BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Franco Acesso



"Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade, para o louvor da sua gloriosa graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado." (Efésios 1:5-6)

Nos primeiros versículos da curta epístola de Judas, ele usa duas vezes uma importante palavra: "amados". No versículo 1, ele escreve: "aos que foram chamados, amados por Deus Pai e guardados por Jesus Cristo." Judas também começa o versículo 3 com a palavra amados. Aqui temos uma verdade fundamental, que Judas traz à tona: Somos os amados de Deus.

Ouvimos falar frequentemente daquilo que deveríamos fazer por Deus. No entanto, a ênfase da Bíblia não está no que deveríamos fazer por Deus, mas naquilo que Deus fez por nós. Se pudermos apegar-nos a isso com mentes e corações, mudaremos nossa visão e nossas ações. Quanto mais entendermos o que Deus fez por nós, mais vamos querer fazer por Ele.

Isso é importante, pois o diabo gosta de nos afastar da oração, dizendo-nos que não somos dignos de chegar a Deus: "-Você acha que Deus vai escutar suas orações depois daquilo que você fez?"
Mas, a verdadeira pergunta que se deve fazer é esta: - "Jesus Cristo é digno de ir à presença de Deus sempre que quiser?"
É claro que é.

O fato é que fomos adotados "gratuitamente no Amado". Já que Cristo tem franco acesso à presença do Pai a qualquer momento, temos o mesmo acesso se formos até Deus Pai mediante o relacionamento que temos com Jesus Cristo.
Não é na base do que fizemos por Deus. É na base do que Cristo fez por nós.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário