BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

AS DUAS ESCADAS NA VIDA DO FILHO PRODIGO


AS DUAS ESCADAS NA VIDA DO FILHO PRODIGO



Lucas 15 é um dos capítulos mais conhecidos da Bíblia. Enquanto os classificados dos jornais apresentam a secção de achados e perdidos, Lucas 15 focaliza elementos perdidos e achados.
Muito dificilmente encontraremos algum pregador que jamais pregou sobre esse capítulo, que trata da moeda perdida, da ovelha perdida e do filho perdido.
O filho que se perdeu tem sido chamado secularmente de filho pródigo.
Em sua história visualizamos duas escadas por ele utilizadas, uma descendente e a outra ascendente.
OS cinco DEGRAUS DA PRIMEIRA ESCADA
Após haver vivido por alguns anos em um lar pacato, próspero e feliz, o jovem foi tentado a abandonar essa vida estável e mergulhar em mundo de aventuras.
Ele começou a utilizar os degraus de uma escada que o conduziram a um estado de miséria e desespero.
A seguir identificaremos os cinco degraus dessa torturante escada descendente.
1) O primeiro degrau chama-se PERDA DO AMOR.
O amor é o alicerce da vida feliz, a chave da comunhão e a base do sucesso em qualquer área da vida.
O jovem perdeu o amor aos seus pais, depois ao seu irmão e, finalmente, ao lar.
A perda do amor induz e conduz à perda da consideração e do respeito, razão por que o jovem decidiu requerer do pai a parte de sua herança, numa antecipação inexplicável, visto que o pai não havia falecido.
2) O segundo degrau pode ser chamado de FALSO DESEJO DE INDEPENDENCIA.
Aquele jovem se sentia cansado da “rotina do lar”, estressado com a quietude familiar e enojado da disciplina paternal, tão útil à formação de um filho e sua devida preparação para a vida futura.
Toda independência néscia conduz a uma dependência escravizadora.
Aquele jovem decidira trocar o pai pelos amigos circunstanciais e a mãe pelas meretrizes profissionais. Troca insensata e de consequências profundamente lamentáveis!
3) O terceiro degrau dessa famigerada escada merece o nome de AMBICAO.
O jovem foi possuído de uma louca cobiça, de uma desmedida ambição, a de possuir e ser senhor de uma grande fortuna.
Salomão escreveu que existe um tempo determinado para todas as coisas e o tempo de ser capaz de administrar muitos e valiosos bens não havia ainda chegado para aquele jovem.
4) Ao apoderar-se dos bens recebidos do pai, ele pisou no quarto degrau da escada, uma VIAGEM SEM DESTINO.
Aquele jovem deixou sua casa sem roteiro, sem propósito e sem direção.
Ele nunca poderia avaliar a segurança e o acerto dessa viagem, pois estava em completa desorientação. Era uma nau sem rumo, sem bússola e sem porto para ancorar.
Finalmente, chegou ao quinto e último degrau, que chamamos de FALSOS AMIGOS e FALSOS PRAZERES.
Falsos amigos são como enormes ratos roedores, são como morcegos que não se cansam de sugar o sangue de suas vítimas, são como vermes que absorvem todo o alimento ingerido.
Falsos prazeres são como nuvens que não produzem chuva para regar a terra, são como sementes plásticas, incapazes de brotar, são como ventres estéreis, incapazes de gerar.
À medida que a fortuna do jovem se esvaía, seus amigos foram se afastando, até o último.
Foi abandonado à solidão, quando já não mais os podia favorecer. Era o fim das bacanais, o término das sucessivas orgias, o ocaso do dia de uma vida pródiga.
5) O quinto degrau permitiu ao jovem vivenciar três tristes experiências: a total ausência de amigos, a escassez insuportável de alimentos seguida de uma fome torturante e um desejo próprio dos animais.
Jesus declarou que ninguém lhe dava nada e acrescentou que ele desejava se alimentar com as alfarrobas que os porcos comiam.
Uma evidencia de que o homem chegou ao fundo do poço ocorre quando a pessoa perde os apetites humanos e os vê substituídos por instintos animais e animalescos.
Dentro de algum tempo, talvez não muito distante, aquele jovem certamente morreria.
A não ser que aparecesse diante de si outra escada, agora uma escada ascendente.
Jesus aponta na parábola a existência dessa escada salvadora.
OS DEGRAUS DA SEGUNDA ESCADA
1) O primeiro degrau dessa nova escada pode ser chamado de REFLEXAO.
Isto diz respeito à sua capacidade de considerar com grande humildade e profunda honestidade sobre a realidade de seu estado.
Depois de longo tempo, o jovem pela primeira vez se viu em estado de miséria.
Pela primeira vez ele admitiu estar em circunstâncias altamente negativas, e disse: eu aqui pereço de fome.
2) Em seguida, escalou o segundo degrau, chamado de RECORDAÇÃO.
Enojado da lembrança dos falsos amigos e das meretrizes, verdadeiros vampiros humanos, ele começou a lembrar-se da riqueza do pai e da fartura de seu lar.
Lembrou-se que o menor dos criados de seu pai vivia infinitamente melhor que ele, nessa deplorável condição, pelo que declarou: eu aqui pereço de fome.
3) Isto feito, foi relativamente fácil galgar o terceiro degrau, o ARREPENDIMENTO.
“Jesus disse: Se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis”.
Arrependimento significa uma mudança de opinião, que leva a uma mudança de decisão, que leva a uma mudança de direção, que leva a uma mudança de posição.
Em seu arrependimento o jovem sentiu-se culpado de todas as ações levianas que praticara, desde quando ainda no seu próprio lar.
O arrependimento abre para qualquer ser humano as portas da esperança do perdão de Deus.
4) Arrependido, o filho pródigo escalou o quarto degrau, chamado DETERMINACAO.
Ele bradou com as forças que ainda lhe restavam: levantar-me-ei e irei ter com meu pai.
Todas as vitórias de Daniel no palácio da babilônia tiveram como partida a determinação: e Daniel assentou no seu coração não se contaminar.
Unicamente os atletas determinados alcançam o pódio.
Milhões de pessoas estão indo para o inferno porque não tiveram a ousadia de determinar sua aceitação a Cristo.
5) Finalmente, podemos ver o jovem alcançar o quinto e último degrau da segunda escada de sua vida. O nome desse degrau é CAMINHO DE VOLTA.
Somente quando o desviado palmilha esse caminho está absolutamente seguro de que voltará a ver seu rico, gentil, paciente, perdoador e amoroso Pai.
Procuremos ajudar cada filho pródigo a encontrar o caminho de volta.
O Pai Celestial está à espera, pronto para perdoar.
Ele tem algumas surpresas guardadas para o filho que volta: um novo calçado para os pés, uma nova roupa para o corpo, um novo anel para o dedo e um novo banquete para sua recepção.
Além disso, o filho será recebido com um beijo, uma oferta de perdão e uma festa, na qual todos se alegrarão.

http://prgeziel.blogspot.com.br/2012/11/as-duas-escadas-na-vida-do-filho-prodigo.html

Confie em Deus

   
 
 
 
 
 
Confie em Deus
 
 
"Mas regozijem-se todos os que confiam em ti; folguem
de júbilo para sempre, porque tu os defendes; e em ti
se gloriem os que amam o teu nome!
(Sl 5.11)
 
Muitas pessoas feridas não sabem como obter aquilo de que realmente
precisam, por isso se arrastam na autopiedade. Deus certa vez me disse: "Joyce,
ou você é vítima, ou é vitoriosa, mas você não pode ser ambas a coisas.
 
Tirar os olhos de nós mesmo nos capacita a olhar para Deus. Isso nos
posiciona a confiar nEle para suprir cada necessidade em nossa vida. Ele sabe   
exatamente do que precisamos e promete prover tudo mediante sua abundante 
graça e misericórdia.
 
Peça-Lhe que encha sua vida com seu poder hoje e confie nEle       
como Jeová Jiré, o Senhor que provê.
 
 
Começando Bem Seu Dia
Joyce Meyer
 
 
Bom final de semana para você e toda a sua família
 
 
Maida
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

[Estudos Bíblicos] Luta de Titãs

[Estudos Bíblicos] Luta de Titãs

Link to Estudos Bíblicos

Luta de Titãs

Posted: 29 Nov 2012 10:30 AM PST

Luta de TitãsQuando e como saberei se estou preparado? Uma coisa é certa; enquanto sua alma estiver no comando da sua vida, você jamais estará pronto para [...] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta

“Santas” Imprecações

Posted: 29 Nov 2012 08:57 AM PST

“Santas” ImprecaçõesSinônimo de maldição. As imprecações residem no “couro” de todos nós que nos julgamos “santos”. Dizemos: “Bem feito”, “Eu sabia que tinha alguma coisa errada [...] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta

Ai de Vós!

Posted: 29 Nov 2012 08:45 AM PST

Ai de Vós!"Ai de vós, quando todos vos louvarem! Porque assim procederam seus pais com os falsos profetas." Luc 6:26 Por que Jesus disse aflição para os [...] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta

Uma Nova Natureza Real

Posted: 29 Nov 2012 08:41 AM PST

Uma Nova Natureza RealA nova vida celestial que Jesus nos dá por meio da habitação do Espírito Santo em nós, não é um remendo novo em nossa velha [...] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta

Decifrando o enigma da vida

Posted: 29 Nov 2012 08:29 AM PST

Decifrando o enigma da vida” Inclinarei os ouvidos a uma parábola, decifrarei o meu enigma ao som da harpa” Sl 49:4 Um dos significados da palavra inclinar é: desviar [...] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta

Nada como um siri entre os camarões

Posted: 29 Nov 2012 08:19 AM PST

Nada como um siri entre os camarõesHá tempos fui almoçar com meu pai e como todos os almoços na companhia dele, um bom café para finalizar. Nesse dia, como bônus ouvi [...] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta

Espelho Quebrado

Posted: 29 Nov 2012 07:58 AM PST

Espelho Quebradohttp://pastosverdejantes.blogspot.com.br/2012/08/espelho-quebrado.html Atos 5:1-2 Mas um certo homem chamado Ananias, com Safira, sua mulher, vendeu uma propriedade, e reteve parte do preço, sabendo-o também sua mulher; [...] [continue lendo]

Compartilhe: no Facebook - no Twitter - Comente! - Dúvida? Faça sua pergunta

A vida à dois pode ser um fardo mais leve.


 
Ministério Casados em Cristo

MINISTERIO CASADOS EM CRISTO


A vida à dois pode ser um fardo mais leve.

 

Por Pastor Ismael Roselei de Carvalho.



" O meu amado fala e me diz: Levanta-te, meu amor, formosa minha, e vem.Porque eis que passou o inverno; a chuva cessou, e se foi; Aparecem as flores na terra, o tempo de cantar chega, e a voz da rola ouve-se em nossa terra. A figueira já deu os seus figos verdes, e as vides em flor exalam o seu aroma; levanta-te, meu amor, formosa minha, e vem. Pomba minha, que andas pelas fendas das penhas, no oculto das ladeiras, mostra-me a tua face, faze-me ouvir a tua voz, porque a tua voz é doce, e a tua face graciosa. Apanhai-nos as raposas, as raposinhas, que fazem mal às vinhas, porque as nossas vinhas estão em flor."  Cânticos 2:10-15

Eu fico impressionado como Deus fala conosco, nos ensina em todas as áreas da nossa existência. Aqui eu vejo Deus nos chamando como casais em Cristo a declararmos o fim da frieza relacional. Acho que chega uma hora que a gente não pode mais se contentar com o insuficiente, e para isso é preciso tomar uma decisão de se ser mais feliz.

Por outro lado, creio que Deus quer que a gente descubra os seus caminhos à partir de sua Palavra. Vejo cristãos honestos vivendo mal na vida a dois, e ficam a espera que Deus venha de uma forma sobrenatural mudar a sorte deles. Às vezes creem nas frases bem feitas, mas imperfeitas que os poetas do nosso meio cantam, que até encorajam, mas não mudam a vida do casal. 

Estou falando das frases de promessas e mais promessas que tiram lágrimas de nossa gente, mas que não trazem vitórias em si mesmas. E sabe por que não trazem ? Deus quer mudança de vida de nossa parte, quer ver o casal se cuidando mutuamente, cada um se preocupando mais com o outro do que consigo mesmo. O casal tem que sentir a falta um do outro, tem que sentir saudade no final da tarde, tem que esperar ansiosamente pelo regresso do outro depois de um tempo distante. Eles precisam  se abraçar naqueles momentos mais inesperados quando ninguém o faria,  quando ela está lavando a louça ou varrendo a casa, por exemplo. Quando ele já saiu pelo portão afora, e ela grita por ele, pede que espera só para lhe dar mais um abraço. Quem faria isso? Um amante, um apaixonado, um marido cristão, uma esposa virtuosa,  pessoas assim fariam isso.
Quem sabe as frases que poderiam mudar um relacionamento seriam algumas parecidas com essas:

"Quem maltratava a esposa com palavras rudes, não maltrate mais"
" Quem não reconhecia o valor do outro, reconheça agora."
" Quem mentia com relação as suas condutas de infidelidade, não minta mais, apenas mude a conduta"
" Quem não levava a sério a necessidade de amor e de afeto do seu cônjuge, repense e ame muito."
"Quem pensava que seria possível viver um amor à distância estando debaixo do mesmo teto, chegue um pouco mais perto e mude de ideia, ninguém vive abandonado feito um sapato velho ( como diz a canção) por muito tempo."

Bom, penso que você me entendeu, a gente se apegar em frases de efeitos de pregadores e de cantores, pode nos emocionar, mas a mudança sempre vem com atitudes de reconhecimento, de ternura, de afeto, de bem querer.

É preciso amar o outro quando ele não está merecendo, é preciso continuar fazendo quando já se perdeu a vontade, é preciso ceder para poder vencer.

Decrete, determine que o fim da frieza espiritual chegou, mas não fique esperando que Deus faça isso de modo sobrenatural, mas sim de modo natural, Ele usa você que com atitudes positivas, proativas, vai abrir os caminhos para a chegada de um novo tempo, um tempo onde o casal não tem tempo para os conflitos pois estão muito ocupados  com o prazer à dois.

Pense nisso.....decrete o fim da distancia, da frieza, da falta de saudade....

Fiquem com Deus, fiquem em família. 

Reflexões em Tiago - Amargura no coração








Reflexões em Tiago - Amargura no coração  |  Pastor Sérgio Fernandes

Hebreus 12:15 - Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem.

Quando sofremos algum dano em nosso corpo, o tratamento deve ser imediato. Um pequeno corte não tratado pode infeccionar e trazer males ainda maiores para o corpo. Nossa alma também pode se ferir facilmente: seja com palavras, injustiças, desprezos ou mesmo fatalidades da vida. E quando estas feridas não são cuidadas, elas podem se tornar em amargura no coração.

A amargura é um sentimento interior que torna nossa vida insuportável. O amargurado não consegue enxergar o mundo vivo e colorido que Deus nos deu. Ele está escravizado pela dor e precisa da ação sobrenatural do Espírito Santo para ser livre (Ef 4.31). O amargurado é tão perigoso para a comunidade que, quando não é cuidado com amor e aceitação, ele é capaz de contaminar a todos com suas dores (Hb 12.15).

Será que algo que ocorreu no passado tem roubado de você a alegria de viver? Jesus levou na cruz do Calvário nossos pecados e dores; sua morte é eficaz para curar a amargura do seu coração. Ele te ama, te perdoa, é justo com você e te aceita! Seja sarado, em nome do Senhor Jesus!

 Gotas Bíblicas
Seres Humanos Não revelam  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 16:17 - E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.

As verdades transcendentes da Bíblia não têm origem humana.

Clique aqui para ler essa Devocional inteira

Por favor não responda a esse email. Clique aqui se você deseja falar com a nossa equipe.
Respeitamos sua privacidade - você está recebendo esse email por estar cadastrado no AmorEmCristo.com.
Se deseja cancelar o envio de devocionais, clique aqui para para alterar a configuração de emails da sua conta.

Não se descontrole

 
 
 
 
 
 
 
Não se descontrole
 
"Considerai, pois, atentamente, aquele que suportou
tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo
(calculem e considerem tudo isso em comparação com
suas próprias tribulações), para que vocês não se
cansem nem desanimem.
(Hebreus 12.3)
 
 
Temos autoridade sobre o diabo, mas isso não siginifica que ele nunca virá
contra nós. Resistir ao diabo não nos livra de problemas. Mas permanecer em fé nas promessas
de Deus enquanto esperamos que o Senhor opere nos impedirá de agir como o diabo deseja.
 
Não se impressione com o diabo. Se ele causar problemas para você       
hoje, apenas lhe diga: "Esqueça, diabo! Não vou ficar ferido, aborrecido ou irado. Minha con-
fiança está em Deus. Amo a Deus. Simplesmente observe quão feliz eu sou"!
 
Começando Bem Seu dia
Joyce Meyer
 
 
Um forte abraço
 
Maida
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Reflexões em Tiago - O egoísmo

 







Reflexões em Tiago - O egoísmo  |  Pastor Sérgio Fernandes

2 Timóteo 3:2 - Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,

Minha filha Alícia completou no último dia 13 de novembro seu primeiro ano de vida. É maravilhoso poder acompanhar o seu crescimento e, observando seu desenvolvimento, aprender um pouco mais sobre a natureza humana. Como todo bebê, ela requer atenção integral de mim e da minha esposa. Quando está com fome, chora desesperadamente e precisa ser atendida na hora. Não é sem motivo que Paulo comparou os crentes imaturos com crianças (1 Co 13.11).

O crente imaturo e egoísta. O egoísmo é aquele sentimento maligno que nos faz colocar o "eu" sempre em primeiro lugar. O egoísta pensa assim: Tem que ser do meu jeito, da minha maneira, para que eu me sinta bem e seja feliz. Não importa se não estiver bom para meu irmão; estando bom para mim, está tudo bem.

O egoísta não consegue cumprir o mandamento de Cristo, porque pensando apenas nele, é incapaz de amar o próximo. Nós nos aproximamos de Jesus sempre que deixamos de lado o egoísmo; e quanto mais perto estivermos do Mestre, mais profunda será nossa experiência com Ele.

 Gotas Bíblicas
Preocupados Sem Razão  |  Pr. Olavo Feijó

Lucas 12:26 - Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?

Gastamos energia com coisas menores, que deveríamos entregar para o Senhor.

Clique aqui para ler essa Devocional inteira

Por favor não responda a esse email. Clique aqui se você deseja falar com a nossa equipe.
Respeitamos sua privacidade - você está recebendo esse email por estar cadastrado no AmorEmCristo.com.
Se deseja cancelar o envio de devocionais, clique aqui para para alterar a configuração de emails da sua conta.

Nossa oração; o desejo de Deus


Ministérios RBC
NOSSO ANDAR DIÁRIO/NOSSO PÃO DIÁRIO
Nossa oração; o desejo de Deus
Leitura: 2 Coríntios 12:7-10
…três vezes pedi ao Senhor que o afastasse [o espinho na carne] de mim. —2 Coríntios 12:8
O pedido de oração escrito a mão partia o coração por sua aparente impossibilidade: "Por favor, orem — tenho esclerose múltipla, fraqueza muscular, dificuldade de deglutição, dor crescente, visão decrescente." O corpo da mulher estava se decompondo e eu podia notar desespero em seu pedido de intercessão.
Então, veio a esperança — a força que triunfa sobre a lesão e degradação física: "…o nosso abençoado Salvador está no total controle. A vontade dele é de suma importância para mim."
Essa pessoa pode ter necessitado de minhas orações, mas eu necessitava de algo que ela tinha: a inabalável confiança em Deus. Ela parecia apresentar um perfeito retrato da verdade que Deus ensinou a Paulo quando este pediu por alívio de sua dificuldade — aquilo que ele chamava seu "espinho na carne" (2 Coríntios 12:7). Sua busca por alívio acabou sendo não apenas uma aparente impossibilidade; seu pedido foi simplesmente rejeitado por seu Pai celestial. A luta contínua de Paulo, que evidenciava claramente a vontade de Deus, foi uma valiosa lição. Por meio de sua fraqueza, a graça de Deus pôde ser demonstrada e o poder de Deus foi "aperfeiçoado" (v.9).
Quando expusermos nossos corações a Deus, preocupemo-nos ainda mais em buscar a Sua vontade do que em receber a resposta que desejamos. É daí que vêm a graça e o poder.
—JDB
Não oramos para realizar nossa vontade no céu, mas para que a vontade de Deus se realize na terra.

Mantenha-se em Movimento


Devocionais Diários


Posted: 29 Nov 2012 06:01 PM PST
"Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a tua fidelidade!" (Lamentações 3:22-23)

No final da pista de um aeroporto havia uma placa dizendo: "Mantenha-se em movimento. Se você parar estará em perigo e será um perigo para aqueles que estão voando." Eu diria o mesmo a todos os crentes de hoje. Devemos nos manter em movimento, porque se pararmos estaremos em perigo.

Qualquer pessoa que já tenha ido caçar sabe que é muito mais difícil acertar um alvo móvel do que acertar um pato parado num lago. E é muito mais difícil para o diabo acertar um cristão em movimento do que um cristão ocioso... aquele que está estagnado... que está no piloto automático... aquele que não está mais progredindo como deveria. Mas o crente que busca ganhar terreno, que busca tornar-se mais semelhante a Cristo, que não está satisfeito com o que Deus fez no passado, mas quer mais do Senhor a cada dia, este crente é um alvo muito mais difícil para o diabo acertar. Portanto, devemos continuar nesta corrida da vida.

Não vamos nos satisfazer em viver com o que Deus já fez ou simplesmente nos concentrar com o que aconteceu no passado. Lembre-se que Jesus disse que devemos tomar nossa cruz diariamente e segui-Lo (cf. Lc 9:23). A Bíblia nos diz que suas misericórdias se renovam a cada manhã (ver Lamentações 3:22-23). E o Salmo 1 nos diz que o homem sábio medita na Palavra do Senhor dia e noite. Devemos estar em constante movimento e seguindo em frente.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Casa do Pai


 

Casa do Pai

"O Deus que fez o mundo e tudo o que nele há, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens;" (Atos 17:24)
Embora muito pregado o "não habita em templos" eu ainda acredito que precisamos aprender muito sobre isso. Evidentemente não vou na contra-mão, pois creio sim que Deus não habita em prédios, mas quero olhar de outro prisma.
Eu pessoalmente não tenho, mas conheço pessoas que têm, casa na praia ou no campo. Não moram lá, mas é propriedade sua e não mora ninguém lá, ficando assim a disposição para quando quiserem desfrutar. Vejo que o Senhor, nosso Deus Onipresent,e usa deste mesmo meio ou recurso. Onde seus filhos se reunirem e o chamarem, ali será, neste sentido, uma de suas "casas". Se analisarmos desta forma, o templo é casa de Deus sim, mas a minha residência também, pois buscamos ao Senhor diariamente como família naquele lugar. A empresa onde trabalho também é casa de Deus, pois buscamos ao Senhor ali.
Neste sentido e nesta forma de pensar, aliado ao conceito de que o Espírito Santo é Deus e vive em mim, posso tornar casa de Deus qualquer lugar onde eu me reúna com alguns irmãos, pois temos promessa neste sentido. Nunca será a morada de Deus, a habitação de Deus, mas ali será uma de suas casas. Ele se "reunirá" conosco, pois vive em nós.
Isso me traz dois pensamentos imediatos: um é que temos grande responsabilidade ao nos reunirmos, pois Ele virá; outro, é que não há lugar onde minhas atitudes não sejam contabilizadas para edificação ou para prejuízo espiritual. Deus não habita em prédios, mas se faz presente neles. Deus não mora em edifícios ou construções, mas tudo é Dele quando o servimos, pois Ele é nosso Dono e Senhor. Deus não se prende a tijolo e cimento, mas nós podemos contar com Ele em qualquer lugar.
Valorizemos a presença Daquele que é o mais importante entre nós, pois Ele não apenas vive em nós, mas Ele quer ser o Senhor, o mandante, o comandante, o dirigente de todos nós.
"Senhor, reconheço que Tu és o Dono de tudo e de todos. Por isso mesmo quero Te servir mais e mais, como se cada dia fosse o dia do meu julgamento. Ensina-me a andar Contigo mais e melhor"
Mário Fernandez 


Ainda Que A Figueira Não Floresça


Ainda Que A Figueira Não Floresça
"Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na
vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os
campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da
malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;
Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da
minha salvação" (Habacuque 3:17, 18).


No terceiro século, Cipriano, o Bispo de Cartago, escreveu
para seu amigo Donato: "O mundo é ruim, Donato,o mundo é
incrivelmente ruim. Mas, eu descobri, no meio dele, pessoas
boas e tranquilas que aprenderam o grande segredo de viver.
Eles encontraram alegria e sabedoria que torna a vida deles
mil vezes melhor que quaisquer dos prazeres de nossa vida
pecadora. Eles são menosprezados e perseguidos, mas eles não
se importam. Eles são senhores de suas almas. Eles venceram
o mundo. Estas pessoas, Donato, são os cristãos... e eu sou
um deles."


Cipriano tinha, como nós, prazer em dizer que era um
cristão. Ele descobriu em Cristo a bênção de uma vida cheia
de regozijo e felicidade. Mesmo que o mundo seja ruim, mesmo
que seja cheio de enganos e mentiras, mesmo que ele não
tenha nada de bom a oferecer, o cristão vive de maneira
tranquila, confiante que o fato de trazer Cristo no coração
fará toda a diferença e a sua alegria será total.


A vida do cristão é, verdadeiramente, muito melhor do que a
daqueles que caminham longe de Deus. Ele tem a proteção do
Senhor, tem os cuidados amorosos do Salvador, tem as
promessas de vitórias e sonhos realizados, tem a certeza de
que a morte não será o final de tudo, mas, o começo de uma
nova vida, eterna, nas moradas celestiais.


Em Cristo nos tornamos filhos de Deus e herdeiros de Seu
reino. Em Cristo somos novas criaturas, desfrutamos do amor
do Pai e temos o nosso nome escrito no Livro da Vida. Em
Cristo seremos sempre mais que vitoriosos.


Sim, ainda que não tenhamos tudo que desejamos e que a sorte
pareça se afastar de nós, sempre nos alegraremos no Senhor.
Ele é a nossa alegria... a nossa grande alegria!

 

Blog do Para Refletir. Faça uma Visita!
Blogger
Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet! Visite minha homepage:
Escuro Iluminado

Assine a Lista de Reflexões
Caso você deseje receber as reflexões diárias diretamente em sua mailbox, preencha o campo abaixo com seu email e clique o botão enviar.
Clique aqui para assinar 

A busca de uma vida mais profunda com Deus


Reflexões Evangélicas




"A nossa alma tem mais necessidade de Deus do que a terra seca da chuva."

A nossa alma tem mais carência de Deus do que a flor do campo tem do orvalho da noite. A nossa alma tem mais ânsia por Deus do que os guardas pelo romper da alva.

A maior necessidade da nossa vida não é das bênçãos de Deus, mas do Deus das bênçãos. O tudo sem Deus é nada. A riqueza do mundo sem Deus é consumada pobreza. As glórias do mundo sem Deus são como um vácuo.

Somente em Deus encontramos razão para viver. Somente em Deus nossa alma encontra descanso. Deus é a verdadeira fonte de prazer. Só há plenitude de alegria na presença de Deus. Os lautos banquetes do mundo não podem saciar a nossa alma. As riquezas do mundo não podem preencher o vazio do nosso coração. O conhecimento, o dinheiro, o sucesso, o poder e a fama sem Deus são insuficientes para dar significado à nossa vida.

Deus nos criou para ele e somente nele encontraremos significado e razão para viver.

A vida sem Deus é seca como um deserto, infrutífera como os espinheiros e estagnada como um poço de águas paradas e lodacentas. Precisamos nos voltar para Deus, a fonte de águas vivas. Precisamos de nos arrepender dos nossos maus caminhos e emendar as nossas veredas. Precisamos endireitar os caminhos tortos e retificar aqueles que estão fora do lugar.

Esse é um tempo de arrependimento e volta para o Senhor. A restauração começa com choro, com quebrantamento, com acerto de vida com Deus. Precisamos examinar o nosso coração. Precisamos ser pesados na balança de Deus. Precisamos reconhecer os nossos pecados, sentir tristeza pela nossa frieza espiritual e sentir vergonha pela escassez dos nossos frutos. 

O juízo começa pela Casa de Deus. Não basta apenas uma volta superficial para Deus. Ele não se impressiona com os nossos gestos pomposos nem com nossas palavras eloqüentes. Ele sonda os corações. Precisamos rasgar não as nossas vestes, mas os nossos corações.

O perdão é resultado do arrependimento, a restauração é conseqüência do quebrantamento e a plenitude da vida de Deus em nós é fruto de uma busca verdadeira, intensa e perseverante.

A chuva vem sobre a terra seca. O derramamento do Espírito sobre aqueles que têm sede Deus.

Muitas gerações experimentaram profusas efusões do Espírito. Muitos irmãos nossos viram, experimentaram e realizaram coisas maiores do que as que temos visto, experimentado e realizado em nossos dias. Deus não mudou. Sua Palavra não mudou. Há vida abundante para todo aquele que busca o Senhor de acordo com a sua Palavra.

Os mananciais de Deus jorram sempre sem jamais secar. Ele pode intervir em nossa vida, Ele pode trazer sobre nós tempos de restauração.

Podemos conhecer com mais profundidade as riquezas insondáveis do evangelho de Cristo.

Podemos ter mais intimidade com Deus através de uma vida de oração.

Podemos conhecer mais a Deus através de um estudo mais zeloso das Escrituras.

Podemos produzir mais frutos para a glória de Deus através de um envolvimento mais efetivo com o seu Reino.

É hora de clamar ao Senhor para que os tempos de refrigério da sua parte venham sobre nós, trazendo-nos restauração e vida!

Autor: Hernandes dias Lopes

Por Litrazini

Graça e Paz