BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Lições da cura de Bartimeu



Cego, Bartimeu, Cura
Texto: Marcos 10:46-52

Introdução: Na época do Novo Testamento a cegueira era freqüente devido a infecção ao nascer. Deveria haver milhares de cegos em toda Judéia. Porque Bartimeu foi escolhido para receber sua cura? Creio que houve quatro razões.

I. Ele foi direto a fonte, e ele foi a fonte certa
A. Ele sabia que Cristo tinha a chave para a cura
B. Onde mais ele poderia ter tentado? Médicos? Charlatões, feiticeiros, nenhum foi capaz de ajudar.
C. Quantas vezes corremos em outro lugar para encontrar o que precisamos, mas de nada adianta. A Palavra de Deus diz: "Chame os presbíteros da igreja." Talvez, como uma última estância, ele foi ter com Jesus.
D. Não importa onde mais temos procurado desde que chegamos a Jesus, antes que seja tarde demais.

II. Ele recusou deixar a opinião dos outros dominá-lo
A. A multidão tentou intimidá-lo
B. Imagine os gritos da multidão:
1. Maria: "Não seja boba!"
2. Joaquim: "Essa coisa de religião é para as pessoas mentalmente instáveis."
3. José: "O Mestre não tem tempo para você!"
C. Mas, Ele estava determinado a ter sua visão restaurada!
D. Teria sido fácil ficar em silencio.
E. Mas, quantas outras pessoas cegas perderam a chance de ver, porque elas não foram até Jesus... Com medo de repreensão ou crítica dos outros.
F. Bartimeu, não... Ele estava determinado a ver!

III. Ele exerceu a sua fé em Cristo
A. Ele gritou a Jesus enquanto ele passava.
B. Ele se recusou a ser silenciado pela multidão.
C. Lançou sua capa
D. Moveu-se em direção a Jesus
E. Ele contou a sua necessidade para o Mestre
F. "A tua fé te salvou!" 
1. Não é a sua persistência que te salvou
2. Não é a sua justiça que te salvou
3. Não é a sua posição social que te salvou, mas a fé
G. Bartimeu arriscou a ser considerado ridículo, porque ele esperava ser curado!
H. A fé está esperando acontecer!
I. A deliberação de fazer alguma coisa, não é suficiente... Ele tinha que continuar!
J. Note também: Ele veio a Jesus, Jesus não foi até ele, isso indica a sua fé

IV. Ele então seguiu a Jesus. V. 52b
A. O encontro inicial não é suficiente
B. Ele evidenciou sua fé continuando a seguir a Cristo
C. Jesus não se contenta em ser apenas um conselheiro "crise", Ele quer ser um companheiro sempre presente e amigo
D. Ele está lá em tempos de crise, mas também é tão real quando nós não temos conhecimento da Sua presença.

V. Aplicação:
A. Provavelmente ninguém aqui hoje é cego, mas alguns aqui estão hoje espiritualmente cegos.
B. Você pode ter apalpado pela vida, tentando em vão encontrar o seu caminho, mas sem resultado.
C. II Coríntios. 4:3,4 "Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto, nos quais o deus deste mundo cegou os entendimentos dos incrédulos, para que não lhes resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus."
D. Você está cego para a beleza da vida cristã de alegria?
E. Como Bartimeu, a multidão irá tentar pará-lo, mas a multidão se une rumo ao inferno.
F. Você pode ir tateando pela vida, tentando encontrar respostas, ou você pode vir a Jesus e receber a sua visão.
G. A escolha é sua!

Conclusão: Bartimeu usou o que ele tinha para conquistar o que ele não tinha. Os ouvidos para ouvir, a boca para clamar, os pés para ir ao encontro de Jesus e a fé para receber o milagre. Faça como Bartimeu e seja abençoado em nome de Jesus.

Pr. Aldenir Araújo

Read more: http://www.opregadorfiel.com.br/2010/01/licoes-da-cura-de-bartimeu.html#ixzz251oWxbDr

Nenhum comentário:

Postar um comentário