BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 22 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma benção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bençãos do Senhor venham ser transbordantes sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

DEVOCIONAL PARA HOJE

sábado, 3 de março de 2012

Rejeitando A Falsidade



Rejeitando A Falsidade
"Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores
adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai
procura a tais que assim o adorem" (João 4:23).


Durante um intervalo, em uma fábrica de Manhattan, um grupo
pequeno de trabalhadores tentava persuadir um colega da
cozinha a lhes dar uma xícara de café. "De jeito nenhum",
disse o funcionário, " isso não é permitido e eu não gosto
de fazer nada errado. É um princípio religioso". Assim que o
grupo se afastou, o funcionário da cozinha se virou para um
colega do almoxarifado, que estava bem próximo a ele, e
sussurrou: "Eu estou precisando de um par de calças novas.
Que tal roubar uma para mim esta semana?"


O jovem de nossa ilustração tinha um comportamento
aparentemente correto diante de um grande grupo e
completamente diferente quando estava longe dele. Falava uma
coisa e fazia outra. Tinha a aparência de santo mas nada
havia de santidade em sua conduta. Conseguia enganar a
alguns, mas, é claro, não podia enganar a Deus.


O servo fiel precisa ser sincero e verdadeiro. Precisa ter
atitudes corretas tanto diante dos homens como de Deus.
Precisa ser autêntico e não hipócrita. Precisa glorificar ao
Senhor em todas as suas palavras e atitudes. Precisa ser uma
bênção em qualquer situação ou circunstância.


Uma lâmpada não pode estar, ao mesmo tempo, acesa e apagada.
Não pode, ao mesmo tempo, produzir claridade e escuridão.
Não pode, ao mesmo tempo, estar quente e fria. Se eu sou
luz, é necessário que eu brilhe, que ilumine, que acabe com
as trevas que estão ao meu redor. Foi para isso que o Senhor
me escolheu e separou e não quero, de maneira alguma,
decepcionar e entristecer o coração do meu Deus.


Você tem sido um cristão verdadeiro? Você tem rejeitado todo
tipo de falsidade? Você tem adorado ao Senhor em espírito e
em verdade?

Paulo Roberto Barbosa