segunda-feira, 16 de julho de 2012

Aniversário de Casamento




ICHTUS

Aniversário de Casamento


Eu e minha esposa comemoramos 26 anos de casamento semana passada. Foram tempos de alegrias, dificuldades, sonhos realizados e outros ainda não, e muito trabalho.
Pensando no que nos permitiu chegar a esta marca, que está cada dia mais difícil de encontrar casais que também chegam lá, imagino alguns motivos.
O primeiro, e mais importante no meu ponto de vista, é que abrimos mão de buscar a satisfação pessoal em primeiro lugar e buscamos a satisfação do outro e da família. Cada um de nós abriu mão de sonhos e desejos, que certamente poderiam ser conseguidos, para investir nos filhos e um no outro (1 Co 10:24).
O segundo é que mantivemos valores que nortearam nossos comportamentos e decisões (Lc 10:27). A prioridade na saúde e educação dos filhos, por exemplo, foi um valor que nos levou a tomar decisões que, se por um lado limitaram algumas coisas, por outro nos dá enorme satisfação ao ver os resultados na vida de filhos que se mantém íntegros e cheios de possibilidades. Os mesmos valores nos impediram de tomar "atalhos" ou aceitar "negócios" que poderiam comprometer a nossa integridade.
O terceiro é que apesar de errarmos um com o outro, de termos tempos de dificuldades no relacionamento, mantivemos a consciência alerta de que deveríamos perdoar e esperar o trato de Deus na vida um do outro (Ef 4:32). Descansamos no fato de que não importa o quanto um tente mudar o outro, se a motivação da mudança não vier do coração não surtirá efeito duradouro. Só Deus pode mudar o coração do ser humano.
O quarto é que continuamos a dizer "eu te amo" um ao outro todos os dias, mesmo naqueles em que nossas emoções parecem não condizer com a frase. Fazemos isso porque decidimos amar independentemente das circunstâncias, dos sentimentos, do saldo da conta bancária ou da previsão do tempo. Sabemos que todos os problemas e dificuldades são transitórios, mas o amor permanece (1 Co 13:8).
Como disse o apóstolo Paulo, "não julgamos ter alcançado, mas prosseguimos para o alvo" (Fp 3:13,14) pois ainda há muitos anos e desafios a frente.

Vinicios Torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário