BENVINDO

Minha foto

 Sou servo do Senhor desde 2001,sirvo a Deus na Igreja do Evangelho Quadrangular,  obreiro formado no Instituto Teológico Quadrangular, professor da Escola Bíblica,  casado com Elisângela a 25 anos , pai de 2 filhos maravilhosos,  buscando cada dia conhecer mais ao Senhor. Meu maior desejo é ser " uma bênção" e abençoar àqueles que estão perto e através da web os que estão longe.  Que as bênçãos do Senhor seja transbordante sobre a sua vida, sobre sua casa , sobre sua família, sobre o seu ministério, querido(a) e amado(a) irmão(ã) em Cristo Jesus. 

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Livro O Desafio de Amar 9º dia

O Desafio de Amar  



9° Dia
O Amor deixa boas impressões
Saúdem uns aos outros com beijo de santo amor.
1 Pedro 5:14

Tratamos de alguns fundamentos sérios ao longo dessa jornada.
Aprender a demonstrar aspectos do amor como a paciência, a
bondade e o encorajamento nem sempre é fácil, mas
certamente é crucial para um relacionamento saudável. Dessa forma,
a preocupação com a maneira como tratamos nosso cônjuge
diariamente pode parecer inconseqüente, mas essa simples questão
carrega surpresas significantes.
A maneira como um casal cumprimenta um ao outro, pode dizer
muito a respeito de como anda o relacionamento dele. Isso pode ser
notado em suas expressões e feições, assim como na maneira pela
qual eles falam um com o outro. Fica ainda mais óbvio pelo seu
contato físico. Mas qual a importância que devemos dar a um
cumprimento?
A Bíblia tem mais a dizer sobre maneiras de tratar os outros do
que podemos imaginar. O apóstolo Paulo separou um tempo para
encorajar seus leitores a cumprimentar calorosamente o próximo
quando o encontrasse. Na verdade, ao final da sua carta
aos Romanos, Paulo pediu aos seus companheiros cristãos para
cumprimentar vinte e sete dos seus amigos e amados. Ele até gastou
tempo fazendo uma lista com o nome de cada um desses amigos e
amados.
Contudo, não devemos agir assim apenas com os nossos
amigos. Jesus apontou no Sermão da Montanha que até os
pagãos falam gentilmente com as pessoas que gostam. Isso é fácil
para qualquer um. Mas, Ele dá um passo além e diz "que ser temente
a Deus inclui ser humilde e gracioso o suficiente para tratar com
bondade até os inimigos.
Isso levanta uma questão interessante. Como cumprimentamos os
nossos amigos, colegas de trabalho e os nossos vizinhos? E os nossos
familiares e aqueles que encontramos em público?
Podemos até encontrar alguém de quem não necessariamente
gostamos, mas mesmo assim tratá-lo com cortesia. Então, se somos tão
agradáveis e educados com os outros, nosso cônjuge
não merece o mesmo multiplicado por dez?
Essa é uma questão que você provavelmente não pensa com
freqüência - a primeira coisa que dizemos a ele quando acordamos de
manhã, o olhar quando entramos no carro, o entusiasmo na voz quando
falamos ao telefone. Mas aqui está outra questão que também não é
pensada com freqüência - a diferença que pode fazer no dia do seu
cônjuge se tudo em você expressar o fato de que está muito, muito feliz
em vê-lo.
Quando alguém diz que está feliz em nos ver, a nossa auto-estima
aumenta. Nos sentimos mais importantes e valorizados. É porque um
bom cumprimento prepara o caminho para uma interação positiva e
saudável. Assim como o amor, ele traz o vento à nossa navegação.
Pense novamente na história que Jesus contou do filho pródigo. Este
jovem rebelde exigiu em dinheiro a sua herança e depois gastou tudo
com um estilo de vida imprudente. Mas logo
as conseqüências de suas más escolhas apareceram, e ele se viu
comendo restos em um chiqueiro. Humilhado e envergonhado, ele
treinou suas desculpas e pensou na melhor maneira de voltar para casa e
encarar seu pai. Porém, o cumprimento que ele estava esperando não foi
exatamente o que recebeu. "Estando ainda longe, seu pai o viu e, cheio
de compaixão, correu para seu filho, e o abraçou e beijou" (Lucas
15:20).
De tudo o que-esse jovem idealizou, a atitude do pai foi,
provavelmente, a última que ele esperava. Mas como você acha que ele
se sentiu ao receber o abraço e ao ouvir o tom de gratidão de seu pai?
Sem dúvida, ele se sentiu mais uma vez amado e precioso. O que você
acha que isso fez no relacionamento deles?
Que tipo de cumprimento faria nosso cônjuge se sentir assim? Como
podemos despertar os seus sentidos com uma simples palavra, um
simples toque, um tom de voz? Um cumprimento amoroso pode
abençoar o nosso cônjuge pelo que ele vê, ouve e sente.
Pensemos nas oportunidades que temos de cumprimentar um ao
outro. Ao entrar em casa. Ao encontrar para almoçar. Ao dizer boa noite.
Ao falar por telefone.
Não precisamos ser ousados e dramáticos todas as vezes. Mas
acrescentar ternura e entusiasmo aos cumprimentos nos dá a chance de
tocar o coração do nosso cônjuge de maneiras delicadas e sem palavras.
Pense sobre as suas saudações. Você as utiliza adequadamente? Seu
cônjuge se sente precioso e apreciado? Ele se sente amado? Mesmo
quando você não está bem, pode aliviar a tensão e valorizá-lo no modo
como o cumprimenta.
Lembre-se sempre, amar é uma escolha. Então, escolha mudar a
maneira como cumprimenta. Escolha amar.
» Desafio de hoje »
Pense em uma maneira especial de cumprimentar o seu cônjuge hoje. Faça isso
com um sorriso e com
entusiasmo. Então, decida mudar a maneira como o cumprimenta de modo que
reflita o seu amor por ele.
- Anote aqui quando o desafio de hoje estiver completo.
Quando e onde você escolheu fazer o seu cumprimento especial?
Como você vai mudar o modo como cumprimenta seu cônjuge a
partir de hoje?
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________


Seu amor me tem dado grande alegria e consolação. (Filemon 7)

 "O SENHOR te abençoe e te guarde;"
 "o SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti;"
"o SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz


Renato Victor

http://vivendoapalavradejesus.blogspot.com/


segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Antídotos



 "A felicidade é um bem que se multiplica ao ser dividido" (Marxwell Maltz)





Antídotos

Contra um mau pensamento, uma dúzia de bons desejos.
Contra a inveja, mais trabalho.
Contra a crise, criatividade.Contra o desânimo, perseverança.Contra o ódio, mais amor.Contra a incerteza, uma decisão.contra o descrédito, firmeza.Contra a doença, repouso e cuidados.Contra a infidelidade, serenidade.Contra as dívidas, planejamento.Contra o passado, visões do futuro.Contra a solidão, solidariedade.Contra a fome, misericórdia.Contra tudo, a fé absoluta.Contra você, nem pensar!


Seja a favor dos ventos, dá menos trabalho!
A favor da vida,
a favor dos amigos,

a favor da família,
 a favor da unidade,

a favor dos bons motivos,
a favor do bem.


Assim, a vida, que ouve atentamente nossos desejos,
responde com o florescimento dos frutos que você plantou.
Nada mais, nem  menos, do que o florescer das suas sementes.

Se você plantar boas coisas, vai ter uma excelente colheita.

Se plantou sementes com problemas, vai colher frutos doentes.Contra o dia de ontem, o dia de hoje.

Tudo pode recomeçar, tudo pode ser feito de novo,

sem os defeitos do ontem, com a esperança do amanhã,
que com certeza, será um lindo dia,
cheio de paz e harmonia.



"Porque do Sol, você é o calor,

da chuva, o alimento que irriga a terra,
de Deus, a esperança de dias melhores."


Voe!
Voe alto, o destino é você quem faz.

Escolha certo e conquiste!

Paulo Roberto GaefKe



"O SENHOR te abençoe e te guarde;"
 "o SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti;"
"o SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz


Renato Victor

http://vivendoapalavradejesus.blogspot.com/


__,_._,___

Livro O Desafio de Amar 8º dia

O Desafio de Amar


8° Dia
O Amor não arde em ciúmes
Pois o amor é tão forte quanto à morte, e o ciúme é tão
inflexível quanto à sepultura. Suas brasas são fogo ardente,
são labaredas do Senhor. - Cantares de Salomão 8:6

O ciúme é um dos impulsos mais fortes do ser humano. Ele vem da
raiz da palavra zelo e significa "Queimar com um fogo intenso". As
Escrituras sutilmente dizem, "O rancor é cruel e a
fúria é destruidora, mas quem consegue suportar a inveja? (Provérbios
27:4)
Na verdade, existem duas formas de ciúme: o ciúme legítimo,
baseado no amor, e o ilegítimo, baseado na inveja. O ciúme legítimo
aparece quando alguém que você ama, que pertence a você, desvia o
coração e lhe substitui por outra pessoa. Se a mulher tem um caso
amoroso e se entrega a outra pessoa, seu esposo tem um ciúme
justificado por causa do amor que ele tem por ela. Ele está ansioso para
ter de volta o que é seu por direito.
A Bíblia descreve Deus como tendo esse tipo de ciúme justo pelo Seu
povo. Isso não quer dizer que Ele tem inveja de nós, desejando ter o que
temos (mesmo porque Ele já possui tudo).
Quer dizer que Ele sente saudade de nós, desejando que Ele seja nosso
primeiro amor. Ele não quer que deixemos que outras coisas venham
antes d'Ele em nosso coração. A Bíblia nos adverte a adorar somente a
Deus, porque "o Senhor, seu Deus, é zeloso; é fogo consumidor."
(Deuteronômio 4:24).
Com isso em mente, tiramos o nosso foco do tipo de ciúme ilegítimo,
o que se opõe ao amor; aquele que tem origem no egoísmo, onde ter
ciúme de alguém é o mesmo que ser "movido com inveja."
Você luta contra o ciúme? Sua amiga é mais popular e você sente ódio
dela por isso. Seu colega de trabalho ganha uma promoção e você não
consegue dormir à noite. Ele deve ter feito tudo errado, mas você se
tornou amargurado por causa do seu sucesso. Dizem que as pessoas
ficam felizes com nosso sucesso, desde que não seja maior do que o
delas.
O ciúme é uma luta comum. Ele é ativado quando alguém "passa a
sua frente" e consegue algo que você quer. Isso pode ser muito doloroso
dependendo do seu nível de egoísmo. Em lugar
de parabenizá-lo, você se enche de raiva e pensa maldades a respeito
dele. Se não tomarmos cuidado, o ciúme rastejará como uma cobra em
nosso coração e acabará com as nossas motivações e com os nossos
relacionamentos. Ele pode nos envenenar a não viver a vida que o
Senhor deseja.
Se não acabarmos com a nossa raiva aprendendo a amar os outros,
provavelmente conspiraremos contra eles. A Bíblia diz que a inveja nos
leva a confusão, a briga e a toda espécie de males (Tiago 3:16, 4:1-2).
Existe uma seqüência de ciúmes ilegítimos nas Escrituras. Ele causou
o primeiro assassinato quando Caim desprezou a aceitação de Deus à
oferta do seu irmão. Sara mandou sua criada embora porque Hagar podia
gerar filhos, enquanto ela não. Os irmãos de José viram que ele era o
preferido de seu pai, então eles o jogaram em um poço e o venderam
como escravo. Jesus
foi mais amoroso, poderoso e popular que o principal dos sacerdotes,
então eles tramaram Sua traição e crucificação.
Na maioria das vezes, não temos inveja de estranhos. Aqueles por
quem sentimos ciúmes estão, primeiramente, na mesma esfera que nós.
Eles trabalham em nosso escritório, jogam em
nosso time, estão em nosso círculo de amizade... Ou moram em nossa
casa. Sim, se não vigiarmos, a inveja pode, também, contagiar nosso
casamento.
Quando você se casou, assumiu o papel de maior torcedor e de
capitão do fã clube do seu cônjuge. Vocês se tornaram um e
compartilharam da alegria um do outro. Mas, se o egoísmo
entrar, qualquer coisa boa que aconteça com apenas um de vocês pode
ser um estimulante para a inveja ao invés da parabenização.
Ele pode estar jogando golfe no final de semana, enquanto ela está
limpando a casa. Ele se sente o máximo por conseguir um bom placar, e
ela sente vontade de atirar nele.
Ou, talvez, ela é constantemente convidada para sair com as amigas
enquanto ele fica em casa com o cachorro. Se ele não vigiar, ele pode se
ofender com a popularidade dela.
Em virtude do amor não ser ciumento e sim colocar os outros à sua
frente, ele se recusa a permitir que o ciúme entre. O amor lhe conduz a
celebrar o sucesso do seu cônjuge ao invés de se ressentir dele. Um
esposo amoroso não se importa se a sua esposa for melhor em algumas
coisas, se divertir mais, ou ganhar mais aplausos. Ele a vê como um
complemento dele, não como uma concorrente.
Quando ele recebe louvor, ele a agradece publicamente pelo suporte
em ajudá-lo em seu sucesso. Ele se recusa a vangloriar-se de forma que
ela se sinta ressentida.
Uma esposa amorosa será a primeira a se alegrar pelo marido quando
ele vencer. Ela não compara suas fraquezas com as forças dele. Em
lugar de se lamentar, ela dá uma festa de celebração.
É hora de deixar o amor, a humildade e a gratidão destruir todo o
ciúme que nasce em seu coração. É hora de deixar o sucesso de seu
cônjuge unir vocês e lhe proporcionar grandes
oportunidades de mostrar amor genuíno.
» Desafio de hoje »
Decida ser o maior fã do seu cônjuge, e decida rejeitar qualquer
pensamento invejoso. Para ajudá-lo a manter o coração em seu cônjuge e
a focar nas conquistas dele, pegue a lista de atributos negativos que você
fez ontem e, discretamente, queime-a. Depois, compartilhe com seu
cônjuge o quanto você está feliz com o sucesso que ele conquistou
recentemente.
- Anote aqui quando o desafio de hoje estiver completo.
Foi difícil queimar a lista? Quais são os aspectos positivos na vida de
seu cônjuge que deixam você feliz? Como você pode encorajá-lo a obter
sucessos futuros?
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________

Alegrem-se com os que se alegram e chorem com os que choram.
Romanos 12:15

 "O SENHOR te abençoe e te guarde;"
 "o SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti;"
"o SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz


Renato Victor

http://vivendoapalavradejesus.blogspot.com/


Tempo De Descansar


Tempo De Descansar
"Ao que ele lhes disse: Vinde vós, à parte, para um lugar
deserto, e descansai um pouco. Porque eram muitos os que
vinham e iam, e não tinham tempo nem para comer" (Marcos
6:31).


Um membro de igreja aproximou-se de seu pastor e disse: "Eu
liguei para você na segunda-feira mas não o encontrei". O
pastor explicou que era seu dia de folga e que havia saído
com a família. "O que?" falou com espanto e demonstrando
toda a sua santa indignação, "o diabo não tem um dia de
folga". "Você está certo, " disse o ministro, "e se eu não
tiver um dia de folga, apenas seria igual a ele!"


Muitas vezes, na ânsia de servir, de mostrar toda a nossa
capacidade, de tentar alcançar nossos sonhos e até de
demonstrar nossa santidade e espiritualidade, enveredamos
por uma estrada de grandes esforços que só nos levará ao
cansaço e decepções.


Trabalhar bem não significa trabalhar sem parar. Servir, com
dedicação, a Deus, não significa doar-se completamente,
deixando de lado nossas obrigações pessoais e familiares. O
próprio Senhor ensinou isso a Seus discípulos. Se
negligenciamos os cuidados do lar, do marido e esposa, dos
filhos e do nosso relacionamento com a sociedade, todo o
nosso trabalho incessante e espiritual, de nada servirá.


É necessário um equilíbrio, um esforço consciente, um
descanso para recuperar forças e novos aprendizados. Um
trabalho menor, mas de melhor qualidade, é muito mais
importante e de maior valor para todas as áreas de nossa
vida.


Eu gosto do texto bíblico que fala da grande pescaria no Mar
da Galiléia. O grande milagre não aconteceu após o trabalho
de toda uma noite, mas, após um pequeno intervalo onde os
discípulos pararam para descansar e limpar suas redes.


Se o cansaço de muitas tentativas, sem sucesso, tem lhe
desanimado, lembre-se do ensino do Mestre. Pare um pouco,
descanse no Senhor, busque Sua direção e ensinamentos. Ele
renovará suas forças, seu vigor espiritual, sua fé e sua
esperança. Você verá que, debaixo de Sua graça, as bênçãos
serão maiores e o trabalho menor.



*****
Caso tenha um amigo que deseja receber as reflexões diárias
e não participar de listas, basta preencher o link indicado
no final e assinar a lista de envio de apenas uma mensagem
diária.
*****

Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet! Visite minha homepage:
Escuro Iluminado

Assine a Lista de Reflexões
Caso você deseje receber as reflexões diárias diretamente em sua mailbox, preencha o campo abaixo com seu email e clique o botão enviar.
Clique aqui para assinar

Contribua Voluntariamente para este Ministério
Se você pode e deseja ser um parceiro do Para Refletir!
Clique aqui

Conheça e Adquira nossos Livros
Se você deseja adquirir nossos livros:
Clique aqui
Entre em Contato Comigo:
 

domingo, 29 de agosto de 2010

Livro O Desafio de Amar 7º dia

O Desafio de Amar


7° Dia
O Amor acredita sempre no melhor
[O amor] tudo crê, tudo espera. - 1 Coríntios 13:7

Nos corredores profundos e secretos do nosso coração, existe uma
sala. Ela é chamada de Sala da Admiração. É para esta sala que vão os
seus pensamentos quando você se depara com coisas positivas e
encorajadoras a respeito do seu cônjuge. E com freqüência, você gosta
de visitar esse lugar especial.
Nas paredes estão escritas palavras gentis e frases que descrevem
bons atributos do seu esposo ou da sua esposa. Elas incluem
características como "honestidade" e "inteligência", ou frases como
"trabalho diligente", "comida maravilhosa" ou "olhos bonitos". São
coisas que você descobriu sobre seu marido ou sobre sua esposa que
ficaram gravadas em sua memória.
Quando você pensa nessas coisas, a admiração que você tem pelo seu
cônjuge começa a aumentar. De fato, quanto mais tempo você passa
meditando nesses atributos positivos, mais grato você é pelo seu marido
ou esposa.
A maioria das coisas da Sala da Admiração foi escrita nas fases
iniciais do seu relacionamento. Você as resumiria nos aspectos que
gostava e respeitava em seu (sua) amado (a). Elas eram verdadeiras,
honrosas e boas. E você passou um bom tempo
habitando com elas nesta sala... Antes de se casar. Mas, você deve ter
notado que não visita essa sala especial com tanta freqüência como fazia
no passado. Isso acontece porque existe outra
sala competindo com esta.
Mais adiante, outro corredor do seu coração leva à Sala da
Depreciação e, infelizmente, você visita esta sala também. Nas paredes
deste cômodo está escrito aquilo que seu cônjuge faz que lhe deixa
chateado e irritado. Essas palavras foram escritas lá como resultado de
frustrações, sentimentos feridos e expectativas não correspondidas.
Esta sala tem ligação com as fraquezas e falhas do seu marido ou
esposa. Seus péssimos hábitos, palavras grosseiras e decisões erradas
estão escritas em letras grandes que cobrem as paredes de um lado a
outro. Se você permanecer por muito tempo neste cômodo, certamente
ficará depressivo e pensará coisas do tipo, "Minha esposa é tão egoísta",
ou "Meu marido é um imbecil", ou talvez, ''Acho que casei com a pessoa
errada".
Algumas pessoas escrevem coisas detestáveis nesta sala, onde
censuras são ensaiadas para serem usadas como argumento na próxima
briga. Ferimentos emocionais se inflamam aqui fazendo crescer as
observações negativas nas paredes. É aqui que as munições são
preparadas para a próxima luta e a amargura é espalhada como doença.
As pessoas param de amar aqui.
Mas saiba de uma coisa: gastar tempo na Sala da Depreciação destrói
casamentos. Os divórcios nascem nessa sala e os planos malignos são
esquematizados lá. Quanto mais tempo
você gastar neste lugar, mais o seu coração desvalorizará o seu cônjuge.
Este processo tem início no momento em que você passa pela porta
desta sala, já que todas as vezes que uma marca
é deixada lá, a importância dada ao seu cônjuge diminui.
Você pode dizer, "Mas o que escrevo lá é verdade!" Sim, mas o que
está escrito na Sala da Admiração também é verdade. Todos falham e
possuem áreas que precisam de crescimento.
Todos têm questões não resolvidas, feridas e cargas pessoais. Este é um
aspecto triste do ser humano. Todos nós pecamos. Mas temos essa
tendência infeliz de subestimar nossos atributos
negativos enquanto colocamos os do nosso próximo sob uma lente de
aumento.
Vamos analisar a verdadeira questão aqui. O amor tem conhecimento
da Sala da Depreciação e não vive negando sua existência.
Mas o amor escolhe não viver nela.
Você precisa tomar a atitude de não correr mais para esta sala e de não
permanecer por lá após cada acontecimento frustrante no seu
relacionamento. Isso não lhe faz nenhum bem, e
rouba de você a alegria do casamento.
O amor escolhe acreditar no melhor das pessoas. Ele dá a elas o
benefício da inocência. Ele se recusa a preencher o desconhecido com
suposições negativas. E quando nossas piores expectativas se tornam
verdade, o amor faz todo o esforço para lidar com elas e ir em frente. O
amor foca no positivo enquanto for possível.
É hora de começar a pensar de maneira diferente. É hora de deixar o
amor guiar os seus pensamentos e o seu foco. O único motivo que você
tem para dar uma olhada na Sala da Depreciação é o de saber como orar
pelo seu cônjuge. E a única razão que você tem para entrar nesta sala, é
escrever "COBERTO EM AMOR" com letras garrafais em todas as
paredes.
É hora de nos mudar para a Sala da Apreciação, nos acomodar e fazer
dela o nosso lar. Como escolhemos meditar nos aspectos positivos,
descobriremos que muitas outras qualidades
maravilhosas poderão ser escritas nestas paredes. O seu cônjuge é um
livro vivo e infinito a ser lido. Ainda existem sonhos e desejos para
serem realizados. Talentos e habilidades para serem
descobertos, como tesouros escondidos. Mas a escolha de explorá-los
começa com uma decisão sua.
É preciso desenvolver o hábito de frear seus pensamentos negativos e
focar nos atributos positivos do seu cônjuge. Esta é uma etapa crucial
pela qual temos que passar para aprender a
conduzir nosso coração ao verdadeiro amor. Essa é uma decisão sua,
mereça ele ou não.
» Desafio de hoje »
Para o desafio de hoje, pegue duas folhas de papel. Na primeira, passe alguns
minutos escrevendo coisas positivas a respeito do seu cônjuge. Depois, na
segunda folha, faça o mesmo com as coisas negativas. Coloque as duas folhas
em um lugar secreto para o próximo dia. Existe um propósito e um plano
diferente para cada uma dessas listas. Em algum ponto durante o resto do dia,
escolha um atributo positivo e agradeça ao seu cônjuge por ter essa
característica.
- Anote aqui quando o desafio de hoje estiver completo.
Qual lista foi a mais fácil de fazer? O que essa atitude revelou sobre os
seus pensamentos? Por qual atributo você agradeceu ao seu cônjuge?
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________
__________________________________________________________

Se há algum louvor - nisso pensai. (Filipenses 4:8)


 "O SENHOR te abençoe e te guarde;"
 "o SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti;"
"o SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz


Renato Victor

http://vivendoapalavradejesus.blogspot.com/


Dicas de como criar um filho:

Dicas de como criar um filho:

Primeira Parte:

Como Criar um Delinqüente:

Onze Regras Fáceis

Os Pontos Negativos

Pontos importantes que devem ser observados de perto para que seu

filho tenha uma educação saudável. "E por favor, não siga nunca esta lista!".

1. Comece na infância a dar ao seu filho tudo que ele quiser. Assim, quando crescer, ele acreditará que o mundo tem obrigação de lhe dar tudo o que o deseje.

2. Quando ele disser palavrões, ache graça. Isso o fará considerar-se interessante.

3. Nunca lhe dê qualquer orientação espiritual. Espere até que ele chegue aos 21 anos, e "decida por si mesmo".

4. Apanhe tudo o que ele deixar jogado: livros, sapatos, roupas. Faça tudo para ele, para que aprenda a jogar sobre os outros toda a responsabilidade.

5. Discuta com freqüência na presença dele. Assim não ficará muito chocado quando o lar se desfizer mais tarde.

6. Dê-lhe todo o dinheiro que ele quiser. Nunca o deixa ganhar seu próprio dinheiro. Por que ele terá que passar pelas mesmas dificuldades que você passou?

7. Satisfaça todos os seus desejos de comida, bebida e conforto. Negar pode acarretar frustrações prejudiciais.

8. Tome o partido dele contra vizinhos, professores, amigos. ( Afinal, todos tem má vontade para com seu filhinho).

9. Quando ele se meter em alguma encrenca séria, dê essa desculpa: "Nunca consegui dominá-lo."

10. Em ocasiões onde ele estiver reunido com amiguinhos ou com seus irmãos use e abuse das comparações que incitem disputa. Compare seu caráter, sua capacidade intelectual, e seus dotes estéticos; diga em alto e bom tom para que todos possam ouvir, ele inclusive, coisas do tipo: "Meu filho é mais inteligente que os outros, é mais bonito, é mais esperto, é um gênio."

11. Se tiver algum vício, demonstre-o em sua presença todos os dias. Beba, fume, use drogas, se prostitua para ele vê. Assim ele vai achar tudo isto natural, e com certeza, mais tarde, vai ouvir suas repreensões sobre os males que estas imperfeições podem trazer. Mas não vai adiantar nada! Poderá ser tarde demais!

Feito tudo isso, prepare-se para uma vida de muita tristeza e desgostos. É, sem dúvida, seu mais que merecido destino!

Fonte: Departamento de Polícia do Texas - EUA

Dicas de como criar seu filho:

Dicas de como criar seu filho:

Segunda Parte

Baseados nos 11 pontos negativos mostrados na DICA anterior, um grande educador brasileiro, chamado Frei Anselmo, apresenta os 11 pontos positivos. O que os Pais poderiam fazer para transformar o filho num verdadeirohomem, livre e responsável.

Analisando os pontos positivos

1. Não dê à criança tudo quanto ela queira.

Desde pequena a criança deve aprender a ouvir um não. Aprendendo agora a dizer um não ao lícito, mais tarde ela saberá dizer também não ao ilícito.

2. Aponte os erros que seu filho comete.

Quando ele se embrenha nas sendas do mal, mostre o caminho do bem. Nos momentos de perplexidade, esclareça sua dúvida. Ensine e ajude seu filho a escolher entre o certo e o errado, entre o bem e o mal. Ajude-o a seguir o caminho do bem abraçando sempre a verdade.

3. Dê a seu filho também uma educação espiritual.

Seu filho não é apenas corpo, alma e sensibilidade, mas possui também uma essência não física; uma essência que precisa conhecer e amar o que está além da natureza: Deus!

Se ele perder a confiança no Supremo, se perder o sentido da vida, se desconhecer o destino imortal do homem, se não esperar mais nada para depois da morte, só lhe resta um caminho a seguir: gozar a vida no momento presente e, para isto, irá servir-se de todos os meios, bons e maus, proibidos ou permitidos.

Um homem que não nutre esta essência é uma caricatura humana. Um homem que não enxerga o Eterno é um homem morto antes do tempo, mesmo que esteja vivo.

4. Não confunda as Coisas...

Quando seu filho deixar espalhados pelo chão roupas, sapatos, livros, brinquedos, faça-o apanhá-los. Mas faça como amor, bondade e carinho e não de maneira agressiva ou irritada. Com gritos nunca se educa uma criança. Educa-se com energia, amor, carinho, bondade e compreensão.

5. Não brigue nem discuta na presença do filho.

Quando os pais discordarem ou se desentenderem, procurem evitar a discussão diante dos filhos. Falem e discutam a sós.

Brigas e discussões na presença dos filhos, além do mau exemplo que os pais dão, provocam na alma da criança conflitos de ordem emocional irreversíveis e muitas vezes de graves conseqüências.

A harmonia e união entre os pais revertem em benefício para os próprios filhos.

6. Não dê a seu filho quanto dinheiro ele pedir.

Quem não se contenta com pouco, nem o muito o satisfará jamais.

O dinheiro fácil na mão do seu filho abre caminho para muitos erros, pois a riqueza mal empregada abre as portas do mal.

Seu filho deve aprender quanto custa ganhar dinheiro.

Se desde pequeno ele não sabe quanto custa o dinheiro, ele só deseja uma coisa na vida: ganhar muito dinheiro com o mínimo de esforço e gozar o máximo a vida.
Dinheiro fácil nas mãos do seu filho leva-o a confiar mais no poder da moeda do que em sua força de vontade, em sua dignidade moral e capacidade intelectual.

Faça com que seu filho mereça o dinheiro que recebe.

7. Não satisfaça todos os desejos e caprichos do seu filho em matéria de comida, bebida e conforto.

Ele deve aprender a fazer sacrifício, a renunciar um gosto pessoal, a dizer um não a um capricho e deixar de ser voluntarioso.

O comodismo enterra todas as aspirações humanas e é o maior obstáculo do progresso.
Formar a vontade do filho não é fazer todas as suas vontades.

Forme a vontade dele para que rejeite sempre o mal e queira sempre só o bem.

8. Quando seu filho entrar em conflito com professores, polícia, vizinhos e colegas, não tome seu partido sem antes examinar bem o fato e ver de que lado está a razão.
Um erro é tomar sempre o partido do filho apenas por ser filho, sem procurar saber a origem do conflito e ver com quem está a razão.

É preciso ver, analisar, julgar e dar razão para quem a merece.

Não é somente o filho do vizinho que pode errar; o seu também está sujeito ao erro.
Ninguém é perfeito; seu filho também está dentro desta regra. Seja justo e dê razão a quem tem razão de fato.

9. Olhos Abertos significa atenção...

Quando ele entrar numa contenda mais séria, não o desculpe com estas palavras:

"Ele sempre foi impossível; ele é assim mesmo!".

Isto fará com que seu filho permaneça no erro e abrirá caminho para faltas mais graves, pois ele sabe que pode contar sempre com a cumplicidade indulgente dos pais. A indulgência excessiva é sempre cúmplice do crime.

Seja indulgente, mas sempre dentro da ordem, da energia bondosa e da disciplina.

10. Não faça comparações das virtudes e dotes do seu filho em relação aos outros.

Fazendo isto, você estará implantando nele o vírus da intolerância, a discriminação pessoal e social, e o menosprezo pelos demais.

Um elogio deve ser feito de maneira discreta, a sós, e com muito cuidado.

Os pais, costumam rotular os filhos de acordo com sua própria conveniência, e isto abre espaço para que vejam nos filhos, qualidades que muitas vezes não possuem, causando frustrações nos mesmos com o tempo.

11. Qualquer tipo de vício é prejudicial para os adultos e muito mais às crianças.

Se tiver algum vício, lute para livrar-se dele, e o faça diante do seu filho, sempre demonstrando a ele os malefícios do mesmo e sua luta pela liberdade. Não pratique perto dele os seus vícios, mesmo o mais simples e de menor aparente prejuízo, como beber e fumar, por exemplo.

Sua criança não merece compartilhar de um capricho danoso como o seu.

Se você tem amor de fato por ele, livre-se do vício, só, e apenas desse modo, poderá lhe cobrar mais tarde com eficiência, caso ele se caia numa dessas armadilhas.
Para o filho, o exemplo de probidade dado pelo pai é mais importante do que todas as opiniões que ele vai encontrar pelo resto da sua vida.

Feito tudo isso, prepare-se para uma vida de harmonia, alegrias e felicidade.
Esse será o seu merecido destino.

Fonte: Site de Dicas - Adaptado por Alberto Filho.

EU VOU PARAR




 
Não dá mais pra continuar como está. Demorei para tomar essa decisão, mas agora é sério. E não adiantarão pressões contrárias, interiores ou exteriores,  pois não vou mudar de opinião.
 
Eu vou parar.
 
Eu vou parar de colocar a culpa em Deus, como se Ele fosse o responsável pelas conseqüências de minhas más escolhas. Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. (Gl 6:7) 
Eu vou parar de culpar o Diabo pelas coisas erradas que fiz, pois o responsável por tudo o que faço ou deixo de fazer sou eu mesmo, e terei contas a prestar diante de Deus. Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo. (Rm 14:10); Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte. (Tg 1:15) 
Eu vou parar de justificar o meu presente pelas tragédias do meu passado. A minha existência não é um acidente. Não nasci onde nasci, vivi onde vivi e conheci quem conheci por um acaso; há um plano maior por parte de Deus e eu vou encontrar a melhor maneira de vivê-lo.  E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. (Mt 10:30); Respondeu Jesus, e disse-lhe: O que eu faço não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois. (Jo 13:7) 
Eu vou deixar de lamentar e de chorar; vou buscar soluções, enfrentando os problemas com a graça de Deus e no poder do Espírito Santo. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. (Fp 4:13); Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé. (1Jo 5:4) 
Eu vou parar de achar que estou velho e vou remoçar no Senhor e na força de Seu poder, encontrando motivos e serviços que me façam útil, solidário e realizado. Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão (Is 40:31); Com os idosos está a sabedoria, e na longevidade o entendimento. (Jo 12:12) 
Eu vou deixar de perder tempo e dinheiro com banalidades, com coisas que não edificam, com diversões que não acrescentam nada, com afazeres que só despersonalizam.Eu quero dedicar o meu tempo àquilo que terá significado real. Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. (Ef 4:29); Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura. (Is 55:2) 
Eu vou parar de parar. Essa história de “fechar para balanço” ou “ficar em análise” não solucionará o meu problema. Eu vou consertar a minha comunhão com Deus hoje, eu vou clamar hoje, eu vou evangelizar hoje, eu vou construir hoje, eu vou orar hoje, eu vou confiar hoje. Porque o ontem já foi e eu não posso fazer nada para mudá-lo; o amanhã ainda não chegou e eu jamais poderei tocá-lo enquanto ele não chegar. Então eu vou fazer do meu “hoje” a minha canção e o meu soneto, e numa linda poesia a minha vida se tornará. Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado; (Hb 3:13) 
 
 
Wagner Antonio de Araújo
Igreja Batista Boas Novas de Osasco SP

MEU FÔLEGO É TEU!!!



Porque não chorar diante e TI,
Se as minhas lágrimas demonstram as verdades de um meu sorriso?
Porque não agradecer,
Só porque ainda não chegou nas minhas mãos?
Porque não ser forte,
Só porque sou limitado?
Porque não acreditar,
Só por parece impossível?
Porque não continuar,
Só porque as forças acabaram?
Porque não prossegui,
Só porque me encontro perdido?
Porque não cantar,
Só porque não encontro motivos?
Porque não se alegrar,
Só porque todos choram?
Porque não confiar,
Só porque outros mentiram?
Porque não felicitar a vida,
Só porque outros morreram tristes?
Porque não falar,
Só porque todos se calaram?
Porque não amar,
Só porque eles me odiaram?
Porque não estender a mão,
Só porque todos me traíram?
Porque não ficar de pé,
Só porque outros caíram?
Porque não respirar?
Afinal, o meu fôlego é TEU...

CRISE, TERRENO FÉRTIL PARA O MILAGRE


Texto:2 Reis 4:1-7
“E uma mulher, das mulheres dos filhos dos profetas, clamou a Eliseu, dizendo: Meu marido, teu servo, morreu; e tu sabes que o teu servo temia ao SENHOR; e veio o credor, para levar os meus dois filhos para serem servos. E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.Então disse ele: Vai, pede emprestadas, de todos os teus vizinhos, vasilhas vazias, não poucas. Então entra, e fecha a porta sobre ti, e sobre teus filhos, e deita o azeite em todas aquelas vasilhas, e põe à parte a que estiver cheia. Partiu, pois, dele, e fechou a porta sobre si e sobre seus filhos; e eles lhe traziam as vasilhas, e ela as enchia. E sucedeu que, cheias que foram as vasilhas, disse a seu filho: Traze-me ainda uma vasilha. Porém ele lhe disse: Não há mais vasilha alguma. Então o azeite parou. Então veio ela, e o fez saber ao homem de Deus; e disse ele: Vai, vende o azeite, e paga a tua dívida; e tu e teus filhos vivei do resto. (2 Reis 4:1-7)


l) PROBLEMAS PODEM SER O METODO QUE DEUS USA PARA NOS FAZAR CRESCER (1 Reis 4:1; Rm. 5:3-4).
1.É na crise que a gente cresce, amadurece e se torna mais úitl para o Reino de Deus.
2. Muitoa vezes Deus permite passemos por determinadas situações para nos ensinar lições que, de uma forma, não aprenderíamos.
3.É na hora difícil que se aprende a nadar para não morrer.
ll) EM CASA O MILAGRE DEPENDE só DO QUE EU TENHO
1.Para Deus fazer um milagre ele não depende de muita coisa, pode ser uma botija com um pouco de azeite.
2. O pouco na mão do Senhor pode se tornar muito (Veja o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes Jo.6).
lll) O MILAGRE PODE NÃO ACONTECER QUANDO HÁ PROBLEMA DE RELACIONAMENTO COM A VIZINHANÇA (com as pessoas) (v.3)
1. Pede vasilhas emprestadas para os teus vizinhos. (precisamos estar bem com as pessoas)
2. Relacionamentos quebrados impedem que Deus faça milagres em nossas vidas.
3. Nós quebramos e reconstruímos nossos relacionamentos.
lV) O TAMANHO DO MILAGRE É PROPORCIONAL AO TAMANHO DA MINHA FÉ (v.3).
1. Fé é um processo de gravidez e parto.
2. Muitas vasilhas, muito azeite, poucas vasilhas, pouco azeite, depende de você.
3. Se Deus disse que vai abrir a torneira aproveite e prepare bastante vasilhas.
V) A FONTE DO MILAGRE É INESGOTÁVEL (v.6).
1. O azeite parou...(não-acabou).
2.Enquanto houver vasilhas o milagre continua acontecendo.
Deus não pára de operar, o milagre vai até onde cremos.
Vl) NO MILAGRE HOUVE A PARTE HUMANA E A PARTE de Deus.
1. Deus age por nós quando fazemos a nossa parte.
2. Fé genuína tem que desembocar em obediência e trabalho.
3. O que você pode fazer, Deus não faz por você.
CONCLUSÃO:
1. Em tempo de crise, bata na porta certa e fale com a pessoa certa.
2. Ainda que seu problema tenha o tamanho do Mar Vermelho ou da muralha de Jericó, creia em milagre.
3. Nunca aceite perder aquilo que é herança do Senhor.
4. Por maior que seja a crise, não faça negócio com o diabo.

Pr. Josué Gonçalves