------------------------------------------------------------------
V I D A E M C R I S T O
- http://www.iluminalma.com -
------------------------------------------------------------------



Sexta-feira, 26 de Julho, 2013



O CAMINHO
de Dennis Downing


"Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho
que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela." Mateus 7:13

Jesus fala de uma porta e um caminho. A porta é como a nossa
conversão. É um momento transitório. É algo pelo qual passamos.

Depois de tomar aquela decisão, ainda há um longo caminho pela
frente. Como meus amigos nordestinos dizem 'É chão!'.

O caminho amplo e espaçoso nos chama. Nesse caminho há muita
liberdade. Dá para descansar, relaxar, se divertir.

Alguns dizem que há várias maneiras de seguir a Jesus (e agradar a
nós mesmos). É comum hoje em dia declarar que todas as religiões são
válidas. "Deus é um só", dizem.

Mas, por aquele caminho não chegaremos à vida. Jesus não se chama "um
dos caminhos". Jesus é "O Caminho" (João 14:6).

E este caminho é o único que leva à vida. É um caminho de abnegação e
obediência. Há perdas e privações. É por isso que ele é descrito como
"estreito".

Mas, não há só isso. É neste caminho que andamos com Jesus.
É neste caminho que começamos a enxergar cada vez mais o Pai nos
esperando adiante.
É neste caminho que descobrimos uma nova vontade nascendo em nós,
impulsionada pela presença do Espírito Santo.

Foi por este caminho que nosso Senhor andou. Para nós que realmente
conhecemos Jesus, não há outro caminho.

Continue caminhando. Não desista. Há dias cada vez melhores lhe
esperando pela frente. E não tem companheiro melhor do que Jesus ao
seu lado.

Oremos: Meu Senhor, obrigado pela sua companhia. Outra igual não há.
Peço apenas que o Senhor me alerte se eu me desviar para um lado ou
para outro. Só quero andar onde Jesus for comigo. Em nome do meu
Salvador eu oro. Amém.

Veja a imagem especial de Mateus 7:14
http://www.iluminalma.com/img/il_mateus7_14b.html
Veja também o devocional diário "Jesus disse..."
http://www.hermeneutica.com/jd/ e a nossa página no Facebook
https://www.facebook.com/jesus.disse.devocional


---
http://www.iluminalma.com/vec/1307/26-o-caminho.html
Copyright © . Todos os direitos reservados.



VIDA EM CRISTO de iluminalma
===============================================================
http://www.iluminalma.com/vec

Vida em Cristo é um devocional semanal para guiar os nossos
pensamentos e vidas mais próximas a Jesus Cristo. Os
devocionais vêm do site da internet www.iluminalma.com.
Visite http://www.iluminalma.com para descobrir ainda mais
bênçãos para a sua vida. Todos os direitos reservados,
© 2003 iluminalma.com

Este devocional foi enviado para renatovictor41.vencedor@blogger.com, que está
recebendo desde 01 Nov 2011 21:57.

COMO É QUE EU ASSINO?
É GRATIS! Para assinar, envie um correio eletrônico para:
sub-iluminalma-vec@maillists.heartlight.org

COMO É QUE EU ENCERRO MINHA ASSINATURA?
Envie uma mensagem para seu endereço particular de
encerramento de assinatura:
unsub-iluminalma-vec@maillists.heartlight.org

===============================================================

Devocionais Diários

Devocionais Diários


Criando Força

Posted: 25 Jul 2013 08:01 PM PDT

"Não só isso, mas também nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança." (Romanos 5:3-4)

Quando se quer entrar em forma, tudo começa com exercícios físicos. O primeiro dia de exercícios não é tão difícil. Mas, no dia seguinte a dor aparece. Tudo dói. Depois, você se sente ainda mais fraco, mas continua trabalhando mesmo assim. Após algum tempo, mesmo ainda sentindo-se fraco e dolorido, você começa a sentir que está ganhando força. Há um leve aumento de peso e você se esforça ainda mais. Então, de repente, você finalmente começa a perceber que está de fato ficando mais forte. É através destas etapas que o corpo reage e se fortalece.

De igual forma, precisamos fortalecer os nossos "músculos espirituais". Deus nos permite passar por dificuldades e até aumenta gradativamente o peso sobre nós. Dentro de pouco tempo, já estamos suportando muito mais do que imaginávamos. Aprendemos mais do que pensávamos. Fazemos mais do que imaginávamos e desenvolvemos em nossas almas uma resistência heroica, perseverança e força que só vêm por meio das dificuldades.

A Bíblia nos diz: "Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma." (Tiago 1:2-4). Na língua original, a palavra usada aqui para "perseverança" significa "resistência", "firmeza", ou simplesmente "poder de permanência."

Se você estiver atravessando no momento um período de testes e experimentação, saiba que Deus tem um propósito nisso.
- Quem sabe se Deus não está  lhe preparando e treinando para aquilo que Ele vai fazer em sua vida amanhã?

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Arrogância e soberba

 

Ministérios RBC
NOSSO ANDAR DIÁRIO/NOSSO PÃO DIÁRIO
 
Arrogância e soberba
Leitura: Provérbios 8:12-21
…a soberba, a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu os aborreço. —Provérbios 8:13
Em Cartas de um diabo ao seu aprendiz, livro escrito por C. S. Lewis, um demônio veterano incita o seu jovem protegido a desviar os pensamentos de um cristão para longe de Deus e concentrar-se nas falhas das pessoas ao seu redor na igreja.
Durante um culto de domingo, me distraí e me irritei com uma pessoa perto de mim que cantava alto, desafinado e estava fora de sincronia durante as leituras em uníssono. Mas quando inclinamos a cabeça para um momento de oração silenciosa, veio-me à mente a ideia de que certamente o Senhor devia estar mais satisfeito com o coração da outra pessoa do que com os sentimentos de julgamento que Ele viu no meu.
Poucos dias depois, eu li o capítulo de Provérbios 8 e fui impactado pelo versículo 13: "…a soberba, a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu os aborreço". Por todo este capítulo, a sabedoria nos convoca a termos um coração compreensivo (v.5) e a encontrar vida e obter o favor do Senhor (v.35). A alternativa é passar pela vida com uma atitude superior, morrendo por dentro durante o processo (v.36).
O orgulho é uma espada que fere a pessoa que o utiliza, e fere também aqueles contra os quais o orgulho é utilizado. A arrogância nos rouba tudo o que Deus deseja nos dar, mas a "…humildade e o temor do Senhor são riquezas, e honra, e vida" (22:4)
—DCM
O orgulho traz vergonha. A humildade traz sabedoria. 

O que a própria Bíblia ensina a respeito de sua inspiração

 
A Bíblia declara ser um livro dotado de autoridade divina, resultante de um processo pelo qual homens movidos pelo Espírito Santo escreveram textos inspirados (soprados) por Deus. Vamos agora examinar em minúcias o que significa essa declaração.

A inspiração é verbal.
Independentemente de outras afirmações que possam ser formuladas a respeito da Bíblia, fica bem claro que esse livro reivindica para si mesmo esta qualidade: a inspiração verbal. O texto clássico de 2Timóteo 3.16 declara que as graphã, i.e., os textos, é que são inspiradas. "Moisés escreveu todas as palavras do Senhor..." (Êx 24.4). O Senhor ordenou a Isaías que escrevesse num livro a mensagem eterna de Deus (Is 30.8). Davi confessou: "O Espírito do Senhor fala por mim, e a sua palavra está na minha boca" (2Sm 23.2). Era a palavra do Senhor que chegava aos profetas nos tempos do Antigo Testamento. Jeremias recebeu esta ordem: "... não te esqueças de nenhuma palavra" (Jr 26.2).

No Novo Testamento, Jesus e seus apóstolos ressaltaram a revelação registrada ao usar repetidamente a expressão "está escrito" (v. Mt 4.4,7; Lc 24.27,44). O apóstolo Paulo testemunhou: "... falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina..." (1Co 2.13). João nos adverte quanto a não "tirar quaisquer palavras do livro desta profecia" (Ap 22.19).

As Escrituras (i.e., os escritos) do Antigo Testamento são continuamente mencionadas como Palavra de Deus. No célebre sermão da montanha, Jesus declarou que não só as palavras, mas até mesmo os pequeninos sinais diacríticos de uma palavra hebraica vieram de Deus: "Em verdade vos digo que até que a terra e o céu passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido" (Mt 5.18).

Portanto, o que quer que se diga como teoria a respeito da inspiração das Escrituras, fica bem claro que a Bíblia reivindica para si mesma toda a autoridade verbal ou escrita. Diz a Bíblia que suas palavras vieram da parte de Deus.

A inspiração é plena.
A Bíblia reivindica a inspiração divina de todas as suas partes. É inspiração plena, total, absoluta. "Toda Escritura é divinamente inspirada..." (2Tm 3.16). Nenhuma parte das Escrituras deixou de receber total autoridade doutrinária. A Escritura toda (i.e., o Antigo Testamento integralmente), escreveu Paulo, "é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça" (2Tm 3.16). E foi além, ao escrever: "... tudo o que outrora foi escrito, para o nosso ensino foi escrito" (Rm 15.4).

Jesus e todos os autores do Novo Testamento exemplificam amplamente sua crença firme na inspiração integral e completa do Antigo Testamento, citando trechos de todas as Escrituras que eram para eles de autoridade, até mesmo os que apresentam ensinos fortemente polêmicos. A criação de Adão e de Eva, a destruição do mundo pelo dilúvio, o milagre de Jonas e o grande peixe e muitos outros acontecimentos são mencionados por Jesus deixando bem clara a autoridade deles (v. cap. 3). Todo trecho das Sagradas Escrituras reivindica total e completa autoridade. A inspiração da Bíblia é plena.

Tudo quanto a Bíblia ensina, quer no Antigo, quer no Novo Testamento, é integralmente dotado de autoridade divina. Nenhum ensino das Escrituras deixou de ter origem divina. O próprio Deus inspirou as palavras usadas para exprimir os ensinos proféticos. Repitamos: a inspiração é plena, a saber, completa e integral, abrangendo todas as partes da Bíblia.

A inspiração atribui autoridade.
Fica, pois, saliente o fato de que a inspiração concede autoridade indiscutível ao texto ou documento escrito. Disse Jesus: "... a Escritura não pode ser anulada..." (Jo 10.35). Em numerosas ocasiões o Senhor recorreu à Palavra de Deus escrita, que ele considerava árbitro definitivo em questões de fé e de prática. O Senhor recorreu às Escrituras como a autoridade para ele purificar o templo (Mc 11.17), para pôr em cheque a tradição dos fariseus (Mt 15.3,4) e para resolver divergências doutrinárias (Mt 22.29). Até mesmo Satanás foi repreendido por Cristo mediante a autoridade da Palavra escrita de Deus: "Está escrito [...] Está escrito [...] Está escrito...". Jesus contra-atacou as tentações de Satanás com a Palavra de Deus escrita (Mt 4.4,7,10).

Algumas vezes, Jesus declarou o seguinte: "... era necessário que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos" (Lc 24.44). Todavia, é em outra declaração de Jesus que encontramos apoio ainda mais forte do Senhor à autoridade inquestionável das Escrituras: "É mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til sequer da lei" (Lc 16.17).

A Palavra de Deus não pode ser anulada. Provém de Deus e está envolta na autoridade divina que o próprio Deus lhe concedeu.

Extraído do livro INTRODUÇÃO BÍBLICA de Norman L. Geisler / William E. Nix

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/  

Perdão dos Pecados

 







  |  Pastor Sérgio Fernandes

Romanos 5:16 - E não foi assim o dom como a ofensa, por um só que pecou. Porque o juízo veio de uma só ofensa, na verdade, para condenação, mas o dom gratuito veio de muitas ofensas para justificação.

O quinto efeito prático da salvação é o perdão dos pecados. O perdão é aquilo que nos liberta da condenação. Quando não perdoamos e não somos perdoados, nos tornamos pessoas apáticas, tristes, sem vida, sem alegria. O pecado de Adão afetou toda a humanidade. A morte física e a morte espiritual são resultado direto do pecado que ele cometou.

O pecado de Adão trouxe morte, mas a cruz de Cristo trouxe vida. Pelo pecado de Adão muitos morreram e ainda morrerão. Pela morte de Jesus, muitos foram trazidos a vida e ainda serão. Mesmo que você não leve a sério esse assunto, o seu pecado lhe afasta de Deus e você um dia precisará responder a Deus de que maneira você tratou o problema do pecado. Graças a Deus por termos uma solução tão maravilhosa, que é a morte de Jesus e o seu sangue redentor.

Quem recebe a Cristo recebe o perdão dos seus pecados.

Pr. Olavo Feijó
 Gotas Bíblicas
Assim Diz O Senhor  |  Pr. Olavo Feijó

Jeremias 6:16 - Assim diz o SENHOR: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele; e achareis descanso para as vossas almas; mas eles dizem: Não andaremos nele.

O Senhor continua falando e nos dando soluções. Por que continuamos rejeitando?

Clique aqui para ler essa Devocional inteira
 

Por favor não responda a esse email. Clique aqui se você deseja falar com a nossa equipe.
Respeitamos sua privacidade - você está recebendo esse email por estar cadastrado no AmorEmCristo.com.
Se deseja cancelar o envio de devocionais, clique aqui para para alterar a configuração de emails da sua conta.

© Copyright 2013 AmorEmCristo.com. Todos os direitos reservados.

Cristo: Quem És?

 







 |  Pr. Olavo Feijó

Atos dos Apóstolos 26:15 - E disse eu: Quem és, Senhor? E ele respondeu: Eu sou Jesus, a quem tu persegues;

No caminho para Damasco, Saulo foi confrontado por uma entidade muito intensa, que se comunicou com ele. Confuso e cego pela brilhante luz, Saulo clamou: "Então eu perguntei - Quem é o Senhor? – E o Senhor respondeu: 'Eu sou Jesus, Aquele que você persegue." (Atos 26:15).

O mundo não é caótico. Há um Criador que, detalhadamente, administra o universo. Porque somos parte da Sua criação e dos Seus objetivos, pertencemos ao grande sistema estabelecido por Ele. Jesus declarou que o Senhor confere até a queda de um fio de cabelo nosso! (Mateus 10:30).

A experiência da conversão de Paulo nos ensina, pelo menos, uma coisa: para conhecer a Deus, é necessário perguntar a Ele. O salmista afirma que um coração que pergunta a Deus é sempre respeitado e atendido (Salmo 51:6). Só pergunta quem pretende resposta. Saulo levou a sério a resposta de Jesus. Vida cristã é levar a sério as respostas que Cristo nos dá.
Pastor Sérgio Fernandes
 Palavra Que Transforma
Graça Mais que Abundante  |  Pastor Sérgio Fernandes

Romanos 5:20 - Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça;

O sexto efeito prático da salvação é o dom da graça de Deus. Graça é favor imerecido. Assim como a misericórdia é Deus não nos dar aquele que merecemos, a graça é Deus nos dar aquilo que não merecemos.

Clique aqui para ler essa Devocional inteira
 

Por favor não responda a esse email. Clique aqui se você deseja falar com a nossa equipe.
Respeitamos sua privacidade - você está recebendo esse email por estar cadastrado no AmorEmCristo.com.
Se deseja cancelar o envio de devocionais, clique aqui para para alterar a configuração de emails da sua conta.

© Copyright 2013 AmorEmCristo.com. Todos os direitos reservados.

Construção de estrada

 

Ministérios RBC
NOSSO ANDAR DIÁRIO/NOSSO PÃO DIÁRIO
 
Construção de estrada
Leitura: Jeremias 31:31-34
…libertados da lei […] de modo que servimos em novidade de espírito… —Romanos 7:6
Onde moramos, nós brincamos que temos duas estações: inverno e construção de estradas. Os invernos rigorosos danificam as superfícies das estradas, e as equipes de reparos começam o seu trabalho logo que o gelo derrete e o solo degela. Embora chamemos este trabalho de "construção", o que eles fazem parece "destruição". Às vezes, remendar os buracos não é opção. É preciso reconstruir a antiga estrada.
Sentimos isso quando Deus age em nossas vidas. Por todo o Antigo Testamento, Deus disse ao Seu povo para esperarem por uma grande renovação no caminho entre Ele e o povo (Isaías 62:10-11; Jeremias 31:31). Quando Deus enviou Jesus, para os judeus pareceu como se o caminho deles para chegar a Deus estivesse sendo destruído. Mas Jesus não estava destruindo nada. Ele estava completando (Mateus 5:17). O antigo caminho, pavimentado com leis tornou-se um caminho novo pavimentado com o amor sacrificial de Jesus.
Deus ainda está agindo, substituindo os antigos caminhos do pecado e legalismo pelo caminho de amor que Jesus completou. Quando Ele remove nossa antiga maneira de pensar e agir, pode nos parecer como se tudo o que nos fosse familiar estivesse sendo destruído. Mas Deus não está destruindo nada, Ele está construindo um caminho melhor. E podemos confiar que o resultado final será de relacionamentos mais tranquilos com os outros e um relacionamento mais íntimo com Ele.
—JAL
Com frequência, a perturbação precede o progresso espiritual. 

O segredo de pertencer ao Reino de Deus

 
Uma pessoa se torna vitoriosa a partir do momento em que passa a fazer parte do Reino de Deus.

Quando alguém abre o seu coração para aceitar Jesus Cristo como o seu único e suficiente Salvador e Senhor da sua vida, os pecados, todos eles, independente do que a pessoa tenha feito, são perdoados, cancelados e lançados no mar do esquecimento. Então, a pessoa adquire um novo modo de pensar, falar e agir. Ela passa a ter uma nova mentalidade: a mente de Cristo.

Sendo assim, se você deseja ser uma pessoa vitoriosa, abençoada, próspera física, emocional e espiritualmente, abra seu coração e confesse com a sua boca que aceita o Senhor Jesus como o Senhor da sua vida. Visite igrejas evangélicas e faça parte daquela na qual você se sinta bem.

Integrando o Corpo de Cristo, você estará alistando-se em um exército de pessoas vitoriosas nesta terra, que, independente das circunstâncias, creem em todas as promessas da Bíblia Sagrada e tomam posse, pela fé, de todas elas.

Convido você a fazer parte deste Reino. Se já faz parte dele, meu convite é para que reforce e renove a sua fé nas promessas de Deus, pois a Palavra nos incentiva a olharmos para Jesus e guardarmos a fé que professamos.

Nunca deixe nada nem ninguém fazer com que você esqueça este grande segredo: Você é uma pessoa amada, aceita, escolhida e chamada por Deus para fazer parte do Seu Reino aqui na terra; portanto, é vitoriosa por meio de Cristo Jesus! Cultive pensamentos e atitudes de alguém que, mesmo passando por adversidades, sabe quem é e a que Reino pertence.

Tome posse deste segredo: você é propriedade exclusiva de Jesus Cristo, você tem a marca dele, o Espírito Santo!

Em Efésios 1.4 (NTLH) está escrito: Antes da criação do mundo, Deus já nos havia escolhido para sermos dele por meio da nossa união com Cristo, a fim de pertencermos somente a Deus e nos apresentarmos diante dele sem culpa.

Viva como uma pessoa vitoriosa, adorando, louvando, agradecendo, intercedendo e fazendo a diferença onde você pisar. Saiba que Ele colocou você nesta terra para desempenhar um propósito específico, que só você pode realizar.

O propósito de Deus para nós é que sejamos cada dia mais parecidos com Ele, que o adoremos diariamente e enchamos a terra de adoradores dele. Foi para isto que Ele nos criou. Estamos aqui para expandir o Seu Reino, que nunca terá fim.

Quando compreender que faz parte do Reino de Deus para ser como Cristo foi aqui, você se esforçará para ser melhor a cada dia e fará o que estiver ao seu alcance para que as pessoas à sua volta e aquelas com as quais se relaciona sejam atraídas a Jesus, tornando-se também melhores.

Deus deseja que na sua família, na sua vizinhança, na sua igreja e no seu trabalho você seja uma bênção e transmita as boas-novas às pessoas. Ele conta com você. Ele tem colocado você em determinados lugares porque, por seu intermédio, pessoas serão alcançadas para Cristo e passarão a fazer parte do Reino de Deus.

Creia que o Senhor vai capacitar você [...]. Aceite sua missão e promova o Reino de Deus. Este é o segredo para ser uma pessoa vitoriosa!

Drª Elizete Malafaia 

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/