BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Propósito



Propósito

"Tendo eles orado, tremeu o lugar onde estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e, com intrepidez, anunciavam a palavra de Deus." (Atos 4:31 ARA)
Este é um daqueles versículos que a gente ouve pregação a vida inteira e sempre com a mesma ênfase: se orarmos a casa vai tremer, etc. Mas, eu estava estudando o assunto dos dons e esse texto me trouxe um lindo entendimento. Tudo que Deus nos dá tem um propósito claro. Se olharmos Mateus 28:18ss, Atos 1:8, entre outros, veremos que o Espírito Santo torna os crentes poderosos, intrépidos e cheios de dons. Sejam quais forem os dons, ou como se manifestem, o propósito é anunciar a Palavra de Deus.
Neste texto de Atos 4 é exatamente a mesma situação: por algum motivo o povo de Deus se reuniu para orar e Deus capacitou-os para anunciar o evangelho aos perdidos. O fato da casa tremer, na minha opinião, é colateral e menos relevante - me perdoem os empolgados com isso. O fato é que sempre somos capacitados ou equipados com um propósito.
Mas espere um pouco: então por que fazemos tanta coisa na igreja local para os já convertidos? Será que não estamos focando demais em pregar para quem já sabe? Será que se anunciássemos mais a salvação pelo evangelho e ensinássemos a Bíblia de outra forma que não o púlpito... Nada disso está errado em si, mas penso na ênfase. São questionamentos a serem feitos nesses dias de tantos holofotes sobre os grandes pregadores. Basta anunciar um nome de um pastor famoso que enche de crentes, mesmo que o título seja "Culto Evangelístico" ou qualquer outro termo que se empregue.
Meu irmão, nós temos parte nisso. Temos de ir aos nossos líderes com submissão e amor, mas com firmeza, clamando por espaço para os perdidos.
Termino contando algo que me contaram: um pastor, desses muito famosos, estava pregando e vieram muitas crianças de uma favela perto da igreja. Uma irmã bem intencionada falou a ele e disse "perdoe pastor, um diácono vai tirá-los dali". Ele teria respondido "ao contrário, tire todos os demais. Eu vim por causa deles".
"Pai, tem misericórdia de mim que tantas vezes uso mal o que o Senhor me dá. Preciso entender que o Senhor veio para os perdidos e eles são a razão de eu continuar nesse mundo. Ajuda-me."
Mário Fernandez

Nenhum comentário:

Postar um comentário